Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Segurança Digital Vai baixar um app? Veja ...

Vai baixar um app? Veja 5 cuidados para evitar golpes e problemas de privacidade

Algumas precauções podem evitar que o simples ato de baixar aquele app bacana de editar fotos vire uma dor de cabeça para a sua segurança online.



Em um mundo altamente digitalizado, as informações mais importantes (e valiosas) das pessoas estão armazenadas online. Por isso, ao baixar um app, há medidas de segurança importantes de serem tomadas para a proteção de cada um.

1. Baixe apps somente de lojas oficiais

As lojas oficiais dos sistemas operacionais (como Google, Apple e Microsoft) são muito mais seguras para baixar aplicativos do que as plataformas não oficiais. O motivo? Elas exigem que os desenvolvedores sigam normas e parâmetros de qualidade e segurança; apesar de suas políticas não prevenirem 100% de problemas, contam com sistemas de denúncia que ajudam a controlar o conteúdo do que está disponível por lá. 

Além disso, a fiscalização dessas plataformas é mais forte: portanto, apps falsos, que imitam aplicativos originais de empresas ou organizações, costumam ser barrados.

O sistema de comentários e votação do público também é mais transparente do que em plataformas desconhecidas – e ajuda quem vai baixar a ler reviews mais honestos.

2. Mantenha seu telefone atualizado

As versões mais recentes dos sistemas operacionais dos aparelhos (Android ou iOS) costumam trazer não apenas melhorias de experiência, mas também atualizações de segurança importantes. Brechas descobertas, falhas ou até mesmo novas barreiras que previnem ataques costumam estar nesses updates.

Caso seu telefone não suporte a versão mais recente, vale instalar um antivírus ou scanner de malware. Existem vários gratuitos e com boas avaliações nas lojas oficiais de apps.

Veja mais: Por que tenho que ficar atualizando meu telefone o tempo inteiro?

3. Cheque as permissões que você precisa dar

A maioria das pessoas não costuma ler todas as letras miúdas de contratos ou cláusulas de aceite online – mas, apesar de isso ser o mais recomendado, existem outras formas um pouco mais simples de cuidar da sua privacidade ou segurança. Uma delas é checar quais permissões o app te pede.

Acesso à sua localização, à sua lista de contatos, à câmera do telefone, às suas imagens salvas, ao seu histórico de ligações… Tudo isso pode aparecer.

Existem funcionalidades críticas para o funcionamento de um app. Por exemplo: geralmente, aplicativos de bancos ou cartões de crédito precisam de acesso à localização para ajudar os sistemas de segurança e detecção de fraudes, por exemplo.

Mas vale se perguntar se algumas das permissões solicitadas pelos apps que você pretende baixar fazem sentido. Por que um simples app de alarme, ou calculadora, estaria te pedindo acesso ao seu histórico de ligações?

Normalmente, é possível ver ou até mesmo ter que aceitar, na hora de baixar, quais as funcionalidades que o app quer acessar. No caso de apps já baixados, quando for usar, o seu telefone muitas vezes mostra um aviso na primeira vez que ele tentar acessar algo. Fique de olho e repense.

4. Não repita senhas

Ok. Essa dica vale para toda a sua vida online – e se aplica também aos apps. Repetir senhas enfraquece a sua segurança porque, no caso de ter uma plataforma exposta, você automaticamente está vulnerável nas demais. 

“Ah, mas eu uso a mesma senha segura para tudo”. Sim, mas se por acaso o e-commerce no qual você usou essa senha for hackeado, ou sofrer uma brecha de segurança, essa sua senha se torna de certa forma “pública” para os criminosos.

Os fraudadores usam máquinas para testar milhares de senhas já vazadas de forma automática, em milhares de contas (redes sociais, e-commerces, e-mails). Ou, se for um ataque mais direcionado, podem pegar seus dados e tentar acessar suas demais contas. 

Veja mais: Como criar uma senha forte (e não esquecê-la) 

5. Seja consciente do que compartilha nas redes sociais

Você precisa mesmo botar seu endereço no perfil? Colocar o nome completo dos seus filhos? Marcar a localização exata da casa dos seus pais?

Além de questões de segurança no mundo “real”, esse excesso de informações pode também ser um problema para a privacidade no mundo virtual.

Muitos apps funcionam com um login integrado a redes sociais. Isso significa que, ao criar uma conta neles, você muitas vezes dá acesso automático ao que está no seu perfil – incluindo suas informações, seus likes, lugares em que deu check-in, amigos que possui, fotos etc.

Além disso, caso esteja usando um app não seguro, desenvolvedores mal intencionados podem compartilhar ou vender esses dados. 

É importante ressaltar que anúncios voltados a determinados grupos de pessoas são comuns na internet e não infringem a privacidade se conduzidos dentro de certos parâmetros estabelecidos pela legislação de cada país. Por exemplo, de forma simplificada, se você acessa conteúdos de moda nas redes sociais, os algoritmos irão te entregar anúncios que tenham a ver com esse comportamento. 

Enviar anúncios para grupos de pessoas que se encaixam em um determinado perfil, sem quebrar as políticas de privacidade, é diferente de pegar informações pessoais e usar esses dados de forma não anônima – e sem consentimento.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

4.5

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post