Complete abaixo para pedir sua NuConta e seu cartão de crédito

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Como evitar golpes no ca...

Como evitar golpes no cartão de crédito

Conheça as táticas mais comuns usadas por golpistas na hora de roubar seus dados

Os cartões de crédito possuem vários mecanismos de segurança para identificar e bloquear fraudes – no entanto, a maioria dos golpes sofridos pelos consumidores envolve enganar o cliente para que ele mesmo entregue seus dados.

As estratégias usadas por esses golpistas incluem e-mails, redes sociais e até mesmo ligações e costumam ser ainda mais populares em épocas de grandes eventos.

Natal e Black Friday, por exemplo, são épocas de grande movimentação financeira. Essas datas atraem pessoas mal intencionadas que usam o chamariz dos descontos para aplicar golpes.

Existem algumas medidas simples, no entanto, que podem ajudar os consumidores a evitar fraudes.

Atenção aos E-mails e Redes Sociais

Um dos tipos de golpe mais comum é tentar fazer o cliente “comprar” um produto em um site falso.

A pessoa acha que está preenchendo um cadastro quando, na verdade, está entregando todas as suas informações na mão de fraudadores.

Os links para os sites falsos geralmente são enviados por e-mails (spams) ou mensagens nas redes sociais. Esse tipo de “ataque” é muito conhecido na comunidade como phishing.

Muitos golpistas usam o nome de alguma grande loja ou site e oferecem uma promoção tentadora para que mais pessoas cliquem nos links.  

Confira o endereço do site antes de colocar dados do cartão de crédito

O endereço da página em que você está navegando é mesmo o da marca que você conhece?

Golpistas costumam usar pequenas variações de nomes conhecidos para enganar os clientes – colocam uma letra ou palavras a mais no endereço do site ou e-mail, por exemplo.  Nesse tipo de golpe, o cliente corre dois grandes riscos:

  • Colocar seus dados do cartão acreditando que está finalizando uma compra
  • Achar que está no site de um grande lojista, no qual já possui cadastro, e inserir seu login e senha.

Com essas informações, os golpistas conseguem ir até o site verdadeiro, acessar seu cadastro e fazer compras, mudar o endereço de entrega, pegar suas informações pessoais….Como muita gente usa o mesmo login e senha para vários sites, o golpista pode tentar (e conseguir) acessar sua conta em muitas plataformas.

Se estiver em dúvidas sobre um site, feche a página e procure na internet pelo endereço oficial daquela marca. No caso de compras em sites menos conhecidos, vá atrás da opinião de outros clientes antes de colocar seus dados.

Quer checar se um site é confiável?

Serviços como o ReclameAqui costumam ser bons lugares para encontrar referências. Já o Procon  (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor) sempre atualiza sua lista de sites não confiáveis. Vale conferir em caso de dúvida.

A dica de conferir se o site é verdadeiro é importante não apenas na hora de digitar os dados do cartão de crédito – o que nos leva à próxima dica…

Se é bom demais para ser verdade, provavelmente é golpe

Desconfie de ofertas muito abaixo do mercado. Os sites falsos costumam dar um destaque grande nos preços. Por mais que a Black Friday seja uma época de descontos, se algo estiver muito fora da curva, é bom avaliar se a promoção é verdadeira.

Cuidado com o Wi-Fi, boleto e telefone

Não faça compras em Wi-Fi públicos, pois você estará digitando seus dados do cartão de crédito em uma rede que não conhece. Evite comprar conectado à internet de um café, por exemplo.

Tome cuidado com pedidos de boleto bancário por e-mail. Antes de pagar, confira se o boleto recebido é o do varejista com o qual você fez compras.

Cuidado ao receber telefonemas que pedem para você confirmar dados. Ficou na dúvida se a pessoa do outro lado realmente trabalha na loja? Desligue o telefone, acesse a página oficial da empresa e ligue você mesmo para o SAC.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

Digite seu nome

Quero receber a newsletter