Início Seu Dinheiro Carnaval: 5 dicas para n...

Carnaval: 5 dicas para não deixar seu bolso de ressaca

Da passagem aos dias de folia, veja como cuidar do seu orçamento.

O Carnaval é um dos feriados favoritos do brasileiro para viajar pelo país. Todo ano, mais de 10 milhões de turistas nacionais deixam suas casas para curtir a folia – ou os dias de descanso – em outras cidades.

Quem faz parte desse grupo pode sempre tomar alguns cuidados que ajudam a manter o orçamento sob controle durante o feriado.

Afinal, se o ano começa mesmo só depois do Carnaval, é melhor evitar dar a largada em 2019 com as contas no vermelho.

1. Escolha bem o seu destino – ainda dá tempo

A terça-feira de Carnaval 2019 cai no dia 5 de março.

Se a um mês do feriado a sua viagem ainda não saiu do papel, fique tranquilo – você não está sozinho.  

Uma pesquisa do Skyscanner mostrou que quase metade dos brasileiros que viajam no Carnaval (42%) planejam a viagem de última hora – mais especificamente, a menos de 30 dias do feriado. Isso inclui decidir o destino, comprar passagens aéreas e reservar hotéis.

Os preços, especialmente de passagens aéreas, estão mais altos nessa época. Segundo levantamento do Cuponomia, entre dezembro de 2018 e fevereiro de 2019, os preços de passagens aéreas chegaram a subir 360% para trechos específicos.

Uma boa dica para fugir dessa alta de preços é evitar os destinos mais buscados para o feriado – Salvador, Rio de Janeiro e Recife, de acordo com o Skyscanner.

Fortaleza, Foz do Iguaçu e Alter do Chão, no Pará, também serão destinos bastante procurados, de acordo com o Ministério do Turismo.

Aliás, o Ministério também listou em seu site alguns destinos pouco procurados nessa época – mas que podem ser uma boa opção para quem quer viajar no feriado.

Outra dica para economizar na compra da passagem é ser flexível em relação às datas e horários (a viagem pode sair mais barata se você perder um dia do Carnaval, por exemplo). Ficar de olho nas ofertas e pacotes é uma boa maneira de encontrar uma “pechincha” de Carnaval.

2. Estabeleça um limite de gastos

Antes de viajar, faça um orçamento e planeje exatamente aquilo que pode gastar durante o feriado.

Inclua na conta todos os gastos:

  • Transporte: passagem aérea, aluguel de carro, gasolina, pedágio, ônibus;
  • Hospedagem: diárias de hotel, aluguel de casas, camping.
  • Alimentação: restaurantes, lanches, bares e compras para a casa.
  • Passeios e festas: aluguel de carro, entrada de parques. estacionamento, ingressos de baladas ou shows;
  • Bebida: qual será a programação durante o dia? E de noite? Há consumação inclusa? É preciso comprar bebidas à parte?

Uma dica é estabelecer uma quantia fixa para gastar por dia. Assim, fica mais fácil equilibrar as escolhas: quem almoçar em um restaurante caro no primeiro dia, pode optar por uma opção mais em conta no segundo.

Ter um orçamento diário facilita o controle dos gastos.

3. Procure – e priorize – atividades gratuitas no Carnaval

Muitas cidades promovem shows, festivais, festas e, claro, bloquinhos de rua na época do Carnaval.

Uma boa dica é procurar a página oficial da prefeitura do município que você irá visitar e checar a programação do feriado.

No ano passado, por exemplo, o Ministério do Turismo reuniu algumas dicas de atividades organizadas pelos municípios nas quatro regiões do país.

4. Tenha uma reserva para imprevistos

Não viaje com seu limite do cartão completamente comprometido, a conta zerada e sem nem um Real na carteira.

Imprevistos acontecem e é sempre bom ter uma reserva de emergência para lidar com eles.

Ao planejar o seu orçamento de viagem, tenha em mente de onde seria possível tirar dinheiro  para lidar com eventuais imprevistos – como um gasto inesperado com saúde, problemas com o seu meio de transporte ou erros na hospedagem.

5. Siga alguns cuidados básicos de segurança

  • Antes de fechar um pacote de viagem, certifique-se de que a agência ou operadora é cadastrada e pode atuar no país. Isso pode evitar muitas dores de cabeça
  • Tenha cuidado extra ao andar por grandes aglomerações. Guarde seu cartão de crédito, dinheiro e celular em um local seguro. Evite colocar esses itens em mochilas ou no bolso de trás da calça – prefira bolsos com zíper e sacolas que fiquem mais próximas ao corpo.
  • Planeje os seus dias para entender quando é melhor levar o cartão de crédito e quando vale a pena andar com notas no bolso. Mas lembre-se: evite carregar grandes quantias de uma vez.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

Digite seu nome

Quero receber a newsletter