Complete abaixo para pedir sua NuConta e seu cartão de crédito

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro 6 dicas para aproveitar ...

6 dicas para aproveitar a Black Friday com segurança

Veja cuidados que podem ajudar a prevenir alguns dos tipos mais comuns de golpes aplicados durante esse período de descontos.

Em 2019, a Black Friday cai no dia 29 de Novembro. A data foi inventada por comerciantes para movimentar o mercado e estimular as compras – por isso, se aproveitada de forma consciente, pode ser uma ótima chance para os clientes arrematarem produtos com bons descontos.

Mas é preciso atenção.

Por ser uma época de grande movimentação financeira, a Black Friday atrai pessoas mal intencionadas que usam os descontos para aplicar diversos tipos de golpes.

No geral, os cartões de crédito possuem diversos mecanismos de segurança para prevenir fraudes – no entanto, um dos tipos mais comuns de golpe é enganar o cliente para que ele mesmo entregue os seus dados. Como?

Abaixo, confira algumas formas de ficar atento a possíveis golpes.

1. Cuidado com E-mails e Redes Sociais

Um dos tipos de golpe mais comum na internet é o chamado “phishing“- o golpista envia uma mensagem se passando por uma loja, por exemplo, e induzindo a pessoa a entregar seus dados na hora de comprar um “produto”.

A pessoa acha que está preenchendo um cadastro quando, na verdade, está fornecendo dados a fraudadores. Os links para esse tipo de golpe geralmente são enviados em e-mails, redes sociais ou até mesmo SMS.

2.Confira o endereço do site antes de colocar seus dados

Para enganar usuários e fazê-los preencher informações em páginas falsas, golpistas costumam usar variações de nomes – colocam uma letra ou palavras a mais – em endereços de e-mail ou nomes de sites.

Esse tipo de golpe pode ter dois objetivos:

  • Fazer o cliente fornecer os dados do cartão, acreditando que está finalizando uma compra
  • Fazer o cliente fornecer seu login e senha de um site conhecido. Assim, o golpista consegue acessar o cadastro verdadeiro, fazer compras e ter acesso a dados pessoais…. Esse problema é ainda pior porque muitas pessoas usam o mesmo e-mail de login e senha em várias plataformas diferentes.

Veja Mais: Como evitar golpes no cartão de crédito

Dá para checar se um site é confiável?

Muitas vezes os golpes podem enganar até mesmo o olho mais atento – e isso não é culpa dos usuários.

No entanto, é possível tentar tomar alguns cuidados:

  • Ficou em dúvida sobre o endereço que recebeu por link? Feche a página e acesse direto do seu navegador o endereço oficial daquela marca.
  • Também vale consultar o Procon  (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor), que sempre atualiza sua lista de sites não confiáveis.

3. Fique de olho em promoções “imperdíveis”

Uma passagem a Paris por R$2? Aquele telefone novo por R$50? Desconfie quando a oferta for muito abaixo do mercado – especialmente no caso de eletrônicos, que são o grande chamariz da Black Friday.

Sites fraudulentos costumam dar grande ênfase aos preços quase absurdos para atrair clicks – por isso, fique de olho em ofertas boas demais para serem verdade.

4. Evite compras em Wi-Fi públicos

Uma conexão de internet comprometida também pode ser porta de entrada para golpes. Ao fazer compras em wi-fi públicos, por exemplo, você nunca sabe ao certo quão expostos estão seus dados – inclusive, os do cartão de crédito.

Evite fazer compras quando estiver conectado à internet de locais abertos, como um restaurante ou café, por exemplo.

5. Atenção aos boletos enviados por e-mail

Uma compra em um site aqui, outra acolá… Em algum momento, você recebe no e-mail um boleto que parece ser do seu último pedido e, sem prestar muita atenção, faz o pagamento. Soa familiar?

Se sim, cuidado. Preste atenção se o boleto recebido é de uma compra realmente realizada por você – e não um golpe. Nessa época do ano, com uma quantidade maior de pessoas pedindo boletos, golpistas tentam enganar as pessoas mandando boletos falsos que se parecem com o de grandes marcas. A estratégia é ganhar no volume – o famoso “vai que cola”.

6. Não confirme tudo pelo telefone

Muito cuidado ao atender telefonemas que pedem confirmação de dados – especialmente de senhas. Lembre-se: nenhuma instituição financeira pede a confirmação de senhas por telefone.

Se ficar na dúvida sobre o contato, desligue o telefone, acesse a página oficial da empresa e ligue você mesmo para o SAC.

Este post foi criado para ajudar os clientes Nubank a gastarem com mais consciência e segurança durante a Black Friday Brasil. Ainda não é nosso cliente? Peça aqui o seu convite para o Cartão Nubank. 

Digite seu nome

Quero receber a newsletter