Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro 6 dicas para aproveitar ...

6 dicas para aproveitar a Black Friday com segurança

Veja cuidados que podem ajudar a prevenir alguns dos tipos mais comuns de golpes aplicados durante esse período de descontos.

Em 2019, a Black Friday cai no dia 29 de Novembro. A data foi inventada por comerciantes para movimentar o mercado e estimular as compras – por isso, se aproveitada de forma consciente, pode ser uma ótima chance para os clientes arrematarem produtos com bons descontos.

Mas é preciso atenção.

Por ser uma época de grande movimentação financeira, a Black Friday atrai pessoas mal intencionadas que usam os descontos para aplicar diversos tipos de golpes.

No geral, os cartões de crédito possuem diversos mecanismos de segurança para prevenir fraudes – no entanto, um dos tipos mais comuns de golpe é enganar o cliente para que ele mesmo entregue os seus dados. Como?

Abaixo, confira algumas formas de ficar atento a possíveis golpes.

1. Cuidado com E-mails e Redes Sociais

Um dos tipos de golpe mais comum na internet é o chamado “phishing“- o golpista envia uma mensagem se passando por uma loja, por exemplo, e induzindo a pessoa a entregar seus dados na hora de comprar um “produto”.

A pessoa acha que está preenchendo um cadastro quando, na verdade, está fornecendo dados a fraudadores. Os links para esse tipo de golpe geralmente são enviados em e-mails, redes sociais ou até mesmo SMS.

2.Confira o endereço do site antes de colocar seus dados

Para enganar usuários e fazê-los preencher informações em páginas falsas, golpistas costumam usar variações de nomes – colocam uma letra ou palavras a mais – em endereços de e-mail ou nomes de sites.

Esse tipo de golpe pode ter dois objetivos:

  • Fazer o cliente fornecer os dados do cartão, acreditando que está finalizando uma compra
  • Fazer o cliente fornecer seu login e senha de um site conhecido. Assim, o golpista consegue acessar o cadastro verdadeiro, fazer compras e ter acesso a dados pessoais…. Esse problema é ainda pior porque muitas pessoas usam o mesmo e-mail de login e senha em várias plataformas diferentes.

Veja Mais: Como evitar golpes no cartão de crédito

Dá para checar se um site é confiável?

Muitas vezes os golpes podem enganar até mesmo o olho mais atento – e isso não é culpa dos usuários.

No entanto, é possível tentar tomar alguns cuidados:

  • Ficou em dúvida sobre o endereço que recebeu por link? Feche a página e acesse direto do seu navegador o endereço oficial daquela marca.
  • Também vale consultar o Procon  (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor), que sempre atualiza sua lista de sites não confiáveis.

3. Fique de olho em promoções “imperdíveis”

Uma passagem a Paris por R$2? Aquele telefone novo por R$50? Desconfie quando a oferta for muito abaixo do mercado – especialmente no caso de eletrônicos, que são o grande chamariz da Black Friday.

Sites fraudulentos costumam dar grande ênfase aos preços quase absurdos para atrair clicks – por isso, fique de olho em ofertas boas demais para serem verdade.

4. Evite compras em Wi-Fi públicos

Uma conexão de internet comprometida também pode ser porta de entrada para golpes. Ao fazer compras em wi-fi públicos, por exemplo, você nunca sabe ao certo quão expostos estão seus dados – inclusive, os do cartão de crédito.

Evite fazer compras quando estiver conectado à internet de locais abertos, como um restaurante ou café, por exemplo.

5. Atenção aos boletos enviados por e-mail

Uma compra em um site aqui, outra acolá… Em algum momento, você recebe no e-mail um boleto que parece ser do seu último pedido e, sem prestar muita atenção, faz o pagamento. Soa familiar?

Se sim, cuidado. Preste atenção se o boleto recebido é de uma compra realmente realizada por você – e não um golpe. Nessa época do ano, com uma quantidade maior de pessoas pedindo boletos, golpistas tentam enganar as pessoas mandando boletos falsos que se parecem com o de grandes marcas. A estratégia é ganhar no volume – o famoso “vai que cola”.

6. Não confirme tudo pelo telefone

Muito cuidado ao atender telefonemas que pedem confirmação de dados – especialmente de senhas. Lembre-se: nenhuma instituição financeira pede a confirmação de senhas por telefone.

Se ficar na dúvida sobre o contato, desligue o telefone, acesse a página oficial da empresa e ligue você mesmo para o SAC.

Este post foi criado para ajudar os clientes Nubank a gastarem com mais consciência e segurança durante a Black Friday Brasil. Ainda não é nosso cliente? Peça aqui o seu convite para o Cartão Nubank. 

4.44

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post