Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Imposto de Renda Declaração pré-preenchid...

Declaração pré-preenchida do IR: o que é e como funciona?

A ferramenta existe desde 2014, mas foi ampliada este ano e mais contribuintes devem ter acesso a partir de 25 de março. Veja como funciona a declaração pré-preenchida do Imposto de Renda.



A partir do dia 25 de março, contribuintes do Imposto de Renda não vão mais precisar ter o certificado digital para ter acesso à declaração pré-preenchida do IR – o formato online da declaração. Basta ter um cadastro no sistema unificado de sites do governo federal (gov.br).

Segundo a Receita Federal, a medida tem como objetivo reduzir o número de declarações que caem na malha fina – seja por erros de digitação ou divergência nas informações. Além disso, a ferramenta vai simplificar e agilizar a vida do contribuinte na hora de preencher o documento.

Mas o que é essa declaração pré-preenchida do IR? Como ela funciona? Veja abaixo:

O que é a declaração pré-preenchida do IR?

A declaração pré-preenchida do Imposto de Renda existe desde 2014 e conta com as principais informações do contribuinte fornecidas à Receita Federal por terceiros – empresas, bancos, médicos, imobiliárias etc. 

A declaração pré-preenchida está disponível apenas por meio do serviço Meu Imposto de Renda, que pode ser acessado pelo Centro de Atendimento Virtual da Receita (e-CAC). Se o contribuinte quiser, pode recuperar as informações no portal e-CAC, salvar e importar o documento pré-preenchido para o programa gerador da declaração.

Com a declaração pré-preenchida, o contribuinte recebe um formulário com os dados fiscais já completos. Aí é só confirmar os dados e enviar o documento. Em caso de divergências, é possível corrigir e complementar as informações antes de entregar a declaração ao Fisco.

“E se eu tiver dependentes?”

Por meio do sistema de atendimento da Receita Federal (e-CAC), dá para recuperar as informações fiscais dos dependentes e inseri-las automaticamente na declaração pré-preenchida do contribuinte. 

Vale dizer que, para isso acontecer, será necessária uma procuração da parte deles.

Como fazer isso?

Para quem usa certificado digital, basta:

  • Procurar a autorização por meio do serviço “Senhas e Procurações”, dentro do e-CAC;
  • Preencher o formulário “Cadastrar Procuração”. 

Os demais contribuintes devem:

  • Entrar na página da Receita Federal na internet e procurar o serviço “Procuração para Acesso ao e-CAC”;
  •  Clicar no botão “Atendimento pela Internet”.

É importante ressaltar que, para quem usa o site da Receita, o procedimento não é automático, e as procurações só têm validade após a entrega da documentação à Receita Federal.

Dados na declaração pré-preenchida do IR

São usadas três fontes de informação para a declaração pré-preenchida do Imposto de Renda:

  1. Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte (Dirf);
  2. Declaração de Informações sobre Atividades Imobiliárias (Dimob) e;
  3. Declaração de Serviços Médicos (DMED).

Elas devem ser enviadas à Receita por empregadores (no caso da Dirf), empresas de locação, venda ou intermediação de imóveis e pelos corretores imobiliários (no caso da Dimob) e por empresas e prestadores de serviço na área de saúde (no caso da DMED) até o fim do mês de fevereiro.

Veja mais sobre o IR 2021:
O que mudou no Imposto de Renda 2021?

Entenda como declarar o auxílio emergencial no Imposto de Renda 2021

Informe de rendimentos do INSS: como conseguir o seu para o IR 2021?

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4.63

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post