Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Dicionário Financeiro INPC: entenda o que é es...

INPC: entenda o que é este índice e como ele é calculado

O INPC mede a inflação para as famílias mais pobres e costuma ser usado para reajustar salários, corrigir o valor da aposentadoria e definir o salário mínimo. Entenda como funciona.



Quando o assunto é inflação, geralmente a conversa vem acompanhada de uma enxurrada de siglas: é o IGP-M ditando o reajuste do aluguel, o IPCA mostrando a alta dos preços do supermercado, o INPC influenciando o valor do salário mínimo… Mas por que essas siglas impactam tanto o nosso dia a dia? E para quê exatamente elas servem?

O objetivo desses três indicadores é o mesmo: medir a inflação e apontar como está o poder de compra da população diante das variações nos preços de produtos e serviços de um mês para o outro. 

A principal diferença entre o IGP-M, o IPCA e o INPC são os recortes que eles fazem. É como se todos fotografassem a mesma paisagem, só que de ângulos diferentes:

  • O IGP-M (Índice Geral de Preços-Mercado) é calculado pela FGV e mede a variação de preços englobando diversas etapas de uma cadeia produtiva – ou seja, abrange não só os preços que chegam na ponta final de venda, como também os do meio do processo;
  • O IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), por outro lado, é calculado pelo IBGE e mede a variação de preços de produtos e serviços somente para o comprador final;
  • Já o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) olha para a mesma variação de preços de produtos e serviços para o comprador final, mas sob uma outra perspectiva: a das famílias de baixa renda.

Você pode saber mais sobre o IPCA aqui e sobre o IGP-M aqui. Abaixo, entenda melhor o que é o INPC e para que ele é usado.

O que é INPC?

O INPC é um índice calculado mensalmente pelo IBGE para medir a variação de preços de uma cesta de produtos e serviços consumidos pelas famílias com rendimento médio mensal de 1 a 5 salários mínimos.

De tempos em tempos, o IBGE faz a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) para entender o que a população brasileira consome: arroz, feijão, roupas, material escolar, médico, brinquedos…  E é com base nos dados da POF que o instituto constrói a cesta de produtos e serviços consumidos pelas famílias a partir das seguintes categorias:

  • Alimentação e bebidas;
  • Habitação;
  • Artigos de residência;
  • Vestuário;
  • Transportes;
  • Saúde e cuidados pessoais;
  • Despesas pessoais;
  • Educação;
  • Comunicação.

Nessa cesta, cada item tem um peso diferente de acordo com a frequência com que é utilizado pelas famílias. Para o INPC, gastos com alimentação e bebidas, habitação e transportes têm um peso maior do que outras categorias por serem essenciais e representarem as maiores fatias dentro da cesta de consumo da população.

Com essas informações, o IBGE calcula quanto do rendimento das famílias é usado para consumir esses itens, e de quanto foi a variação nos preços de um mês para o outro.

Se hoje o rendimento de uma família é o mesmo de um mês atrás, mas esse dinheiro já não é capaz de comprar os mesmos produtos que no mês anterior, isso significa que o índice aumentou. Ou seja: o preço dos produtos subiu e o poder de compra da população não acompanhou esse crescimento. 

Qual a diferença entre IPCA e INPC?

A diferença entre eles está justamente no termo “Amplo”. O IPCA engloba as famílias com rendimento entre 1 e 40 salários mínimos, enquanto o INPC considera apenas as famílias com rendimento médio de 1 a 5 salários mínimos.

Quando os preços do arroz, do feijão, do óleo e do gás de cozinha sobem, esse aumento é sentido com muito mais intensidade por uma família com rendimento de até 5 salários mínimos do que por uma família com rendimento de até 40 salários mínimos. 

Portanto, o INPC é um retrato mais fiel do impacto da inflação sobre as famílias de baixa renda, já que, por comprometerem boa parte de seu dinheiro com itens básicos, como alimentação e habitação, elas também são mais vulneráveis economicamente às variações de preços.

Apesar do recorte feito pelo INPC indicar como a inflação atinge os mais pobres, o índice oficial da inflação no Brasil é o IPCA.

Para que é usado o INPC?

O INPC é usado para reajustes salariais em negociações trabalhistas, além de ser o índice utilizado pelo Governo Federal para a correção da aposentadoria e do salário mínimo.

Como o indicador reflete a inflação para a população que é mais vulnerável economicamente, o uso do INPC como base para reajustes acontece para garantir a manutenção do poder de compra das famílias de baixa renda, visando diminuir o impacto que a variação dos preços dos produtos tem sobre os seus rendimentos.

Seguindo o INPC, a proposta em análise no Senado é de que o salário mínimo seja reajustado para R$ 1.147 em 2022. Atualmente, o valor é de R$ 1.100.

No caso de reajustes salariais, apesar do INPC ser utilizado como base pelos sindicatos em meio às negociações trabalhistas, a alteração nem sempre se concretiza. No primeiro semestre de 2021, 52,3% dos reajustes salariais no Brasil ficaram abaixo do indicador, de acordo com análise do Dieese baseada em dados do Ministério da Economia.

Leia mais:

PIB, IPCA e IGP-M: por que você precisa entender essas três siglas em 2021

O que é meta de inflação?

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4.67

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post