Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro S&P 500: entenda o ...

S&P 500: entenda o índice financeiro que lista as maiores ações das bolsas americanas

O chamado Standard & Poor's 500 é considerado o principal indicador do mercado acionário norte-americano. Veja como funciona.

Existe uma diversidade de termos e conceitos – alguns bem conhecidos outros nem tanto – quando o assunto é investimento. Um deles é o S&P 500 um índice, criado com o objetivo de facilitar o investimento nas empresas norte-americanas.

Abaixo, entenda como o que é, como funciona e por que o S&P 500 é tão importante no mercado.

Lembrete: Fazer um investimento significa separar uma quantidade de dinheiro e aplicá-la em algum lugar em que esse valor renda ao longo do tempo. Existem vários tipos – alguns mais arriscados, outros menos. Veja aqui o que você precisa saber antes de começar. 

S&P 500: o que é

O Standard & Poor’s 500 (mais conhecido como S&P 500) é um índice composto por quinhentos ativos negociados na bolsa de valores de Nova Iorque (NYSE) e NASDAQ (Associação Nacional de Corretores de Títulos de Cotações Automáticas, em português), mercado de ações automatizado norte-americano. Ele foi criado em 1957, 

Índice de renda variável, atualmente o S&P 500 possui patrimônio em torno de US$ 20 trilhões. Em outras palavras: As empresas avaliadas pelo índice tem hoje um valor de 20 trilhões de dólares.

Renda variável

Os investimentos de renda variável têm taxas de retorno que mudam (variam) conforme o tempo. Ou seja: a rentabilidade varia o tempo todo, o que dá menos segurança para quem investe. Você nunca sabe, ao certo, quanto vai receber depois de determinado período. Isso, naturalmente, significa que os riscos são maiores – embora a possibilidade de retorno também seja. A bolsa de valores é o principal ativo de renda variável do mercado.

Como as ações do S&P500 são selecionadas?

Os ativos que compõem o S&P 500 levam em conta alguns fatores. Como exemplos, podemos citar.

Viabilidade financeira: os resultados dos ativos devem ser positivos por, pelo menos, quatro trimestres seguidos;

Ações em poder público: 50% da quantidade total de papéis do emissor deve estar sob a guarda do poder público. Ou seja, mais de 50% de todas as ações da empresa devem ser compradas por pessoas;

Domicílio: no S&P 500, só são aceitas ações de companhias norte-americanas ou organizações instaladas no país;

Tratamento de IPO: para fazer parte do S&P 500, a empresa precisa ter aberto capital há, pelo menos, 6 meses. 

Se a companhia cumprir todas as exigências, ela poderá integrar o time das ações do S&P 500.

Exemplos de empresas que compõem o S&P 500

Amazon.com Inc

Apple

Caterpillar Inc

Coca-Cola Company

Facebook Inc

Ford Motor

McDonald’s Corp.

Microsoft Corp.

Netflix Inc.

Nike

Starbucks Corp.

Para ter acesso a lista completa de empresas clique aqui.

Como investir no S&P 500?

Para investir no S&P 500 é preciso ter conta em uma corretora de valores no Brasil.

Se você pensa em aplicar no exterior, saiba que os fundos de índices (ETF) e os Certificados de Operações Estruturadas (COE) são as principais formas de investir nesse índice. Veja mais informações sobre cada um deles:

ETF

Em inglês, Exchange Traded Funds (Fundos de índice, em português), chamado também de fundos negociados na bolsa. Aplicando no ETF o investidor pode sair ganhando com a alta das ações que fazem parte do indicador e aumentar o lucro com a alta do dólar.

COE

Os Certificados de Operações Estruturadas (COE) permitem o ganho da renda variável com a proteção da renda fixa, já que a maioria dos COE contam com capital protegido.

Vale dizer que os COE não têm garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), ou seja, há risco de crédito do banco emissor.

Quer saber mais sobre investimentos? Leia também:

Ibovespa Futuro: o que é e como funciona esse tipo de investimento?

Day Trade sem complicação: o que é e como funciona

O que é Renda Fixa e quais são os tipos de investimento?

Investimento: O que é o Tesouro Direto?

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui. 

4.57

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post