Pular navegação

10 perrengues financeiros que você deixou de ter depois do Nubank

Desde que o Nubank nasceu, há 10 anos, a vida financeira ficou mais fácil e a relação das pessoas com o dinheiro, mais saudável. Relembre 10 situações chatas que você não precisa mais passar agora que o mundo é mais roxo.

Imagem de uma mão segurando uma moeda de um real. Sobre a foto, foi aplicado um filtro de cor com efeito gradiente de roxo e verde. Do lado direito da foto, está escrito "10 perrengues financeiros" sobre um fundo roxo.

O Nubank nasceu para descomplicar o dia a dia das pessoas. E, há 10 anos, vem fazendo isso de diversas maneiras diferentes. Com produtos simples de usar e que podem ser totalmente controlados pelo aplicativo, hoje muita gente tem acesso a serviços financeiros melhores e possui uma relação mais saudável com o dinheiro graças às inovações que o Nu trouxe ao mercado. 

Abaixo, relembre 10 perrengues financeiros que você costumava ter e deixaram de existir por causa do Nubank.

1. Passar o horário de almoço na fila da agência para resolver um problema

Quantas vezes você teve que encaixar na rotina uma ida ao banco para resolver coisas simples? Mas isso é coisa do passado. Com atendimento 100% digital e 24 horas por dia, se você precisar resolver algo, é só entrar em contato com a gente pelo chat (direto pelo aplicativo), que nossa equipe vai estar disponível para te ajudar. Se preferir, você também pode ligar no telefone 4020 0185 para capitais e regiões metropolitanas, e 0800 591 2117 para demais localidades, e falar com um de nossos Xpeers (como chamamos nossos atendentes por aqui).

Tudo isso sem perder tempo em fila de banco e sem sacrificar sua refeição. Esse perrengue você não passa mais.

2. Pagar para transferir dinheiro

Antes de 2020, quando o Pix foi criado, a maioria dos bancos cobrava valores abusivos para fazer uma simples TED. Mas, já nessa época, o Nubank oferecia TEDs gratuitas e ilimitadas para todos os clientes. A galera se acostumou com o nosso jeito e, hoje em dia, oferecer transferência gratuita para pessoas físicas virou a norma. Depois do Pix, criado pelo Banco Central, todas as instituições financeiras se tornaram um pouquinho mais Nubank também.

Melhor usar seu dinheiro para o que é, de fato, importante, certo?

3. Ver o dinheiro se desvalorizar na conta

Um estudo da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) que identifica o perfil do investidor brasileiro e os lugares que ele escolhe aplicar identificou que 88% dos brasileiros guardam dinheiro na poupança. Com a conta do Nubank, criada em 2017, o rendimento da conta é superior, já que a poupança rende atualmente cerca de 70% do CDI, enquanto a conta do Nubank rende 100% do CDI para os valores que permanecerem nela por mais de 30 dias. 

Caso você queira uma alternativa com rendimento diário, pode contar com as Caixinhas do Nubank. A Caixinha de reserva de emergência, por exemplo, rende 100% do CDI todos os dias úteis e tem liquidez imediata. Ou seja, é possível sacar o dinheiro a qualquer momento que você precisar.

4. Não entender de jeito nenhum pelo que você estava sendo cobrado

Papéis confusos, muitos asteriscos e cobranças desnecessárias. Aí você ia conversar com o seu gerente para tirar as dúvidas e… continuava sem entender nada – quando não saía com a oferta de algum outro serviço que não precisava.

No Nubank, nós sempre prezamos pela transparência. Aqui, nossos contratos são claros, sem letras miúdas e você sabe tudo o que está acontecendo. Se por acaso a mensagem ainda parecer complicada, é só entrar em contato conosco que com certeza vamos te explicar da melhor maneira possível, sem enrolação.

5. Ficar naqueles atendimentos intermináveis sem conseguir falar com uma pessoa real

Você com certeza já passou por isso e não foi só no banco: naquele dia que deu algum problema e precisa falar com um atendente, cai em um menu infinito que só te joga de lá para cá, de robô em robô, sem conseguir falar com um atendente, um ser humano de verdade.

No Nubank, o atendimento sempre foi humanizado. Contamos com possibilidades automatizadas como forma de tentar responder mais rápido e solucionar o seu problema de um jeito ágil. Mas nosso time está sempre alerta se você necessitar e é muito fácil falar com uma pessoa real.

6. Não encontrar informações sobre os produtos e achar que assuntos relacionados a dinheiro são muito complicados

Além de informações claras no aplicativo e nos contratos, aqui no nosso blog as pessoas encontram todas as explicações necessárias relacionadas aos nossos produtos, além de conteúdos a respeito do universo financeiro. Também contamos com vídeos em nossas redes sociais, e uma vasta plataforma de conteúdos no canal do YouTube, Instagram, Twitter, TikTok, LinkedIn, newsletter.

Tudo em uma linguagem simples de compreender. Afinal, dinheiro faz parte da vida de todo mundo (da compra no supermercado e aluguel da casa às viagens e troca de carro). Por isso, é importante que todos participem da conversa. E o nosso objetivo é tornar esse assunto mais simples.

7. Enfrentar uma burocracia sem fim para abrir uma conta para a sua empresa

Esse perrengue chegou ao fim em 2019! Empreender não é fácil, e muitas vezes pode ser uma jornada ainda mais desafiadora quando tem burocracia desnecessária no meio do caminho. No entanto, quem tem uma empresa e é titular único e cliente do Nubank pode abrir uma conta PJ do Nubank e desfrutar de uma conta digital prática, totalmente controlada pelo app, sem pagar tarifas absurdas e ainda ser muito bem atendido.  

A conta PJ do Nu não cobra tarifa de manutenção, disponibiliza Pix gratuito sempre – tanto para receber quanto para fazer pagamentos –, possui Cartão Nubank PJ com função débito e crédito, área de cobranças dentro do app e muito mais.

8. Ter um app para cada serviço contratado

Chegou ao fim a era em que o cliente era obrigado a contratar uma série de serviços e ter diversos aplicativos (e senhas diferentes) para controlar tudo. No Nubank, você acessa e gerencia toda a sua vida financeira em só lugar. Compras realizadas no débito e no crédito, seguros, investimentos, movimentações da conta, transações via Pix e ainda acesso aos contratos e atalho para falar com o atendimento: tudo pode ser acessado pelo aplicativo. Muda a vida ter um app integrado, não é mesmo?

Conheça aqui tudo o que você pode fazer dentro do app do Nu

9. Ter que usar seu cartão físico e ainda digitar os dados em cada compra online

Bateu a fome e você quer pedir algo para comer rapidinho? Bom, a fome vai apertar se você tiver que pegar seu cartão na carteira, entrar no app do Ifood, digitar os dados, etc. O mesmo perrengue acontecia com uma promoção imperdível na sua loja online favorita. 

Com o NuPay, clientes pagam por compras online diretamente pelo ambiente seguro do app Nubank, sem precisar fornecer os dados bancários para as lojas virtuais, e com as menores taxas para lojistas.  

Sem falar no cartão virtual, indicado para compras pela internet ou em estabelecimentos físicos usando sua carteira digital (que o Nubank é integrado às principais do mercado). Ele é mais seguro, tem número, data de validade e código de segurança (CVV) diferentes do cartão físico, e ainda dá para ter mais de um cartão virtual ativo ao mesmo tempo. Assim, você pode usar um só para apps de transporte, outro para delivery e um terceiro para pagar a passagem aérea, por exemplo.

Ou seja, com essas soluções, você economiza tempo (e paciência).

10. Pagar taxas administrativas

Tem instituição financeira por aí que cobra cerca de R$ 100 somente para que os clientes mantenham a conta ativa. Já por aqui, a história é outra. O Nubank nunca cobrou anuidade no roxinho – tanto para a ter a conta quanto para o cartão de crédito. E isso tem se tornado uma prática cada vez mais comum no mercado.

Ufa! Deu para perceber que no Nubank a gente quer passar longe do perrengue, não é?! E, para os próximos 10 anos de existência do Nu, seguimos na nossa missão de melhorar e facilitar ainda mais o dia a dia das pessoas. Quais são as revoluções que ainda estão por vir?