Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro O que é saúde financeira...

O que é saúde financeira e como medir a sua?

Saúde financeira vai muito além de gastar menos do que se ganha. Entenda o que significa ter uma boa saúde financeira, qual a importância dela na sua vida e como medir algo que parece tão subjetivo.



Como está a sua saúde financeira? Se você vive no limite entre o que ganha e o que gasta, convive com o estresse por causa de compromissos financeiros e sente que seu dinheiro raramente sobra no fim do mês, saiba que não está sozinho. 

Finanças são motivo de estresse para 58,4% das famílias brasileiras, segundo a pesquisa para o Índice de Saúde Financeira do Brasileiro, da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) em parceria com o Banco Central e membros do sistema financeiro nacional.

Aliás, a relação entre saúde financeira e saúde mental é bastante estreita. O Instituto de Políticas sobre Dinheiro e Saúde Mental, uma organização inglesa focada em estudos sobre este tema, concluiu que dificuldades financeiras podem ser responsáveis por uma série de problemas de saúde, como ansiedade, estresse e insônia. 

Outra descoberta é que quem sofre destes problemas tende a tomar decisões financeiras piores, dificultando ainda mais a sua situação.

Se saúde financeira e saúde mental estão assim tão interligadas, o que fazer para cuidar das finanças? A seguir, confira as respostas para as principais dúvidas sobre este assunto.

O que é saúde financeira pessoal?

Saúde financeira é um conjunto de características que definem como você lida com o dinheiro. 

Ter uma boa saúde financeira é ser capaz de cumprir seus compromissos financeiros, tomar boas decisões financeiras, ter disciplina e controle para cumprir objetivos, se sentir seguro quanto ao futuro financeiro e ter a liberdade de fazer escolhas que permitam aproveitar a vida. 

Ou seja: gastar menos do que você ganha é um pontapé inicial para começar a cuidar da sua saúde financeira. Mas mantê-la envolve, também, se planejar inclusive para conseguir lidar com situações imprevisíveis (como perder sua fonte de renda ou ter uma despesa importante não planejada, por exemplo).

Como fazer para manter uma boa saúde financeira?

Uma boa saúde financeira é resultado de planejamento e compreensão sobre o uso do seu dinheiro. 

Sabe quando você quer cuidar da saúde e ouve aquelas recomendações básicas? Alimentação equilibrada, beber água, praticar exercícios físicos… Com saúde financeira é parecido: você precisa estabelecer uma rotina para entender o melhor uso dos seus recursos.

É importante tirar um dia financeiro para organizar as contas, testar modelos de orçamento até encontrar o que faz mais sentido para as suas necessidades e se planejar. Depois que você construir um hábito, fica mais fácil organizar as finanças pessoais.

Claro, fazer isso pode ser desafiador – e nem sempre o dinheiro dá para tudo. A renda média dos brasileiros hoje é de R$ 1.380, e organizar as finanças de acordo com prioridades não se encaixa em todas as realidades. Mas é possível, sim, fazer um uso inteligente do dinheiro. E é por isso que investir em educação financeira também é importante.

Por onde começar?

No Blog do Nubank temos uma série de conteúdos sobre como organizar as finanças. Na internet também há materiais gratuitos que podem te ajudar a manter a saúde financeira, mas é importante ficar atento à credibilidade das informações.

A Faculdade Getúlio Vargas (FGV) oferece cursos online gratuitos sobre como organizar o orçamento familiar.

O Banco Central, por exemplo, tem uma página dedicada à Cidadania Financeira com diversos conteúdos para quem quer se planejar e organizar melhor o dinheiro. O Bacen também oferece gratuitamente o Curso Online de Gestão de Finanças Pessoais em parceria com a Escola de Administração Fazendária (ESAF), que abrange os seguintes temas:

  • Nossa relação com o dinheiro;
  • Orçamento pessoal e familiar;
  • Crédito e endividamento;
  • Consumo planejado e consciente;
  • Poupança e investimentos;
  • Prevenção e proteção;
  • Consumindo serviços financeiros.

Qual a importância da saúde financeira?

A saúde financeira impacta diretamente na saúde mental e no bem-estar das pessoas. Uma vida financeira equilibrada permite que você tenha mais segurança na hora de fazer escolhas, liberdade para usar o dinheiro de maneira consciente e capacidade para traçar planos para o seu futuro. 

Em resumo, uma vida financeira saudável tem a ver com saber lidar com o dinheiro.

Como está a sua saúde financeira?

Para entender como está sua saúde financeira, é importante pensar em tudo o que ela envolve. Existem quatro elementos do bem-estar financeiro, segundo o Consumer Financial Protection Bureau (ou Agência de Proteção Financeira ao Consumidor). Estes elementos são: 

  • Se sentir no controle;
  • Ser capaz de lidar com choques financeiros (como perda abrupta da renda ou algum imprevisto, por exemplo);
  • Ser capaz de traçar planos;
  • Ter flexibilidade para fazer escolhas.

Se estes elementos já fazem parte da sua realidade, é provável que sua vida financeira esteja saudável.

Mas se tudo isso ainda parece muito distante ou subjetivo, a boa notícia é que também existem ferramentas que ajudam a medir a sua pontuação e chegar a um diagnóstico.

Uma das principais ferramentas para o cálculo da saúde financeira é da Financial Health Network, uma consultoria de serviços financeiros sem fins lucrativos dos Estados Unidos.

No Brasil, a Febraban e o Banco Central criaram o Índice de Saúde Financeira do Brasileiro (I-SFB), que avalia a saúde financeira da população  a partir de cinco dimensões: 

  • Habilidade financeira;
  • Comportamento financeiro;
  • Liberdade financeira;
  • Segurança financeira;
  • Proficiência financeira.

Depois de responder todas as perguntas, é possível checar o seu resultado e compará-lo com a média dos brasileiros. 

Leia também:

Educação financeira infantil: precisamos falar de dinheiro com as crianças

Como a ansiedade afeta seu bolso. E por que o Brasil sofre mais que o resto do mundo

10 conteúdos para você começar agora a planejar seu futuro


Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

3.91

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post