Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Organizar as Finanças 3 dicas para não perder ...

3 dicas para não perder o controle das finanças nos jogos

Veja como continuar alimentando seu lado jogador sem dar game over na sua conta bancária.



Só no primeiro semestre de 2021, a indústria de videogames já movimentou mais dinheiro do que em 2020 inteiro, segundo a empresa Drake Star Partners. Foram US$ 60 bilhões gerados, quase o dobro do registrado no ano passado. Isso significa que os gastos com jogos estão aumentando mais e mais.

Enquanto isso, o bolso do brasileiro está ficando mais curto. Segundo um levantamento feito por Daniel Duque, pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre-FGV), a renda média domiciliar por pessoa caiu 10% no primeiro trimestre de 2021, em comparação com o mesmo período de 2020.

Para piorar, o aumento da cotação do dólar também está deixando alguns produtos mais caros, já que muitos são importados e sofrem com a variação da moeda.

Equilibrar a vontade de gastar em games com a realidade financeira, portanto, se torna um desafio cada vez maior. Maior até do que passar da última fase daquele jogo que você penou para zerar. 

Mas não é impossível. Com as jogadas certas, dá, sim, para continuar alimentando seu lado player sem dar game over na sua conta bancária. Confira algumas dicas abaixo.

1. Prepare-se para gastos maiores

Você, mais do que ninguém, sabe que dá para gastar um bom dinheiro com esse mundo gamer. Um console de última geração pode custar facilmente uns R$ 6 mil, um monitor por volta de R$ 4 mil, um PC top de linha sai por mais de R$ 20 mil, e por aí vai. 

Dá para parcelar e diluir esses valores altos ao longo dos meses? Dá, mas mesmo assim pode consumir uma parte muito grande do seu orçamento.

Por isso, da mesma maneira que você se prepara para enfrentar aqueles adversários mais fortes, também é importante se planejar para essas compras maiores. Coloque os valores no papel e calcule se você realmente consegue pagar – ou se é necessário esperar que as contas aliviem um pouco.

Além disso, se tiver desconto para pagamento à vista, pode ser mais vantajoso juntar todo o dinheiro e pagar de uma só vez. Afinal, quanto maior o valor da compra, mais você economiza com o desconto percentual (10% sobre R$ 6 mil são R$ 600, por exemplo).

2. Não perca de vista os gastos pequenos

Sabe quando surge outro player absolutamente do nada, começa a te atacar e você nem sabe de onde ele apareceu? Pois os gastos pequenos dentro de jogos podem ter o mesmo efeito na sua vida financeira.

Chamadas de microtransações, essas compras representaram 43% dos gastos com games no Brasil em 2016, segundo a PwC – e, com um crescimento médio anual de 13%, devem chegar a US$ 498 milhões em 2021.

Por isso, não se engane achando que esses pequenos gastos não vão fazer diferença no seu orçamento. De R$ 10 em R$ 10 é possível gastar todo o limite do cartão, por exemplo.

Em julho de 2020, uma história sobre isso correu o mundo. Uma menina britânica de 11 anos torrou £4.642 (mais de R$ 30 mil na época) no cartão do pai com compras no Roblox – um game em que mais de 100 milhões de usuários criam seus próprios mundos virtuais.

O pai, que tinha permitido apenas uma compra de £4,99, soube do rombo na conta um mês depois, quando já estava no cheque especial por causa de centenas de compras de valores entre £0,99 e £9,99. A história ficou famosa e a empresa devolveu o dinheiro ao pai.

3. Encontre um equilíbrio

Se jogar é algo importante para você, não deixe nenhum guru das finanças te dizer que você não deve investir seu dinheiro nisso. Afinal, ter uma vida financeira saudável também significa gastar dinheiro com aquilo que traz prazer.

Só não vale ir para o extremo oposto e zerar suas economias com games, porque desse jeito você pode acabar sem dinheiro para fases futuras – e ninguém quer sair do jogo antes de chegar na final, né?

O melhor dos dois mundos, portanto, é conseguir pagar seus games e gastos relacionados e também guardar um pouquinho para seus planos futuros. Assim, você aproveita o hoje e se prepara para o amanhã.

Os conteúdos abaixo podem te ajudar a se planejar:

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

3.39

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post