Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro O que é cheque cruzado?

O que é cheque cruzado?

Conheça a tática que te ajuda a manter a segurança do seu dinheiro nesse meio de pagamento.



O que é cheque cruzado? Ilustração de notas retangulares destacáveis com o cifrão ao centro. Fundo verde claro e traços finos e pretos.

O cheque começou a se popularizar 100 anos atrás e foi um importante meio de pagamento quando não existiam cartões de crédito, celulares e aplicativos no Brasil. Ainda hoje, muita gente usa cheque: mais de 1 bilhão de reais é movimentado todos os anos com as folhinhas de papel.

Assim como acontece com outros meios de pagamento, as folhas de cheque estão sujeitas a serem fraudadas e acabar gerando uma grande dor de cabeça e prejuízos para o bolso. Por isso, existem algumas técnicas para aumentar a segurança da folha de cheque, e uma delas é o cheque cruzado.

Ganhe controle sobre suas finanças: assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo.

Entenda como cruzar um cheque e por que esses traços dão mais segurança na hora de usar o talão. 

O que significa cheque cruzado?

O cheque cruzado tem a mesma função de um cheque comum: criar uma ordem de pagamento a alguém por meio do preechimento manual de algumas informações, como o valor que você quer pagar, a data de pagamento e a sua assinatura, por exemplo. 

A diferença é que, além de preencher todos os campos, você precisa fazer dois traços paralelos na parte de cima da frente da folha do cheque. Parece uma bobagem, mas a verdade é que a medida de segurança tem validade legal. De acordo com a Lei 7.357, “o emitente ou o portador podem cruzar o cheque, mediante a aposição de dois traços paralelos no anverso do título”.

Assim como os cheques tradicionais, o cheque cruzado precisa ser preenchido com caneta azul ou preta. Por isso, muita atenção – uma vez cruzado, o cheque não pode mais ser considerado comum (sem cruzamento). 

Deixe para cruzar o cheque somente no fim do preenchimento, até lá você terá tempo para pensar se realmente faz sentido pagar aquela pessoa ou empresa usando o cheque cruzado. 

Por que cruzar o cheque? 

O cheque cruzado foi regulamentado em 1985, e tem como objetivo garantir que a folha de cheque seja descontada (ou compensada) somente por meio de depósito em conta corrente. Ou seja, para receber o valor, você precisa primeiro depositá-lo, e então esperar até 1 dia útil para receber o dinheiro na sua conta bancária.

Um cheque não cruzado, por exemplo, pode ser descontado em qualquer banco diretamente no caixa, ou até mesmo em lojas do comércio (caso aceitem), o que facilita muito o processo de troca por dinheiro caso a sua folha de cheque caia na mão de fraudadores.  

O cheque cruzado também permite adicionar outras informações, como o nome do banco que deve ser descontado, garantindo ainda mais segurança para as folhas do talão.

Cheque cruzado: branco ou preto 

Existem duas maneiras de se usar os cheques cruzados. Eles recebem o nome de “cheque cruzado branco” e “cheque cruzado preto”. 

Cruzamento em branco

Este tipo de cruzamento do cheque garante que o valor seja descontado somente por meio de depósito bancário. Para isso, basta fazer dois traços paralelos na parte de cima da frente da folha do cheque.

Cruzamento em preto

Da mesma forma que o cruzamento em branco, o cruzamento em preto define que o cheque só pode ser descontado por meio de depósito em conta bancária, mas além disso ele também indica em qual instituição financeira ele deve ser descontado. 

Para fazer um cruzamento em preto, é necessário escrever o nome da instituição financeira entre os traços. Dessa forma, quem receber o cheque só poderá trocá-lo no banco que foi indicado na folha.

Cheque nominal cruzado

Quanto mais informações o seu cheque tiver, melhor. Isso garante a segurança de que a pessoa ou empresa que você quer pagar é, realmente, quem irá receber o dinheiro na conta. Além da modalidade de cheque cruzado, existe ainda o cheque nominal: é quando você escreve o nome completo, o telefone e um documento de identificação (como o RG ou CNPJ) da pessoa ou empresa que você pretende pagar.

O cheque nominal cruzado é mais uma camada de segurança, que combina duas garantias: que o cheque seja depositado em conta corrente e que seja para uma pessoa ou empresa específica. Quando se usa o cheque nominal cruzado, o meio de pagamento se torna muito mais seguro, garantindo que o dinheiro chegue nas mãos certas. 

Ou seja, além de garantir que o valor não seja sacado (e sim depositado em conta corrente), o valor só pode ser depositado na conta da pessoa informada no verso da folha do cheque que está usando. 

Ah, vale lembrar que uma vez cruzado, o cheque não pode mais ser utilizado de outra forma. 

Leia mais:

Por que tanta gente ainda usa cheque? 

O que é cheque caução? 

Cheque sem fundos: entenda o que é e suas consequências 

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4.83

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post