Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Empreender O que é faturamento? Com...

O que é faturamento? Como saber quanto uma empresa fatura?

Esse é um conceito comum no mundo do empreendedorismo e essencial na gestão financeira de qualquer negócio. Entenda.



Uma palavra bem comum no mundo do empreendedorismo é faturamento. Ela é usada para indicar o tamanho de um negócio, limitar os diferentes portes de empresa e calcular os tributos que devem ser pagos, por exemplo. Mas o que é faturamento, exatamente? O que ele diz sobre um negócio? Como calcular esse número? Confira abaixo.

O que é faturamento? E como saber o faturamento de uma empresa?

Faturamento é a soma total das vendas de uma empresa, em um certo período, a partir de sua atividade comercial – seja comércio de bens, prestação de serviços ou indústria.

O faturamento mensal de uma pessoa que trabalha como cabeleireira, por exemplo, é o valor total que recebeu de seus clientes ao longo do mês. Se ela fez 150 cortes em um mês no valor de R$ 50 cada, seu faturamento mensal será de R$ 7.500.

Justamente por mostrar o valor total que uma empresa movimenta a partir de suas atividades, o faturamento é um dos principais indicadores usados para medir o tamanho de um negócio. 

É a partir do faturamento, por exemplo, que uma empresa pode ser classificada como MEI, microempresa, empresa de pequeno porte ou empresa de médio e grande porte.

Por isso, é importante entender exatamente o que é faturamento e para que serve essa informação.

Para que serve o faturamento de uma empresa?

Saber o faturamento de uma empresa serve para diversas finalidades. Com ele, é possível:

  • Ter uma ideia do desempenho de um negócio. Afinal, um faturamento maior pode significar mais ou melhores vendas e se traduzir em um lucro maior;
  • Calcular os tributos que devem ser pagos ao governo – a alíquota de tributação varia de acordo com o faturamento da empresa;
  • Enquadrar um negócio no porte certo para ele, garantindo uma tributação proporcional a quanto ele fatura;
  • Manter um fluxo de caixa, calcular o lucro da empresa e cuidar das finanças do negócio. É a partir do faturamento que a maioria dos cálculos é feita.

Mas, atenção: existem dois tipos de faturamento, o bruto e o líquido.

Qual a diferença entre faturamento bruto e faturamento líquido?

Entender a diferença entre faturamento bruto e faturamento líquido é fácil:

Faturamento bruto

O faturamento bruto é o valor total que uma empresa recebe a partir de suas vendas em determinado período.

Para calcular o faturamento bruto, portanto, basta multiplicar o preço do produto ou serviço pelo número de vendas:

Faturamento bruto = preço do produto ou serviço X quantidade de vendas

Para quem oferece mais de um produto ou serviço, basta fazer a conta acima para cada um e somar todos os valores.

Faturamento líquido

Já o faturamento líquido de uma empresa é igual ao faturamento bruto menos os tributos cobrados em cada operação e deduções de vendas – como produtos devolvidos e contratos cancelados. 

A fórmula abaixo pode ser usada para calcular o faturamento líquido:

Faturamento líquido = faturamento bruto – tributos – deduções de vendas

Por mostrar o que sobra do faturamento bruto depois de descontar os tributos e as vendas canceladas, o faturamento líquido dá uma ideia mais aproximada do resultado de um negócio.

E qual a diferença entre faturamento e lucro?

Não basta somente conhecer os diferentes tipos de faturamento, também é necessário entender a diferença entre faturamento e lucro.

Afinal, estes são conceitos básicos de um negócio e compreendê-los é essencial para manter as finanças em dia. 

Como você viu, faturamento é todo o dinheiro que entra na empresa a partir de sua atividade comercial. Já lucro é todo o dinheiro que sobra depois de descontar das receitas os gastos do negócio.

Entenda a diferença entre lucro, receita e caixa

Por isso, faturamento alto não significa lucro

Uma empresa pode faturar muito dinheiro em um mês, por exemplo, mas se os gastos forem maiores do que as receitas, ela não terá lucro e ficará no prejuízo. 

Justamente por isso, não dá para assumir que um negócio com faturamento alto é um negócio saudável financeiramente.

É necessário que os gastos estejam equilibrados para que, no fim do mês, o dinheiro entrando se transforme em lucro.

Veja como organizar o financeiro de uma empresa

O que o faturamento tem a ver com o regime tributário de uma empresa?

É a partir do faturamento que uma empresa pode optar pelo melhor regime tributário para ela – aquele na qual ela paga o valor mais justo para seu tamanho. São eles:

  • Simples Nacional: um regime tributário simplificado para micro e pequenas empresas que faturam até R$ 4,8 milhões por ano. As alíquotas são menores e o recolhimento dos tributos é feito em uma única guia, paga todos os meses. Veja mais sobre o Simples Nacional;
  • Lucro Presumido: apesar de ser mais complexo que o Simples, também é um regime simplificado para empresas que faturam até R$ 78 milhões por ano. A base de cálculo dos tributos é prefixada pela Receita Federal e tem margens de lucro específicas de acordo com a atividade da empresa. Saiba mais sobre o Lucro Presumido;
  • Lucro Real: é um regime de tributação mais complexo, obrigatório para empresas que faturam mais que R$ 78 milhões por ano ou que não podem se enquadrar nos regimes simplificados. Nele, o cálculo do Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e da Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido (CSLL) é feito com base no lucro real da empresa, com ajustes previstos em lei. Entenda tudo sobre o Lucro Real.

Vale dizer que a alíquota de cada regime varia de acordo com o faturamento e a atividade da empresa.

E como o faturamento influencia no porte da empresa?

O faturamento é um dos principais critérios usados para enquadrar uma empresa em um ou outro porte. São eles:

  • Microempreendedor Individual (MEI): trabalhadores autônomos formalizados que faturam até R$ 81 mil por ano;
  • Microempresa (ME): faturamento anual de até R$ 360 mil;
  • Empresa de Pequeno Porte (EPP): faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões;
  • Empresa de médio e grande porte: faturamento acima de R$ 4,8 milhões anualmente.

Se uma empresa fatura mais do que o permitido para seu porte, ela é obrigada a fazer o reenquadramento para um porte maior.

Uma microempresa que fature mais que R$ 360 mil em um ano, por exemplo, deve migrar para o porte seguinte – a empresa de pequeno porte.

Este texto faz parte da missão do Nubank de lutar contra a complexidade do sistema financeiro para empoderar as pessoas – físicas e jurídicas. Com a conta PJ, queremos ajudar donos de pequenos negócios, empreendedores e autônomos a focarem no que realmente importa. Saiba mais.

4.56

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post