Complete abaixo para pedir sua conta e seu cartão de crédito

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Produtos Como declarar NuConta no...

Como declarar NuConta no Imposto de Renda 2020

Vai declarar o Imposto de Renda em 2020 e possui uma NuConta? Veja o que fazer.

A NuConta é a conta do Nubank. Ela foi criada em 2017 com o objetivo de reinventar sua vida financeira. Sem tarifas de manutenção, taxas escondidas ou cobranças abusivas – com ela, você tem liberdade financeira.

Ela oferece transferências gratuitas, permite que você separe o dinheiro do dia a dia daquele que você deseja guardar e ainda faz seu dinheiro render, automaticamente, mais que a poupança – por isso, é preciso declarar a NuConta no seu Imposto de Renda. 

Mas como declarar NuConta no IR? 

Todo início de ano enviamos por e-mail o Informe de Rendimentos para os clientes da conta do Nubank. Em 2020, todos os clientes devem receber o e-mail em fevereiro e usá-lo na sua declaração do Imposto de Renda.

É importante lembrar: hoje os depósitos na conta do Nubank podem ser feitos no RDB Nubank, na conta de pagamentos ou em ambos. Isso muda a forma como você deve declarar no seu IR e o informe de rendimentos que mandaremos por e-mail:

  • Se o seu informe de rendimentos tiver uma página, você possui depósitos somente em RDB ou na conta de pagamentos e deverá declarar no Imposto de Renda normalmente conforme os dados do informe de rendimentos único.;
  • Se o seu informe de rendimentos tiver duas páginas, você possui depósitos tanto em RDB quanto na conta de pagamentos e, por isso, deverá declarar no Imposto de Renda duas vezes, com CNPJs distintos, conforme os dados que constam nos dois informes de rendimentos.

Veja, abaixo como você deve declarar em cada um dos casos.

Se você recebeu apenas uma página no seu informe de rendimentos (possui depósitos somente na conta de pagamentos ou somente em RDB)

Para fins tributários, os dados do informe de rendimentos precisam ser preenchidos em dois campos diferentes no programa da Receita:

  • Rendimentos sujeitos à tributação exclusiva/definitiva;
  • Bens e Direitos.

PASSO 1

  • Do lado esquerdo, selecione o campo “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/definitiva”;
  • No primeiro item, Tipo de Rendimento, selecione a opção “Rendimentos de aplicações financeiras”;

Preencha os outros itens:

  • Tipo de Beneficiário e Beneficiário: este campo é preenchido pelo software da Receita quando você seleciona se é o Titular ou o Dependente;
  • CNPJ da Fonte pagadora: insira os dados do Nubank – Nu Pagamentos S.A. ou Nu Financeira S.A., dependendo de onde estão seus depósitos – que vêm no informe de rendimento;
  • Valor: insira o valor “Rendimentos Líquidos” que consta no seu informe de rendimentos enviado por e-mail. 
  • Atenção: se o valor enviado no seu informe for R$0,00 você não precisa preencher este campo de Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/definitiva – apenas o campo abaixo (Bens e Direitos).

    Primeira etapa preenchida. Hora do próximo campo. 

PASSO 2

  • À esquerda, selecione  “Bens e direitos”;
  • Dentro dessa opção,selecione o item “Aplicação de Renda Fixa (CDB, RDB e outros)” (como na imagem abaixo):
  • Localização (país) é o Brasil;
  • CNPJ: insira o CNPJ da Nu Pagamentos S.A. ou Nu Financeira S.A., conforme enviado no seu informe de rendimentos;
  • Discriminação: Conta de Pagamento ou RDB, dependendo de qual for o seu caso;
  • Situação em 31/12/2018 e Situação em 31/12/2019: preencha com as informações enviadas no seu informe de rendimento. É importante lembrar que esse valor é diferente do que o que você vê no seu aplicativo. No app, mostramos o saldo total (valor depositado + rendimentos). Neste campo do IR, é preciso informar somente o valor depositado. É este o valor que enviamos no seu informe de rendimentos.

Pronto! Declaração da NuConta preenchida. Lembrando que essas informações são referentes apenas à sua NuConta. Para declarar outros rendimentos, o ideal é que você procure um especialista.

Se você recebeu duas páginas no seu informe de rendimentos (possui depósitos na conta de pagamentos e em RDB)

O processo de declaração é o mesmo – o que muda é que é necessário declarar duas vezes no mesmo campo, com o CNPJ tanto da Nu Financeira S.A. quanto da Nu Pagamentos S.A..

De novo, os dados do informe de rendimentos precisam ser preenchidos em dois campos diferentes no programa da Receita:

  • Rendimentos sujeitos à tributação exclusiva/definitiva;
  • Bens e Direitos.

PASSO 1

  • Do lado esquerdo, selecione o campo “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/definitiva”. 
  • No primeiro item, Tipo de Rendimento, selecione a opção “Rendimentos de aplicações financeiras”.

Preencha os outros itens:

  • Tipo de Beneficiário e Beneficiário: este campo é preenchido pelo software da Receita quando você seleciona se é o Titular ou o Dependente.
  • CNPJ da Fonte pagadora: insira os dados do Nubank, primeiro da Nu Pagamentos S.A., que vêm no informe de rendimento; 
  • Valor: insira o valor “Rendimentos Líquidos” que consta no seu informe de rendimentos enviado por e-mail. O rendimento líquido é o rendimento dos valores resgatados, menos os impostos. Preste atenção: os valores devem ser referentes à Nu Pagamentos S.A., informados na mesma página.
  • Atenção: se o valor enviado no seu informe for R$0,00, você não precisa preencher este campo de Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/definitiva – apenas o campo abaixo (Bens e Direitos).
  • Selecione o botão “Novo”, no canto inferior direito da tela, e repita o processo – desta vez, informando o CNPJ da Nu Financeira S.A. e os valores referentes a ela, que estão na segunda página de seu Informe de Rendimentos. 

PASSO 2 

  • À esquerda, dentro de “Bens e direitos”, selecione o item “Aplicação de Renda Fixa (CDB, RDB e outros)”;
  • Localização (país) é o Brasil;
  • CNPJ: insira o CNPJ da Nu Pagamentos S.A., conforme enviado no seu informe de rendimentos;
  • Discriminação: Conta de Pagamentos;
  • Situação em 31/12/2018 e Situação em 31/12/2019: preencha com as informações enviadas no seu informe de rendimento. É importante lembrar que esse valor é diferente do que o que você vê no seu aplicativo. No app, mostramos o saldo total (valor depositado + rendimentos). Neste campo do IR, é preciso informar somente o valor depositado. É este o valor que enviamos no seu informe de rendimentos.
  • Confirme o envio desses dados.
  • Selecione o botão “Novo”, no canto inferior direito da tela, e repita o processo – desta vez, informando o CNPJ da Nu Financeira S.A. e os valores referentes a ela, que estão na segunda página de seu Informe de Rendimentos. 

Se você vai declarar o Imposto de Renda pelo aplicativo:

O app “Meu Imposto de Renda”, disponibilizado pela Receita Federal, possui algumas pequenas diferenças em relação ao software para computador.

Para acessar a parte de “Bens e Direitos“, é preciso primeiro tocar em “Bens e Dívidas” e, depois, selecionar “Bens e Direitos” na hora de declarar a sua NuConta.

Depois, basta seguir as instruções de preenchimento que detalhamos acima.

“Preciso declarar a NuConta no Imposto de Renda?”

Ter uma conta do Nubank não significa que você necessariamente precisa declarar o IR.

É obrigado a declarar o Imposto de Renda 2020 quem se enquadra nos critérios gerais da Receita Federal. Ou seja: se você não for isento, deve declarar a NuConta no seu IR.

Leia também: Quem deve declarar o IR?

Vou pagar algum imposto ao declarar os rendimentos da NuConta?

Não. A conta do Nubank já retém os impostos sobre os rendimentos dos clientes. Ou seja: o Imposto de Renda referente à NuConta já está pago.

É preciso, no entanto, preencher a declaração apenas para informar a Receita.

Ao preencher a declaração do Imposto de Renda em relação aos rendimentos da NuConta você não será tributado novamente.

O Imposto de Renda é o momento em que o governo analisa os bens e a renda dos contribuintes – quanto eles possuem, quanto seu patrimônio cresceu, quanto sua renda mudou, o quanto gastaram, etc.

Por isso, é preciso declarar a movimentação das contas em instituições de pagamento, financeiras, investimentos, além de outras fontes de renda.

Como o dinheiro depositado na NuConta atualmente rende diariamente 100% do CDI, você pode ter a obrigação de declarar os saldos e os rendimentos líquidos conforme demonstrado no seu informe de rendimentos. 

A NuConta mudou de nome e agora é a conta do Nubank. Ela continua ajudando nosso clientes a simplificar suas vidas financeiras e oferecendo os mesmos benefícios. Explicamos mais sobre essa mudança aqui.

4.5

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post