Pular navegação

Pró-rata: o que é e como calcular?

Quanto uma empresa te deve se você trabalhar menos de um mês? Quanto você terá que pagar a mais por dia se atrasar uma conta? Entenda o simples cálculo para chegar a essa e outras respostas.

Pró-rata: o que é e como calcular? Imagem de uma calculadora amarela em fundo amarelo.

Imagine que você começou a trabalhar em um novo emprego. O salário já está combinado, e você sabe quanto vai ganhar por mês. Mas… e aquele primeiro mês, em que você não trabalha um mês completo, como fica? É aí que entra o pró-rata, um cálculo que diz quanto você deve receber pela quantidade proporcional que trabalhou.

Este é um dos usos do pró-rata, mas não é o único. Assim como ele ajuda a saber quanto você deve receber em dinheiro, dependendo do caso, também indica quanto você deve pagar (por um serviço que contratou no meio do mês, por exemplo).

Entenda mais sobre pró-rata, seus usos e como calcular.

O que é pró-rata?

O termo pró-rata tem origem no latim e quer dizer "medir ou racionar proporcionalmente". Ou pró-rata significa, essencialmente, é pegar uma determinada quantidade de algo e separar em pequenas frações.

Digamos que você começou a trabalhar em seu novo emprego no dia 20 de agosto, mas a empresa faz o pagamento mensal de seus funcionários em todo dia 30 do mês. 

Ou seja, no dia 30 de agosto você receberá seu primeiro salário, mas ele não será um pagamento inteiro – afinal, você trabalhou por apenas 10 dias, então o valor será proporcional a este período.

O cálculo para se chegar a esse resultado é o pró-rata. Basicamente, ele é o cálculo proporcional sobre determinado pagamento, e é muito usado em diferentes áreas, como trabalhista, prestação de serviços, setor financeiro, entre outras. 

Como é feito o cálculo pró-rata?

O cálculo pró-rata sempre é basicamente uma regra de três. Por exemplo: se seu salário combinado é de R$ 1.800, e você trabalhou por 10 dias, vai receber R$ 600.

Da mesma forma,se o valor de um serviço é de R$ 600 por mês, e o contrato contempla os 30 dias do mês, você pagará aproximadamente R$ 20 por dia de serviço prestado, e assim por diante.

O que é pró-rata die?

O pró-rota die é um cálculo proporcional de uma quantia em determinado período de tempo, para chegar no valor diário. Por exemplo, calcular quanto a mais você terá que pagar por dia em uma conta que está em atraso.

Normalmente, quando há atraso no pagamento de uma conta, os juros pró-rata levam em conta cada dia de ataso para serem aplicados proporcionalmente. Pense em uma conta de R$ 1.000: se o juros por atraso dela for de 0,5% ao dia, o pró-rata die será de R$ 5. (1000 x 0,5% = 5).

Ou seja, a cada dia que você não paga essa conta, ela vai ficando R$ 5 mais cara. Ao fim de um mês, você deverá pagar R$ 150 a mais.

O pró-rata die ajuda, inclusive, a priorizar quais contas pagar quando você não consegue quitar todas – é claro que o ideal é pagar tudo em dia, mas nem sempre isso é possível. Assim, esse cálculo mostra o quanto cada conta vai crescendo por dia de atraso, para que você tome uma decisão mais informada.

Veja como priorizar as contas quando você não consegue pagar tudo 

O que são os juros pró-rata die?

Assim como o pró-rata die permite identificar o valor diário de uma conta em atraso, os juros pró-rata die permitem identificar os juros diários dela.

Algumas contas já indicam estes juros diários, mas este não é sempre o caso. Vamos supor, por exemplo, um plano de internet em que os juros por atraso no pagamento são de 0,5% ao mês. Para calcular o pró-rata die, basta dividir a taxa de juros por 30 dias.

0,5% / 30 dias = 0,016% ao dia. 

Ou seja, se você atrasar esse pagamento por 10 dias, irá pagar em multa por atraso o correspondente a 0,16% do valor da conta. 

O que é pró-rata temporis?

O termo "pro rata temporis" significa "proporcional ao tempo". Esse cálculo é muito usado para pagamento de serviços por assinatura, como internet e planos de saúde. Imagine que você deseja cancelar a sua internet antes de terminar o mês. Na próxima e última fatura, você irá pagar apenas o valor proporcional ao dias que a internet foi utilizada. Isso é pró-rata temporis. 

Por exemplo: o serviço de internet custa R$ 100 por 30 dias e você quer saber quanto pagará por 15 dias de uso. Para isso, basta fazer uma regra de três básica:

R$ 100 = 30 dias

R$ X = 15 dias

Então:

30 x X = 100 x 15

30X = 1.500

X = 1.500 / 30

X = 50

Nesse caso, você pagará R$ 50 de internet por 15 dias. 

Como usar o pró-rata no plano de saúde?

Assim como nos demais exemplos, pró-rata no plano de saúde se refere ao cálculo proporcional do valor mensal do plano distribuídos por 30 dias. Por exemplo, você tem um plano de saúde e a fatura vence todo dia 10 do mês. Mas, no dia 15, você decidiu cancelá-lo e perdeu o direito a ele no mesmo dia. Ou seja, você fez o uso de 5 dias do plano de saúde apenas.

Imaginando que o valor mensal do plano de saúde é de R$ 100, a próxima e última fatura do seu plano será de R$ 16,66 aproximadamente. Veja o cálculo abaixo: 

R$ 100 = 30 dias

R$ X = 5 dias

Então:


R$ 100 x 5 = R$ 500

30 x R$ X = 30 R$ ?

R$ 500 / 30 = R$ 16,66

O que é correção pró-rata em dividendos?

Dividendos são, de forma simplificada, a parte do lucro que as empresas listadas na Bolsa de Valores distribuem para os acionistas. Existem momentos específicos em que essa distribuição acontece, e o cálculo pró-rata também é usado para garantir que a repartição seja proprocional. 

Por exemplo: uma empresa irá distribuir R$ 10 milhões em dividendos para seus três acionistas, que possuem diferentes porcentagens de lucro sobre esse investimento.

O acionista A tem direito a 0,01%, o acionista B a 0,05% em dividendos. Basta aplicar a mesma simples regra de três para cada um dos casos. Veja um exemplo de quanto o acionista B receberia em dividendos: 

R$ 10.000.000 = 100% 

R$ X = 0,05 %

100 X = R$ 500.000

X = R$ 500.000 / 100

X = R$ 5.000

O acionista B receberia R$ 5 mil em dividendos, já que tem direito a 0,05% de R$ 10 milhões.

Leia mais sobre cálculos: 

O que é valuation e como fazer esse cálculo?

Como calcular a aposentadoria? 

Custo de vida: o que é e como funciona o cálculo?   

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossaPolítica de Privacidade.Ao continuar a navegar, você concorda com essa Política.