Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Imposto de Renda Como declarar os gastos ...

Como declarar os gastos com educação no Imposto de Renda?

Despesas de estudantes podem gerar uma dedução de até R$ 3.561,50 no Imposto de Renda. Saiba como preencher no momento da sua declaração.



Anote na agenda: a entrega da declaração do Imposto de Renda 2022 começa em 07 de março e vai até 31 de maio. Se você é estudante ou tem algum dependente matriculado no ensino básico ou superior, pode se organizar para incluir despesas com os estudos no momento da declaração. 

Ao fazer isso, você reduz a sua carga tributária e tem a chance de receber algum dinheiro de volta no cálculo de restituição. Vale destacar que essa opção de deduzir da base do Imposto de Renda é aplicável apenas para Declaração de Imposto de Renda (DIRPF) Completa. A opção simplificada da DIRPF não permite essa dedução. 

Ganhe controle sobre suas finanças: assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo.

Veja a seguir o passo a passo para declarar os gastos com educação no IR. 

Importante: o texto abaixo é uma forma de te ajudar na sua busca por informações. Em caso de dúvidas, procure um contador ou profissional qualificado para auxiliar na sua declaração.

Antes, o que é dedução do Imposto de Renda?

Dedução do IR é tudo aquilo que pode reduzir o valor do imposto que você paga ao longo de um ano. Existem duas categorias possíveis: a de gastos dedutíveis e as deduções do imposto devido. 

Gastos dedutíveis 

São todos aqueles que reduzem a base de cálculo do seu imposto. A Receita Federal entende que algumas despesas são indispensáveis para qualquer cidadão e, por isso, consegue diminuir o valor total onde será aplicada a alíquota de imposto caso você tenha tido esse tipo de gasto essencial. 

Entram nessa lista gastos com educação, saúde, previdência privada, contribuições ao INSS e pensão alimentícia. Se você tem dependentes, também consegue uma dedução. Vale ressaltar que existem regras específicas para cada caso e elas devem ser respeitadas para garantir que a sua declaração não caia na malha fina. 

Deduções do imposto devido 

Nesta categoria entram doações ao Estado (que são aquelas feitas a fundos municipais, estaduais e federais) e também a prática de sublocação (que é quando alguém aluga um imóvel para alugar a uma terceira pessoa por um valor mais alto). Nestes casos, o imposto é reduzido diretamente. 

Quais gastos com educação podem ser deduzidos?

Segundo a Receita Federal, apenas os cursos do ensino regular podem ser deduzidos no IR. São eles:

  • Educação infantil (compreendendo as creches e as pré escolas) 
  • Ensino fundamental
  • Ensino médio
  • Ensino superior (incluindo os cursos de pós graduação, mestrado e doutorado)
  • Cursos tecnológicos (com nível superior)

No entanto, as deduções com educação estão limitadas a R$ 3.561,50 ao ano, e o valor já será calculado ao final do processo de declaração. Mesmo que você tenha gastado mais do que isso ao longo de um ano, o restante não será deduzido, mas precisa ser informado. Portanto, não deixe nenhuma despesa de fora no momento da declaração.

Existem outras despesas que não podem entrar nessa conta, como a compra de material escolar, uniformes, livros, apostilas ou qualquer item utilizado na elaboração de um TCC. Também ficam de fora cursos de outra natureza, como idiomas, cursos esportivos, aulas de dança, cursinho pré vestibular ou mesmo aulas de reforço. 

Como declarar os gastos com educação?

O processo é conduzido no programa da Receita Federal e pode ser feito da seguinte forma:

  • Abra a ficha “Pagamentos Efetuados”;
  • Selecione o código “1 – Instrução no Brasil” ou “2 – Instrução no exterior”;
  • Preencha com as informações da instituição de ensino, como nome e CNPJ;
  • No campo “Parcela não dedutível” você pode incluir eventuais reembolsos;
  • Informe se o gasto foi com o titular da declaração, com um dependente ou com um alimentando (para aqueles que recebem pensão alimentícia);
  • Feito isso, é só clicar em OK.

É necessário abrir um novo campo para a inclusão de novas despesas. Guarde os comprovantes, notas fiscais ou recibos mesmo após a entrega do Imposto de Renda. Em caso de imprecisões, erros ou de ter a sua declaração na malha fina, eles serão a única forma de comprovar que os pagamentos foram feitos corretamente. 

Importante: o texto acima é uma forma de ajudar na sua busca por informações. Em caso de dúvidas, procure um contador ou profissional qualificado para auxiliar na sua declaração.

Leia mais:

Como declarar venda de veículo ou de casa no IR 2022?

Pensão alimentícia precisa ser declarada no Imposto de Renda?

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4.11

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post