Pular navegação

Planejamento trimestral: como realizar metas em 12 semanas

Dividir o ano em períodos de 90 dias pode te ajudar a manter o foco e a conquistar seus objetivos mais rápido. Conheça o método de planejamento trimestral.

Um ano tem quantos dias? Se você pensou em 365, sua resposta está errada. Ou, pelo menos, é o que dizem Brian P. Morian e Michael Lennington, autores da obra "1 Ano em 12 Semanas" (The 12 Week Year, em inglês). O livro descreve um método que divide o ano em períodos de 90 dias (ou 12 semanas), e garante que fazer um planejamento trimestral é o jeito mais eficaz de não desistir das suas metas pessoais.

Apesar de ter sido lançado em 2013, o material viralizou no TikTok em 2024. Tanto que a hashtag #12WeekYear já acumula mais de 16 milhões de visualizações, com usuários ensinando o método de planejamento trimestral e explicando os benefícios. 

"Pessoas bem sucedidas consideram que tem apenas 90 dias para alcançar um objetivo. Isso evita que você se acomode, porque é apenas um quarto do tempo que você acha que precisa para fazer algo", explica a estrategista Breana Hampton, que deu o pontapé para a trend na plataforma. 

Entenda, a seguir, como funciona o planejamento trimestral e como fazer o seu. 

O que é planejamento trimestral?

O planejamento trimestral propõe uma organização do ano baseada em períodos de três meses (cerca de 12 semanas), onde você deve estipular objetivos concretos que precisam ser concluídos dentro dessa janela de tempo. 

A ideia aqui é reduzir o ciclo de execução de uma tarefa. Ao invés do seu cérebro assumir que você tem um ano inteiro para realizar algo (e rapidamente perder o foco), você busca ser o mais ágil possível na entrega, já que o seu prazo é menor.

Muitas empresas adotam esse modelo estratégico, que costuma ser combinado com a técnica de OKRs para definir quais serão as metas alcançadas. Segundo o livro "1 Ano em 12 Semanas", essa tática funciona para evitar a baixa produtividade, trazer um senso de urgência maior para o que precisa ser feito e potencializar resultados em um período menor.

Como fazer um planejamento trimestral eficaz?

Realizar suas metas em 12 semanas pode ser mais fácil do que você imagina. Seguindo as etapas, será possível planejar e executar mais em menos tempo. Confira. 

Identifique as áreas da sua vida que precisam de atenção

Para começar, separe sua vida por áreas e defina objetivos centrais para cada uma delas. Você pode se organizar seguindo cinco áreas macro. Confira abaixo: 

  • Relacionamentos afetivos e familiares;
  • Saúde e autocuidado;
  • Vida profissional;
  • Desejos e sonhos pessoais;
  • Vida financeira.

Você pode ajustar, priorizar e substituir cada área de acordo com o que faz mais sentido para você. O importante é que, dentro de cada uma, você defina de modo claro o que deseja alcançar. 

Estabeleça metas objetivas

Para definir suas metas, você pode utilizar o método SMART. Isso significa que suas metas devem ser: específicas, mensuráveis, atingíveis, realistas e com prazo. Se o seu objetivo consegue seguir essa definição, você tem mais chances de realizá-lo. 

https://www.youtube.com/watch?v=VT83OS34nt8

Por exemplo: não adianta se comprometer apenas a "juntar dinheiro". Para que dê certo, você precisa transformar esse desejo em algo mais concreto. Seguindo o método SMART, sua meta se transforma em algo como: "até o fim deste trimestre, eu quero juntar R$ 1,2 mil reais. Para isso, eu posso reservar R$ 100 reais por semana e aplicar esse dinheiro em uma Caixinha, que pode fazer o meu dinheiro render mais"

Como criar uma meta para guardar dinheiro nas Caixinhas do Nubank?

Também é importante que você não faça uma lista de metas gigantescas. Foque em uma ou duas metas por área da vida. Quanto maior a sua lista de objetivos, maior será o desafio para cumpri-los, o que pode te fazer desistir deles. Dê prioridade ao que é realmente importante. 

Divida seu calendário em trimestres

Quebre um ano em quatro períodos de três meses e organize suas realizações dentro dos quatro períodos de tempo. 

Você pode usar um bloco de notas, uma planilha ou um calendário virtual que te permita fazer essa personalização. O importante é definir qual será o foco de cada trimestre e seguir as dicas acima para estabelecer o que será feito em cada um deles. 

  • Primeiro trimestre: Jan - Fev - Mar
  • Segundo trimestre: Abr - Mai - Jun
  • Terceiro trimestre: Jul - Ago - Set
  • Quarto trimestre: Out - Nov - Dez

Depois da divisão trimestral, faça o mesmo para organizar o foco de cada mês e, depois, o foco de cada semana. É como correr uma maratona: ao invés de dar o máximo de si logo após a largada, você se concentra e administra sua energia para cruzar a linha de chegada sem se desgastar. 

Quebrar o seu objetivo em pequenas partes ao longo do trimestre vai te dar a sensação de estar fazendo um pouquinho a cada dia. 

Faça um acompanhamento frequente das metas

Como está sendo o seu progresso? Para acompanhar, você pode avaliar como tem sido sua jornada semana a semana. 

Se a sua meta é "fazer aula de inglês duas vezes na semana para evoluir o nível do idioma até o final do trimestre", você pode avaliar o seu nível de frequência nas aulas e o quanto consegue estudar. 

Você também pode fazer uma cartela de bingo ou uma planilha com todas as tarefas que precisam ser concluídas até o fim da semana e dar a si mesmo pequenas recompensas caso consiga concluir 100% dela. 

E lembre-se de criar janelas de acompanhamento no meio do trimestre para garantir que as entregas sejam feitas no prazo.

Faça um painel de inspiração

O painel de inspiração vai te ajudar a visualizar seus objetivos de longo prazo e também te relembrar dos porquês em dias de baixa motivação. Pense como você gostaria que a sua vida fosse daqui a cinco ou dez anos e faça um mural visual, com imagens ou frases que te tragam inspiração. Consulte esse mural sempre que necessário.

Não se culpe

Algo fugiu do seu controle no meio da semana? Tá tudo bem: você ainda tem tempo para conquistar o que deseja. O lado bom de um planejamento com tarefas que se diluem ao longo do tempo é que ele prevê momentos de baixa e períodos de descanso. Incluir pausas para se recuperar é o que te mantém longe do esgotamento.

Nos dias em que você não conseguir dar o melhor de si, não se culpe. E se você precisar recalcular a rota, recomece quantas vezes forem necessárias. Lembre-se que o planejamento é uma ferramenta flexível e que você sempre pode fazer ajustes. O importante mesmo é não esquecer de nutrir os seus sonhos. Não importa quanto tempo leve, vai dar certo!

Leia também:

Metas pessoais de consumo: como antecipar a compra daquele produto dos sonhos de forma organizada?

Sonho ou objetivo:  como a diferença entre esses conceitos afeta suas metas?

Como juntar R$ 1 milhão: dicas e estratégias para iniciar o seu planejamento financeiro

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.