Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Declarar IR pelo app ou ...

Declarar IR pelo app ou pelo site? O que é melhor para você?

A Receita Federal disponibiliza dois formatos para entregar a declaração do IR 2022. Saiba como eles funcionam.



A declaração do Imposto de Renda 2022 começa em março. No ano passado, mais de 34 milhões de contribuintes acertaram as contas com o Fisco, número que superou a expectativa da Receita Federal para 2021.

A novidade na declaração de 2022 é que agora ela é multiplataforma, ou seja, pode ser preenchida em mais de uma plataforma, como computadores, celulares e tablets. Dessa forma, será possível começar a preencher no seu celular e terminar no computador, e vice-versa.

Ganhe controle sobre suas finanças: assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo.

Veja como funcionam essas opções e qual delas é melhor para você.

Declarar o IR 2022 pelo site da Receita Federal

Com os documentos necessários em mãos, é preciso baixar o Programa Gerador da Declaração (PGD IRPF 2022), no site da Receita Federal. O programa estará disponível para download em 07 de março.

Para 2022, a Receita disponibilizou aos contribuintes que tiverem contas gov.br em níveis prata ou ouro a funcionalidade de declaração pré-preenchida, a partir de 15 de março. Com ela, várias informações de anos anteriores são importadas automaticamente para a declaração atual.

O programa é baixado para o seu computador e a declaração é feita por ele.

Como declarar a conta do Nubank no Imposto de Renda 2022

Imposto de Renda: um guia em 7 passos para iniciantes

Declarar o IR 2022 pelo app Meu Imposto de Renda

Disponível para Android e iOS, o app Meu Imposto de Renda foi criado pela Receita Federal como mais uma opção para os declarantes do IR de Pessoa Física.

Segundo a Receita Federal, os serviços disponíveis no app Meu Imposto de Renda são:

  • Preenchimento e entrega de declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física – originais e retificadoras. Segundo a Receita, dá para iniciar o preenchimento da declaração usando as informações do documento do ano anterior. Para isso, é necessário que os arquivos do ano passado estejam no mesmo aparelho – seja para declaração original ou retificadora.
  • Consulta de pendências (malha fina) e de débitos relacionados ao Imposto de Renda e geração do DARF para quitar o imposto devido. Mas, atenção: esses serviços só estão disponíveis para quem declarou o IR pelo próprio aparelho ou cadastrou o dispositivo no Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC).
  • Notificações sobre o processamento da declaração. Os usuários recebem alertas sobre pendências, solução de pendências, envio do dinheiro da restituição ou do imposto devido para débito automático no banco. Este serviço só é válido para quem preencheu o número do recibo da declaração anterior ou cadastrou o aparelho no e-CAC.
  • Acesso ao Perguntão IRPF, um guia com perguntas e respostas sobre o Imposto de Renda da Pessoa Física.
  • Acesso a outros serviços e aplicativos da Receita Federal;
  • Possibilidade de informar ganhos líquidos em Renda Variável com ações à vista e com Fundos de Investimento Imobiliário (FII);
  • Versão do app acessando novo aplicativo do Carnê-leão;
  • Acesso permitido com conta gov.br (além de código de acesso e certificado digital).

Leia também: Como declarar o Imposto de Renda pelo celular?

Mas, afinal, qual opção é melhor pra mim?

A verdade é que não tem uma opção melhor que a outra. No app Meu Imposto de Renda pode ser útil e facilitar a vida do contribuinte que deixa a declaração do IR para a última hora, já que basta ter o seu celular em mãos,que tudo pode ser feito a qualquer momento.

No entanto, seja por não possuir um dispositivo móvel compatível com o aplicativo ou por preferir utilizar o computador, a pessoa pode optar por declarar pelo app, instalado no celular.

Para a Receita Federal, o método da declaração não importa: declarar o IR pelo celular ou pelo computador não impacta em nada o cálculo dos impostos, os prazos ou os lotes de restituição.

Quem precisa declarar o Imposto de Renda?

Na prática, precisa declarar o Imposto de Renda quem se encaixa nos critérios estabelecidos pela Receita Federal. Ou seja, quem:

  • Recebeu, ao longo de 2021, mais de R$ 28.559,70 em rendimentos tributáveis;
  • Possuiu, até 31 de dezembro de 2021, imóveis, veículos e outros bens cujo valor total é superior a R$ 300 mil;
  • Ganhou capital com a venda de imóveis, veículos e outros bens sujeitos à tributação;
  • Teve renda de atividade rural superior a R$ 142.798,50;
  • Recebeu mais de R$ 40 mil em rendimentos isentos e não tributáveis ou tributáveis na fonte;

Aqui você confere todos os detalhes e informações sobre quem precisa declarar o Imposto de Renda.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post