Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro IR 2021 Vale a pena antecipar a ...

Vale a pena antecipar a restituição do Imposto de Renda?

A antecipação do Imposto de Renda é uma espécie de empréstimo - por isso, é importante ficar atento aos juros e tributos cobrados.


Em 2021, a entrega da declaração do Imposto de Renda será feita entre os dias 1 de março e 31 de maio (a data anterior era 30 de abril, mas o prazo foi prorrogado). Já a restituição deve ser paga pela Receita Federal entre os meses de maio e setembro. Uma dúvida comum é se é possível (e se vale a pena) antecipar a restituição do IR.

Restituição do Imposto de Renda 2021: como ela vai funcionar

Antecipar a restituição, no entanto, nem sempre é uma boa. Abaixo, veja se essa opção vale a pena para você.

Primeiro, o que é a restituição do Imposto de Renda?

A restituição do IR é uma parte do imposto que você pagou sendo devolvida.

Ou seja, se no acerto de contas com a Receita for identificado que você recolheu mais imposto do que deveria ao longo do ano, essa parte “extra” da contribuição é devolvida para você. Logo, o valor que cada contribuinte pode receber pode variar.

Quem tem muitas deduções a fazer (dependentes, despesas médicas, gastos com educação, aposentadoria privada e etc) também pode ter uma restituição maior, exatamente por conta dos descontos no imposto que acumulam com essas despesas.

A restituição é paga em lotes mensais; isso significa que a cada mês um lote de contribuintes receberá parte do imposto de volta.

Mas vale dizer que nem todos os contribuintes têm direito à restituição. Somente aqueles que conseguem deduzir gastos, que contribuíram mais do que o necessário e que não caíram na malha fina terão valores a receber.

O que significa antecipar a restituição do Imposto de Renda?

Antecipar a restituição do IR nada mais é que pedir um empréstimo ao seu banco no valor da sua restituição: a instituição antecipa esse valor e, quando receber da Receita, você paga de volta com juros.

Essa pode ser uma boa opção para quem precisa do dinheiro antecipado, mas é preciso cuidado para não se enrolar com os juros.

Em outras palavras: você não está exatamente antecipando sua restituição, mas sim, tomando um empréstimo. Como o banco sabe que você vai receber no futuro, ele libera aquele valor antes, mas cobra de volta com juros.

Afinal, vale a pena antecipar a restituição do Imposto de Renda?

A resposta mais simples é: depende da sua situação financeira. Antecipar a restituição do Imposto de Renda pode valer a pena se você estiver precisando do dinheiro e se as condições de pagamento forem mais vantajosas que outras opções.

Por exemplo, se você já tem dívidas caras, como rotativo do cartão de crédito, cheque especial, ou empréstimos com juros muito mais altos, o dinheiro da restituição pode te ajudar a arcar com esses compromissos – com opção de juros mais baixos (cerca de 2% ao mês, dependendo do banco).

A antecipação também pode ser vantajosa em situações de emergência (uma conta prestes a vencer, por exemplo) e de investimento no próprio negócio (estrutura, produtos e etc).

Mas o ideal mesmo é pesquisar diferentes opções de empréstimo e optar por aquela que cabe no seu bolso. É importante nunca esquecer que a antecipação é um empréstimo. Ou seja, você vai ter que devolver com juros – antes de contratar, garanta que ele é realmente a melhor alternativa. 

Veja algumas dicas para se organizar para pagar um empréstimo pessoal:

Como se planejar para pagar um empréstimo pessoal

Quando vale a pena pedir um empréstimo?

Taxa de juros: empréstimo vale a pena? Saiba como calcular


Leia também informações sobre o IR 2021:

O que mudou no Imposto de Renda 2021?

Como usar o app Meu Imposto de Renda?

Imposto de Renda 2021: regras são divulgadas pela Receita Federal

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

5

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post