Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Dicionário Financeiro CBDC: o que é, como func...

CBDC: o que é, como funciona e o que tem a ver com o real digital?

Sigla para Central Bank Digital Currency, as moedas digitais emitidas por bancos centrais funcionam como uma versão virtual do dinheiro de um país.



Em maio de 2021, o Banco Central agitou o mundo financeiro ao anunciar os critérios para o desenvolvimento de uma versão digital do Real. Na época, a instituição afirmou que o real digital seria uma espécie de CBDC, o que deixou muita gente se perguntando o que é isso, afinal. É uma criptomoeda? Tem a ver com bitcoin?

Se você é uma dessas pessoas, entenda tudo sobre CBDC abaixo.

O que é CBDC?

CBDC é a sigla para Central Bank Digital Currency – ou Moeda Digital Emitida por Banco Central, em tradução livre. Basicamente, é uma versão virtual da moeda de um país, usada para realizar compras, estipular o valor de um produto, guardar para o futuro, entre outras finalidades.

Atualmente, boa parte das transações já são feitas na forma digital. A diferença é que, hoje, a única forma de muitos bancos centrais emitirem dinheiro é por meio de notas e moedas em espécie.

Com a criação de uma CBDC, também seria possível emitir moedas no formato virtual, colocando em circulação moedas que nunca foram impressas.

Além do Brasil, países como Estados Unidos, Coreia do Sul e Suécia também estudam criar suas moedas digitais emitidas por bancos centrais.

CBDC é uma criptomoeda?

Uma moeda digital emitida por banco central, como o próprio nome já diz, é regulada pela autoridade monetária de um país. Ou seja: todas as decisões sobre a CBDC são centralizadas em uma instituição responsável por regular o sistema financeiro de uma nação.

criptomoedas, como o bitcoin, são emitidas e distribuídas de forma descentralizada, e não por um governo ou banco central específico. Quem regula o sistema é a própria rede de usuários, não uma instituição.

Outra diferença importante é que, enquanto criptomoedas são tratadas geralmente como ativos financeiros, as CBDC funcionam como o dinheiro tradicional, usadas para tarefas do dia a dia, como pagar contas, transferir para outras pessoas e guardar.

Hoje em dia, por exemplo, não é possível pagar qualquer coisa usando o bitcoin. Com uma CBDC, por outro lado, isso seria possível.

Quais são os tipos de CBDC?

Basicamente, existem dois tipos de CBDC: de atacado e de varejo. 

CBDC de atacado

A CBDC de atacado funciona somente para bancos comerciais e câmaras de compensação para transações no mercado interbancário (ou seja, entre instituições financeiras). O objetivo é tornar mais eficientes os pagamentos entre instituições nacionais ou internacionais, que podem ser bastante caros e demorados nos moldes atuais.

CBDC de varejo

A CBDC de varejo, por outro lado, tem como foco o consumidor final. O objetivo é funcionar como uma alternativa ao dinheiro físico para as pessoas e aumentar a inclusão financeira da população – já que, dependendo de suas regras, permitiria transações completamente digitais por pessoas que não têm contas em instituições financeiras.

O que CBDC tem a ver com o real digital?

Em agosto de 2020, o Banco Central criou um grupo para estudar as moedas digitais emitidas por bancos centrais e avaliar os benefícios e impactos que poderiam vir da criação de um Real em formato digital. Ou seja: o real digital seria uma espécie de CBDC.

Na época, um comunicado do Banco Central afirmou que, apesar da quantidade de pagamentos eletrônicos estar crescendo nos últimos anos (principalmente pela evolução da tecnologia de dispositivos e comunicação móveis), o dinheiro continuava materializado em “papel e círculos de metal” – ou seja, o dinheiro físico.

A criação de uma CBDC, entretanto, permitiria que os brasileiros pudessem interagir com seu dinheiro de uma forma completamente digital.

Ou seja: a CBDC brasileira seria mais ou menos como as notas de Real que você guarda na carteira, exceto que só existiria no ambiente virtual. A ideia é que seria uma nova forma de ter dinheiro e fazer transações.

Já existem países com CBDC?

O país mais avançado no desenvolvimento de uma CBDC é a China. Mais de 20 milhões de chineses já têm carteiras digitais emitidas pelo Banco Popular da China, que permitem realizar transações e pagamentos com o chamado iuan digital – assim como aconteceria em um app de uma instituição financeira, por exemplo.

A CBDC chinesa funciona por meio de uma rede blockchain privada gerenciada pelo governo chinês – ou seja, apenas pessoas autorizadas têm acesso à ela. Seu objetivo é substituir cédulas e moedas em transferências, pagamentos e outras operações financeiras.

A expectativa é que a CBDC chinesa seja lançada para toda a população em menos de um ano.

No Brasil, por outro lado, o Banco Central divulgou em maio deste ano os critérios para o desenvolvimento de uma CBDC brasileira. O objetivo é que ela esteja em funcionamento daqui dois ou três anos. 

Nos Estados Unidos, o Fed (o banco central de lá) ainda está discutindo se deve ou não começar a desenvolver uma CBDC. Já a União Europeia fez consultas públicas recentemente sobre o assunto, mas ainda não decidiu os próximos passos.

Leia mais:

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4.43

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post