Pular navegação

App Meu Imposto de Renda: como usar e para que serve

Disponível para Android e iOS, o aplicativo foi criado como mais uma opção para a Pessoa Física que quer simplificar a maneira de declarar o Imposto de Renda.

App Meu Imposto de Renda: fotografia de um homem mexendo no celular

Entra ano e sai ano e muitas pessoas ainda se perguntam se tem como declarar imposto de renda pelo celular.

A resposta rápida é: sim. Além da possibilidade de fazer a declaração do imposto de renda online ou pelo Programa IRPF 2024 no computador, o contribuinte também pode declarar o imposto de renda pelo celular ou tablet, de forma prática e segura, no app Meu Imposto de Renda.

Mas atenção! A Receita Federal estabelece alguns critérios e limites de renda anual e de patrimônio que determinam se o contribuinte pode ou não utilizar o sistema de declaração pelo aplicativo do IR.

Agora, se você faz parte do grupo que sempre deixa a declaração do IR para a última hora, saber como usar o app Meu Imposto de Renda pode ajudar a tornar essa tarefa mais fácil.

Disponível para Android e iOS, o aplicativo do IR criado pela Receita Federal é mais uma opção para os declarantes do IR de Pessoa Física.

Importante: as informações abaixo são um guia para ajudar na busca por informações. Em caso de dúvidas, procure um contador ou profissional qualificado para auxiliar na sua declaração.

Quer saber se você precisa declarar o IR em 2024? Assista o vídeo abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=HAUi3IWS6hs

Para que serve o app Meu Imposto de Renda?

O aplicativo do IR é um meio que facilita o processo dos contribuintes na hora de declarar o imposto de renda. No app Meu Imposto de Renda é possível inserir, gerenciar e acompanhar informações fiscais essenciais para a declaração.

De acordo com a Receita Federal, os serviços disponíveis no aplicativo são:

  • Preenchimento e entrega de declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física – originais e retificadoras. Segundo a Receita, dá para iniciar o preenchimento da declaração usando as informações do documento do ano anterior. Para isso, entretanto, é necessário que os arquivos do ano passado estejam no mesmo aparelho – seja para declaração original ou retificadora;
  • Consulta de pendências (malha fina) e de débitos relacionados ao Imposto de Renda e geração do DARF para quitar o imposto devido. Mas, atenção: esses serviços só estão disponíveis para quem declarou o IR pelo próprio aparelho ou cadastrou o dispositivo no Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC);
  • Notificações sobre o processamento da declaração. Os usuários recebem alertas sobre pendências, solução de pendências, envio do dinheiro da restituição ou do imposto devido para débito automático no banco. Este serviço só é válido para quem preencheu o número do recibo da declaração anterior ou cadastrou o aparelho no e-CAC;
  • Acesso ao Perguntão IRPF, um guia com perguntas e respostas sobre o Imposto de Renda da Pessoa Física;
  • Acesso a outros serviços e aplicativos da Receita Federal;
  • Possibilidade de informar ganhos líquidos em Renda Variável com ações à vista e com Fundos de Investimento Imobiliário (FII);
  • Versão do app acessando novo aplicativo do Carnê-leão;
  • Acesso permitido com conta gov.br (além de código de acesso e certificado digital);
  • Iniciar o preenchimento da declaração no app Meu Imposto de Renda e continuar o processo no programa IRPF 2024 no computador, ou vice-versa – desde que você acesse o sistema usando sua conta gov.br.

E uma das novidades anunciadas pela Receita Federal em 2023 foi a possibilidade de autorizar outra pessoa a ter acesso à sua declaração, pelo app ou na versão online.

Como usar o app Meu Imposto de Renda?

O primeiro passo para usar o app Meu Imposto de Renda é baixar a versão compatível com seu aparelho celular – Android ou iOS.

Depois, o ideal é que você acesse o app usando a sua conta gov.br – assim você tem acesso a todas as funções e consegue continuar o preenchimento em outro dispositivo.

Mas, também é possível acessar o aplicativo informando o CPF do contribuinte, a data de nascimento e um código de segurança (exibido no próprio app).

Caso essas informações estejam corretas, surge uma lista com as declarações dos últimos cinco anos e a situação de cada uma. 

Já para declarar o Imposto de Renda, é necessário criar uma palavra-chave. Dessa forma, é possível recuperar, em outro dispositivo (como computador ou tablet), as informações preenchidas no celular.

Com isso, dá para começar a declaração pelo celular e terminar em outro dispositivo depois.

Ainda, dá para usar as opções de impressão no app para gerar e salvar os PDFs do recibo de entrega, declaração e, se for o caso, o DARF para o pagamento do imposto devido. Os arquivos também podem ser compartilhados.

Importante: as informações acima são um guia para ajudar na busca por informações. Em caso de dúvidas, procure um contador ou profissional qualificado para auxiliar na sua declaração.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossaPolítica de Privacidade.Ao continuar a navegar, você concorda com essa Política.