Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Dinheiro no mundo Open Banking Segunda fase do Open Ban...

Segunda fase do Open Banking é adiada para 13 de agosto

O adiamento foi anunciado pelo Banco Central hoje, 14 de julho, e acontece para atender aos pedidos das instituições participantes. Confira o cronograma completo.



A segunda fase do Open Banking, que teria início na quinta-feira, dia 15 de julho, foi adiada para 13 de agosto. A alteração no cronograma foi anunciada pelo Banco Central hoje, dia 14 de julho, e atende aos pedidos das instituições participantes para conseguirem finalizar os testes para as certificações e registros de suas APIs.

O Open Banking, que significa “banco aberto” ou “sistema bancário aberto”, tem como objetivo dar mais opções para consumidores e permitir que as pessoas tenham liberdade para levar suas informações financeiras para onde quiserem, escolhendo entre os melhores serviços, condições de crédito e ofertas personalizadas, sem precisar começar um relacionamento do zero

Saiba tudo sobre Open Banking aqui 

A ideia é que o novo sistema estimule a concorrência e eficiência do sistema financeiro. Dessa forma, os consumidores terão mais liberdade e autonomia, menos custos e uma oferta maior de produtos e serviços que se encaixem no seu perfil.

Como funcionam as fases de implementação do Open Banking?

O Open Banking é uma grande mudança no sistema financeiro que está acontecendo de forma gradual, em diversas fases. A primeira fase começou no dia 1º de fevereiro de 2021, quando foram abertos os dados das instituições participantes, seus canais de atendimento e os produtos que oferecem. Nessa fase não houve o compartilhamento de dados dos clientes. 

Na segunda fase, adiada para o dia 13 de agosto, os clientes poderão compartilhar com a instituição financeira que escolher  seus dados pessoais de cadastro (como nome completo, CPF e informações sobre os produtos e serviços de suas contas, por exemplo). Esse tipo de compartilhamento só acontecerá com a autorização do próprio cliente.

A terceira fase, que aconteceria no dia 30 de agosto, também foi adiada e está prevista para o dia 29 de outubro, enquanto a quarta fase acontecerá em 15 de dezembro de 2021. Também há um cronograma previsto para 2022, que inclui a liberação gradual de algumas funcionalidades.

Qual é o cronograma completo para o Open Banking no Brasil?

No Brasil, o cronograma de 2021 está dividido em quatro etapas, de acordo com o Banco Central.

Fase 1: A primeira fase teve início no dia 1º de fevereiro. Nela, foram abertos os dados das instituições participantes, seus canais de atendimento e os produtos e serviços que oferecem – como contas de depósito à vista, poupança, pagamento e operações de crédito. Essa 1ª fase não envolve o compartilhamento de dados de clientes. 

Fase 2:  Na segunda fase, que começa no dia 13 de agosto, clientes poderão compartilhar com as instituições seus dados pessoais de cadastro, como nome completo, CPF/CNPJ, telefone, endereço e dados de transações relativas aos produtos e serviços de suas contas. Tudo isso acontece somente com a autorização da pessoa.

Fase 3: Na terceira fase, com início em 29 de outubro, vai ser possível iniciar um pagamento fora do ambiente do banco via Pix. Clientes poderão ter acesso a serviços como pagamentos por um aplicativo de mensagem, por exemplo.

Fase 4: Na quarta fase, que terá início em 15 de dezembro, será possível o compartilhamento de outros dados de produtos e serviços, como informações relacionadas a operações de câmbio, investimentos, seguros e previdência.

Ainda há um cronograma previsto para 2022, quando haverá a liberação gradual de outras funcionalidades. Confira as datas:

  • 15 de fevereiro de 2022: Compartilhamento de serviços e transferências entre contas do mesmo banco e TED.
  • 30 de março de 2022: Compartilhamento do envio de propostas de operações de crédito a clientes que aderirem ao open banking.
  • 31 de maio de 2022: Compartilhamento de dados de clientes sobre demais operações financeiras, como câmbio, investimentos, previdência e seguros.
  • 30 de junho de 2022: Compartilhamento de serviços de pagamento por boleto.
  • 30 de setembro de 2022: Compartilhamento de serviços de débito em conta.

Leia mais sobre Open Banking:

7 dúvidas respondidas sobre Open Banking

O Open Banking considera todo o histórico financeiro do cliente?

Quais são as vantagens do Open Banking – ou Open Finance?

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4.4

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post