Quais aparelhos gastam mais energia no verão?

9 de fevereiro de 2021

Na estação mais quente do ano, a conta de luz chega a ficar até 8,6% mais cara. Veja dicas para economizar.

Ar condicionado, ventiladores e geladeiras: eletrodomésticos que conseguem refrescar um pouquinho e amenizar o calor nos dias quentes durante o verão.

Mais pessoas trabalhando de casa por causa da pandemia também pode significar um uso maior de eletrodomésticos – e esses gastos se refletem na conta de luz.Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), no verão, a conta de luz chega a ficar até 8,6% mais cara. 

Por isso, é importante ficar atento para evitar surpresas desagradáveis no fim do mês.

Na hora de comprar um eletrodoméstico, vale prestar atenção nas etiquetas do Inmetro, que classificam os aparelhos de acordo com sua eficiência energética. Assim, o consumidor pode adquirir um produto de forma mais consciente.

Os produtos classificados com a letra A são os mais eficientes. Dependendo do eletrodoméstico, essa classificação pode chegar a G para os menos eficientes, como os refrigeradores.

Veja a seguir, algumas dicas para economizar energia com cada tipo de eletrodoméstico.

Geladeiras

O consumidor deve evitar que o ar quente de fora entre na geladeira. O ideal é abrir a porta do eletrodoméstico pelo menor tempo possível, para evitar o desperdício de energia.

Evite ar quente de fora

Alguns modelos vêm com condensador ou serpentina preta na parte de trás. Você NÃO deve colocar roupas para secar ali porque isso faz com que o consumo de energia seja maior e afeta o bom funcionamento do sistema de refrigeração.

Não coloque roupas para secar atrás da geladeira

Na etiqueta do Inmetro é possível encontrar a informação sobre o consumo de energia em quilowatts hora (kWh). É ele que determina o quanto você vai gastar por mês com o refrigerador.

Verifique a informação de consumo em kWh

Ventiladores

Ela informa sobre a quantidade de vento que o aparelho consegue produzir. O consumidor deve escolher o que produz mais vento.

Verifique a etiqueta do Inmetro

Quando não estiver por perto, desligue o aparelho. Assim,  você não desperdiça  energia.

Não esqueça o ventilador ligado

Ar condicionado

A luz do sol aumenta a temperatura do ambiente que está sendo refrigerado, fazendo com que o aparelho trabalhe mais.Cortinas e toldos nas janelas ajudam no conforto térmico e acabam exigindo menos do ar condicionado, que gasta menos energia.

Evite janelas abertas se o ar condicionado estiver ligado

É recomendado que o usuário programe o aparelho para funcionar em torno de 23º. Mais do que isso, o ar condicionado funciona numa velocidade que consome mais energia.

Não deixe a temperatura muito baixa

Antes de adquirir um aparelho de ar condicionado, o consumidor deve calcular o efeito na economia de luz.É só multiplicar a energia consumida pelo aparelho em kWh (quilowatts hora) pela tarifa de energia praticada em cada região do país. 

Calcule a economia de energia

A média nacional da tarifa residencial está em R$ 0,57. Dessa forma, se o ar condicionado consome, por exemplo, 600 kWh por ano, o gasto anual será 600 x R$ 0,57, ou seja, R$ 342 por ano. Vale lembrar que cada região tem uma tarifa, de acordo com a operadora de energia.