Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Imposto de Renda Preciso devolver o auxíl...

Preciso devolver o auxílio emergencial no Imposto de Renda 2022?

As regras para os contribuintes que receberam o benefício ao longo de 2021 mudaram. Entenda.



No ano passado, 650 mil pessoas que receberam o auxílio emergencial ao longo de 2020 tiveram que devolver o valor do benefício por meio de Documentos de Arrecadação de Receitas Federais (DARFs). 

Já em 2022, as regras para os contribuintes que receberam o auxílio emergencial ao longo de 2021 são diferentes e não há mais a previsão da devolução dos recursos no Imposto de Renda 2022.

Ganhe controle sobre suas finanças: assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo.

Entenda a seguir.

Quem precisou devolver o auxílio emergencial no Imposto de Renda em 2021?

Devolveram o auxílio emergencial no Imposto de Renda 2021 as pessoas que tiveram, ao longo de 2020, rendimentos tributáveis acima de R$ 22.847,76.

Para lembrar: rendimentos tributáveis são aqueles que entram no cálculo do imposto de renda – como salários, férias, comissões, renda com aluguel, benefícios previdenciários etc.

Em outras palavras: se a soma de tudo que você recebeu dessas categorias em 2020 foi maior que R$ 22.847,76, será necessário declarar e devolver o auxílio no IR 2021.

De acordo com a Receita Federal, o auxílio emergencial e o auxílio residual de R$ 300, que veio logo em seguida, também são rendas tributáveis – ou seja, precisam ser declarados.

Preciso devolver o auxílio emergencial no Imposto de Renda 2022?

A partir desse ano, o auxílio emergencial recebido em 2021 será considerado um rendimento tributável pelo Fisco. Ou seja, os valores devem ser somados aos demais rendimentos recebidos ao longo do ano.

Caso o valor ultrapasse R$ 28.559,70, o contribuinte é obrigado a declarar o Imposto de Renda e informar os valores na declaração.

Ainda é possível devolver o auxílio emergencial?

Apesar de o contribuinte não ser mais obrigado a devolver valores indevidos do benefício no IR 2022, a página oficial da governo ainda possibilita que seja devolvido o auxílio emergencial, caso o beneficiário queira devolvê-lo. No site, é possível gerar a Guia de Recolhimento da União (GRU).

Imposto de Renda 2022: o que você precisa saber?

O período de declaração do Imposto de Renda 2022 vai de 7 de março a 29 de abril. O programa pode ser baixado no site da Receita Federal.

Não sabe por onde começar? Clique aqui.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4.75

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post