Complete abaixo para pedir sua NuConta e seu cartão de crédito

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Contas Digitais: o que s...

Contas Digitais: o que são e como conseguir uma?

Como funcionam e para que servem as contas que podem ser controladas pela internet.

As contas digitais são contas bancárias que podem ser abertas ou fechadas totalmente pela internet, sem a necessidade do cliente se deslocar até uma agência. Na maioria das vezes, elas oferecem todos ou grande parte dos serviços que as contas tradicionais possuem.

As contas digitais surgiram primeiro como oferta de um tipo específico de empresa: as fintechs – startups que possuem foco em tecnologias financeiras e buscam democratizar o acesso da população a serviços financeiros.

Em 2017, a abertura desses tipos de contas cresceu 171% em relação ao ano anterior, segundo dados da Febraban. Mas como exatamente funcionam as contas digitais e por que elas tem atraído tantos clientes?

O que são as contas digitais?

As contas digitais no formato que existem hoje são um fenômeno recente, contudo, elas surgiram de um movimento que vem tomando forma há décadas.

Caixas eletrônicos e mesmo o Internet Banking não são novidades, mas foi somente em 2010 que o Banco Central regularizou a prestação de qualquer serviço bancário via internet, sem a cobrança de tarifa.

Até abril de 2016, no entanto, ainda havia uma conexão física muito forte entre os tradicionais bancos e o cliente. Foi nesta data que foi regulamentada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) a abertura das chamadas contas digitais.

As contas digitais são contas que podem ser abertas ou fechadas totalmente pela internet, sem que o cliente precise ir pessoalmente até uma agência.

Como isso é possível?

Por meio de aplicativos para smartphones que fazem reconhecimento facial, permitem o envio de fotos e documentos, utilizam a localização por GPS, assinaturas digitais, entre outras tecnologias que garantem a segurança do processo.

Na verdade, o cliente pode fazer todo esse processo sem precisar ir a uma agência e, muitas vezes, a abertura e a manutenção das contas digitais são gratuitas.

Além disso, muitas contas digitais oferecem transações ilimitadas pela internet – sem cobranças de TEDs ou Docs. Esse modelo funciona pela própria natureza das contas digitais e das fintechs.

Quem oferece as contas digitais?

Como falamos, as contas digitais surgiram como um fenômeno ligado às fintechs.

Atualmente, no Brasil, há mais de 130 fintechs (mapeadas pelo relatório FintechLab) que disponibilizam, entre outros serviços:

  • Máquina de cartão de crédito;
  • Controle financeiro pessoal;
  • Gerenciamento financeiro;
  • Conta bancária digital;
  • Gestão de benefícios;
  • Cartão de crédito;
  • Microsseguros;
  • Investimentos;
  • Empréstimos;
  • Pagamentos;
  • Entre outros.

Ao enxergarem esse crescimento, os bancos tradicionais, se aproveitando da regulação da CMN, também passaram a oferecer contas que podem ser abertas por meio de aplicativos para celular – os mobile apps.

Diferentemente dos bancos tradicionais, no entanto, as fintechs têm custos mais reduzidos por não possuirem agências e usarem a tecnologia para eliminar a burocracia de diversos processos.

É justamente isso que permite a elas oferecer um custo tão baixo para o cliente na hora de oferecer os mesmos serviços – ou opções até melhores – do que as dos bancos tradicionais.

Como funciona uma conta digital?

Atualmente, muitas contas digitais podem oferecer tudo o que as tradicionais oferecem, incluindo acesso a crédito, transferências, pagamento de contas, depósitos e outros dos serviços financeiros mais comuns.

Assim como na conta tradicional, ao abrir uma conta digital, você ainda terá um número de agência e de conta, permitindo que qualquer pessoa faça transferências para o seu nome.

Basicamente, as contas das fintechs são caracterizadas por:

  • Transferências bancárias ilimitadas: seja entre contas da mesma instituição, DOC ou TED;
  • Abertura e fechamento totalmente online: basta fazer o download do app para smartphone;
  • Depósito por boleto: para depositar na conta, basta emitir um boleto gratuito e pagá-lo.
  • Nenhum custo adicional: você não paga nada para manter a conta.

Além disso, as contas digitais também trouxeram uma grande inovação ao mercado: a possibilidade de fazer seu dinheiro render.

Nos bancos tradicionais, é preciso ter uma conta corrente para movimentar quantias e uma conta poupança para obter rendimentos. Já em algumas contas digitais, o dinheiro que está “parado” pode render a uma taxa maior do que a poupança.

Como posso abrir uma conta digital?

Uma pesquisa realizada pelo banco norte-americano J.P. Morgan comparou o processo de abertura das diversas contas digitais oferecidas hoje no Brasil.

O relatório mostrou que as instituições financeiras com DNA digital estão à frente dos bancos de varejo com origem analógica, apesar de todo o investimento que estes têm feito em plataformas tecnológicas.

Nenhum deles conseguiu oferecer ao cliente uma experiência completamente online no teste para a abertura de conta.

O procedimento de abertura, claro, depende da instituição escolhia — porém, o primeiro passo é comum a todos: fazer o download do aplicativo para smartphone.

Depois disso, em geral, é necessário seguir os passos, que podem incluir:

  • Envio de cópia dos documentos solicitados;
  • Envio de selfie segurando o documento;
  • Preenchimento dos dados solicitados;
  • Envio de uma assinatura digital.

A simplificação dos procedimentos para abertura de conta foi possível devido à introdução de novas tecnologias para receber e checar a veracidade dos documentos enviados pela internet.

Por que abrir uma conta digital?

As contas digitais surgiram como uma alternativa vantajosa e sem custo para fazer suas operações financeiras do dia a dia. Hoje, elas são uma solução inteligente para te ajudar com as suas finanças.

São mais baratas, mais práticas e, muitas vezes, melhores que as contas tradicionais. Mas, além disso, há outras vantagens.

As contas digitais são mais flexíveis ao fornecer aquilo que os clientes realmente precisam, e permitem uma grande economia de tempo – afinal, não é preciso se deslocar até uma agência.

Além da economia de tempo, essas contas também permitem que você economize com as taxas bancárias, não cobrando nada pela abertura e nem pelas movimentações pela internet.

Você conhece a NuConta?

O Nubank surgiu para devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Além de um cartão de crédito sem anuidade, nós também temos a NuConta – nossa conta digital sem tarifas de manutenção.

Não cobramos taxa de manutenção nem tarifas em cima das movimentações realizadas. Você pode emitir quantos boletos quiser e fazer quantas transferências achar necessário — sem pagar nada por isso.

Como funciona a NuConta?

Com a NuConta, você tem a liberdade para fazer quantos TEDs quiser sem pagar nada a mais por isso. Sem tarifas de manutenção, sem taxas escondidas ou cobranças abusivas.

O dinheiro que está na NuConta rende automaticamente todos os dias úteis a uma taxa maior do que a poupança – e todo o valor fica livre para ser usado sempre que você quiser.  

Nosso aplicativo dá ao usuário todo o controle : fazer transferências, pagamentos e  até enviar um lembrete de cobrança para um amigo. Tudo isso na hora que quiser e de onde estiver.

É por meio do smartphone também que você fará o controle de todas as suas movimentações. Caso também tenha nosso cartão de crédito, também poderá pagar a fatura por meio da sua NuConta e ter o saldo liberado imediatamente.  

Mas é preciso ter o cartão para pedir a NuConta? A resposta é não. A NuConta está disponível para todos e não requer análise de crédito.

Como abrir minha NuConta?

A NuConta é um produto aberto a todos os brasileiros. As únicas restrições são:

  • ter um smartphone compatível com os nossos aplicativos para Android (versão 4 ou superior) ou iOS (versão 9 ou superior);
  • ter no mínimo 18 anos;
  • ser residente do Brasil.

Fazemos apenas uma análise de cadastro para checar os documentos – não existe análise de crédito para ser cliente NuConta.

Sem burocracia, sem tarifas abusivas e com rendimento maior do que a poupança.

Digite seu nome

Quero receber a newsletter