Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Empréstimo e portabilid...

Empréstimo e portabilidade: entenda os principais modelos e diferenças

Portabilidade de salário, portabilidade de crédito, empréstimo com portabilidade de salário e empréstimo pessoal: nomes parecidos para coisas diferentes. Entenda cada um.

Se você está pensando em fazer um empréstimo, além de encontrar informações sobre financiamento, cheque especial e consignado, por exemplo, você provavelmente vai se deparar com termos como portabilidade de salário, portabilidade de crédito, empréstimo pessoal e empréstimo com portabilidade de salário.

Apesar de terem nomes parecidos, não confunda: eles têm características diferentes. Abaixo, entenda melhor o que é cada um.

O que é portabilidade de salário?

A portabilidade de salário permite que funcionários de empresas públicas ou privadas escolham o banco em que querem receber sua remuneração mensal. Dessa forma, os salários, proventos e recursos são automaticamente transferidos da instituição onde a pessoa tem conta-salário para a conta-destino desejada.

Com a portabilidade, os trabalhadores não ficam “presos” ao banco que a empresa empregadora tem convênio. Eles ainda precisam abrir a conta-salário onde seu empregador exigir, mas podem escolher enviar o dinheiro automaticamente para a conta que preferirem.

O pedido de portabilidade pode ser feito por qualquer meio eletrônico disponibilizado pelas instituições – como e-mail, aplicativo ou internet banking.

No caso do Nubank, a portabilidade de salário para nossa conta pode ser solicitada no nosso próprio aplicativo. A aprovação do pedido leva até dez dias.

Portabilidade de salário: tudo que você precisa saber

O que é portabilidade de crédito?

Portabilidade de crédito é a possibilidade de transferir uma dívida de empréstimo de um banco para outro. Ela pode ser feita a qualquer momento por quem contratou o empréstimo e os motivos podem variar – qualidade do atendimento ou taxas de juros da dívida, por exemplo.

Ou seja: quem faz a portabilidade de crédito passa a ter sua dívida cobrada pela nova instituição. Normalmente, o principal motivo para fazer isso é conseguir condições melhores de pagamento, como juros menores ou prazo mais vantajoso.

Qualquer tipo de empréstimo ou financiamento entra no leque da portabilidade de crédito: cheque especial, crédito consignado, crédito pessoal, financiamento de veículo ou imóvel, entre outros.

O que é portabilidade de crédito – veja como migrar dívidas

O que é empréstimo pessoal?

Seja para arcar com algum imprevisto ou realizar um sonho, o empréstimo pessoal acaba sendo uma alternativa para muitas pessoas. Ele é um valor que o banco ou instituição financeira disponibiliza para o cliente por um determinado período. A pessoa assina um contrato, em que são especificados os juros, quantidade e valor das parcelas.

Na maioria dos casos, os pagamentos das parcelas do empréstimo pessoal são feitos de maneira automática – a quantia de cada parcela sai, mensalmente, direto da conta que o cliente tem na instituição ou banco, na data combinada.

Alguns lugares disponibilizam a opção de pagar por boleto. Mas é importante sempre confirmar essa informação na hora de contratar. 

Cuidados na hora de pedir empréstimo pessoal

O que é empréstimo com portabilidade de salário?

O empréstimo com portabilidade de salário funciona como um empréstimo pessoal, mas costuma ter juros menores – isso porque, ao trazer seu salário para a conta, o banco ou instituição financeira tem mais informações sobre aquele cliente e consegue oferecer condições de pagamento melhores.

Neste caso, o valor das parcelas não é descontado automaticamente do salário, como acontece com o empréstimo consignado. Normalmente, o pagamento segue o mesmo formato que o empréstimo pessoal: o valor é abatido do saldo da conta na qual a pessoa tem a portabilidade, na data de vencimento de cada parcela. Ou seja, é como um débito automático.

Se a pessoa não tiver saldo suficiente na conta para cobrir a parcela, ela fica em atraso e deverá ser paga manualmente – geralmente pelo aplicativo da instituição escolhida.

Vale dizer que, independentemente da opção que você escolher, sempre é importante ler o contrato com atenção e tirar todas as dúvidas antes de solicitar um empréstimo. Manter a organização financeira faz diferença e te ajuda a evitar dores de cabeça no futuro.

Veja a opção do Nubank.

Veja algumas dicas que podem te auxiliar na hora de se organizar financeiramente:

4 dicas para você montar um modelo de orçamento

Orçamento familiar simples: como montar o seu

Comer está mais caro: como organizar seu orçamento

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

3

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post