Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início O que é capital de giro?

O que é capital de giro?

Um dos termos mais comuns quando se fala de empreendedorismo e negócios, o capital de giro é parte fundamental das finanças de uma empresa.



Quando se fala em abrir uma empresa ou seu próprio negócio, uma das principais condições a serem avaliadas é o capital de giro do negócio. Mas, afinal, o que é o capital de giro e por que ele é tão importante?

Capital de giro

Em poucas palavras, o capital de giro é uma reserva de dinheiro que toda empresa deve ter para arcar com os custos e manter as despesas da companhia ao longo do tempo. Isso vale desde os custos para abrir a empresa quanto para pagar contas, fazer reformas etc. Ou seja, ele é quem vai cobrir algumas das despesas fixas e pontuais da companhia. 

Essa reserva é independente de possíveis lucros que a empresa esteja gerando ou de outras fontes de renda que possui. Os recursos que formam o capital de giro estão no estoque da companhia, em seu caixa, no banco, em contas a receber etc.

Resumidamente: o capital de giro é a reserva financeira cujo objetivo é sempre garantir que uma empresa continue funcionando em termos financeiros – que faça a empresa “girar”, como sugere o nome.

Como calcular capital de giro?

Na prática, o capital de giro é equivalente ao ativo circulante de uma empresa. Basicamente, o ativo circulante são todos os bens da companhia que, rapidamente, podem ser convertidos em dinheiro – ou seja, possuem alta liquidez. Exemplos: contas a receber, estoque, matéria prima, dinheiro em caixa, aplicações financeiras de curto prazo, etc.

Mas, no cálculo final, que leva em conta a operação da empresa, devemos considerar o capital de giro líquido dela: ou seja, o ativo circulante menos as despesas que ela possui. 

Portanto: o capital de giro líquido é a diferença (isto é, o resultado da subtração) entre o passivo circulante e o ativo circulante.

  • Ativo circulante: são todos os bens da companhia que, rapidamente, podem ser convertidos em dinheiro (ou seja, possuem alta liquidez).
  • Passivo circulante: são todas as obrigações financeiras de curto prazo que uma empresa possui (em outras palavras, algumas das despesas da companhia). Pagamento de funcionários (salários e encargos trabalhistas, décimo terceiro, férias, etc), impostos e pagamentos de empréstimos ou financiamentos a instituições financeiras são alguns dos exemplos mais comuns.

Logo, o resultado dessa conta (ativo circulante – passivo circulante), o capital de giro líquido, vai indicar se uma empresa possui ou não uma reserva financeira para garantir que seu negócio continue em operação.

Por que o capital de giro é tão importante?

Quando o ativo circulante de uma empresa é menor que o passivo circulante, o capital de giro é negativo – e isso indica que a companhia está em problemas. Por um simples motivo: não existe nenhuma reserva financeira para arcar com possíveis despesas; neste caso, a falência pode ser uma das consequências.

Por outro lado, nem sempre um capital de giro muito alto é indicador de que a empresa vai bem. Pode ser um indício de que seu estoque está excessivo (ou seja, as vendas não vão tão bem) ou que o capital não está sendo investido no negócio.

Por isso, é sempre importante encontrar um equilíbrio para ter um capital de giro suficiente e que reflita o momento de sua empresa: é hora de reformar, renovar e investir em novidades? Então, um capital de giro alto é necessário, por exemplo.

Conheça a conta PJ do Nubank

Há alguns meses, o Nubank começou a testar um novo produto: a conta PJ, uma conta digital focada em pequenos negócios que precisam de menos burocracia no seu dia a dia. 

Por enquanto, a conta PJ Nubank ainda está sendo testada com um número reduzido de pessoas. A ideia é que, nessa fase inicial, a gente entenda melhor o que nossos clientes realmente precisam – o que faz sentido, o que funciona, o que deveria mudar…

Para saber mais sobre a conta PJ do Nubank e entrar na lista de espera, clique aqui!

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

4.4

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post