Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Organizar as Finanças Dá para aprender sobre ...

Dá para aprender sobre dinheiro com jogos?

Alguns clássicos, como The Sims e Banco Imobiliário, podem ensinar lições valiosas sobre como lidar com dinheiro na vida real.

Aprender finanças pessoais provavelmente não está no topo da lista do que fazer para relaxar. Mas jogar pode estar – seja videogame, jogos de tabuleiro ou no celular. Então por que não aproveitar esse momento de descontração para aprender alguns conceitos financeiros?

Alguns jogos bem conhecidos, como The Sims, SimCity e Banco Imobiliário, podem ensinar lições valiosas sobre como lidar com dinheiro. Confira abaixo.

1. Só dá para crescer com planejamento – na vida real não tem klapaucius

Uma tradição do jogo The Sims é usar códigos para fazer dinheiro – como os clássicos klapaucius e motherlode. Mas os jogadores que decidem construir sua fortuna do zero sabem que, para aumentar a casa, comprar móveis melhores ou construir uma piscina é necessário planejamento. 

Lançado em 2000, The Sims é um jogo que simula a vida real a partir de personagens criados pelos jogadores. Assim como pessoais reais, eles também têm desejos, necessidades, personalidades… E o objetivo é dar a eles uma vida feliz a partir de diversos fatores – como bom sono, boa alimentação, segurança, relações sociais e carreira.

Todos os personagens começam o jogo com uma mesma quantidade de Simoleons, a moeda dos Sims. Com essa quantia, dá para construir uma casa pequena e comprar móveis básicos – mas sem luxo nem extravagância.

Para aumentar a casa, adquirir móveis mais legais e comprar outros bens é necessário trabalho, paciência e planejamento. Afinal, também existem as contas do dia a dia que precisam ser pagas e – sem usar códigos – não dá para ter tudo de uma vez. 

Ótima oportunidade para aprender a se planejar e traçar objetivos para o dinheiro – tanto no jogo quanto na vida real. Confira algumas dicas!

2. Ao tomar uma decisão, é importante pensar no médio e longo prazo

São poucas as pessoas que tiveram ou vão ter a oportunidade de administrar uma cidade de verdade, mas muita gente já ocupou ou ocupa a prefeitura de SimCity – jogo lançado em 1989 (e sucesso até hoje) em que os jogadores têm que construir e administrar uma cidade.

E, se cuidar de uma casa já é desafiador, gerir um município inteiro é muito mais. Com o dinheiro recolhido a partir de impostos, taxações e outras cobranças, o jogador têm que decidir a melhor forma de cuidar da cidade e fazê-la prosperar. 

Isso passa por resolver questões urgentes, como apagar um incêndio – literalmente –, até outras de médio e longo prazo – como investir no transporte público para que o uso de transporte particular diminua e, com isso, diminuam também congestionamentos e poluição.

Esta, inclusive, é uma lição importantíssima de SimCity: tomar decisões hoje pensando no médio e longo prazo. 

Construir instalações públicas, como hospitais e escolas, pode sair caro, mas deixar de investir nisso para economizar pode causar um grande prejuízo no médio e longo prazo – podendo até fazer com que muitos moradores deixem a cidade.

Na vida real de quem não administra uma cidade, essa experiência espelha outras decisões: é muito importante pensar nos custos no curto, médio e longo prazo. Deixar de gastar agora pode causar um rombo no futuro.

3. Não importa o que aconteça, tenha uma reserva financeira

Se o pavor de muitos adultos é ver o dinheiro indo embora com boletos, o de quem joga Banco Imobiliário é ficar sem dinheiro no caixa – e ser obrigado a assistir aos outros jogadores esbanjando suas notinhas falsas.

Lançado no Brasil há mais de 75 anos, em 1944, o Banco Imobiliário é um jogo de tabuleiro no qual os jogadores devem acumular fortuna ao negociar bens do mercado imobiliário, como terrenos e imóveis. Todos começam com uma mesma quantia em caixa e quem fica sem dinheiro perde. O último a restar leva o prêmio.

Imagens do Banco Imobiliário atualmente (Crédito: Briquedos Estrela/Divulgação)

Por isso, os jogadores precisam ser bem estratégicos na hora de investir sua fortuna. Quem sai comprando tudo o que aparece pela frente, por exemplo, pode ficar sem dinheiro para pagar suas obrigações financeiras – o que pode levar à falência.

Em outras palavras: por mais que certa oportunidade pareça um ótimo negócio, é necessário estratégia para entender se realmente vale a pena – ou se é só mais uma cilada que vai consumir todo seu dinheiro. Afinal, o objetivo é sempre ter dinheiro em caixa.

Na vida real, ter uma reserva de emergência é muito importante para não ser pego de surpresa e ter maior segurança financeira. Entenda como ter a sua.

Conteúdo inspirado em uma conversa da comunidade do Nubank, a NuCommunity. Se você já aprendeu alguma lição financeira com um jogo, compartilhe por lá!

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4.71

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post