Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início O Nubank Quem são os fundadores ...

Quem são os fundadores do Nubank?

Cansados da burocracia do sistema financeiro, eles resolveram fazer diferente. Conheça mais sobre David Vélez, Cristina Junqueira e Edward Wible, fundadores do Nubank.

Em 2013, o colombiano David Vélez, a brasileira Cristina Junqueira e o americano Edward Wible fundaram o Nubank. A fintech nasceu para devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira, eliminando a burocracia, tarifas abusivas e o péssimo atendimento dos bancos tradicionais. 

O primeiro produto, lançado em 2014, foi o roxinho, um cartão de crédito sem anuidade ou tarifas de manutenção e que, além de ser controlado pelo app, possui um atendimento ao cliente incrível. 

De lá para cá, o Nubank lançou também uma conta digital, um programa de benefícios com pontos que não expiram, empréstimo pessoal e uma conta para clientes PJ. Além do Brasil, também começamos operações no México e Colômbia e abrimos dois escritórios de engenharia, um na Argentina e um na Alemanha. 

Muita coisa mudou no Nubank nos últimos anos, mas a nossa missão segue a mesma: trabalhamos, sempre, para desenvolver o melhor para nossos clientes. Abaixo, conheça um pouco mais dos fundadores que começaram a história do Nubank. 

Quem é David Vélez?

David Vélez é fundador e CEO do Nubank. Colombiano, David estudou na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, onde fez graduação e um MBA em negócios na Stanford Graduate School of Business.

Durante anos, David trabalhou no mercado financeiro dos Estados Unidos em instituições como Goldman Sachs, Morgan Stanley e General Atlantic.

Sua experiência no Brasil começou quando se tornou sócio do fundo de investimentos Sequoia Capital, no qual era responsável pelos investimentos na América Latina.

Foi quando precisou abrir uma conta em um banco brasileiro que percebeu os absurdos do sistema bancário no país: a burocracia para conseguir marcar um horário na agência, a porta giratória barrando a entrada dos clientes e o péssimo atendimento foram o gatilho para começar a pensar em uma solução. 

Quem é Cristina Junqueira?

Cristina Junqueira é sócia e cofundadora do Nubank. Brasileira, ela possui graduação e mestrado em engenharia pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), além de um MBA pela Northwestern University (Kellogg School of Management).

Depois de anos trabalhando com consultoria estratégica e em bancos tradicionais, ela viu a oportunidade de fazer uma disrupção em larga escala no sistema financeiro junto com David Vélez e Edward Wible.

Cristina Junqueira foi a primeira mulher a aparecer visivelmente grávida na capa de uma revista brasileira de negócios: às vésperas de dar a luz à segunda filha, foi reconhecida na edição 2020 das Mulheres Mais Poderosas do Brasil segundo a revista Forbes. Ela também foi a única brasileira a ser reconhecida na edição 2020 da lista Fortune 40 under 40. 

Quem é Edward Wible?

Edward Wible é cofundador e CTO do Nubank, responsável pelo desenvolvimento e infraestrutura tecnológica do Nu.

Assim como Cristina Junqueira, o americano também começou sua carreira em consultoria no Boston Consulting Group (BCG) e, em seus mais de dez anos no mercado, acumulou experiência em investimentos focados em empresas de tecnologia nos Estados Unidos.

Edward é formado em Ciência da Computação pela Universidade de Princeton, nos Estados Unidos, e possui MBA pelo Insead, na França. No Nubank, ele lidera os times responsáveis por desenvolver tecnologias que simplifiquem a vida dos clientes.

Em 2019, recebeu o Prêmio de Negócios BRAVO, na categoria Empreendedores Visionários do Ano, ao lado dos outros fundadores do Nubank, David Vélez e Cristina Junqueira.

4.21

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post