Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro CDI 2020: acompanhe a ta...

CDI 2020: acompanhe a taxa mês a mês

A taxa CDI varia a cada dia e, portanto, a cada mês, influenciando no acumulado que ela tem no ano. Confira quais foram as variações.

O CDI é um dos principais índices do mercado financeiro. Ele indica, na maioria das vezes, o rendimento de diversos investimentos e varia mês a mês. Quando falamos do CDI 2020, portanto, estamos falando do CDI acumulado ao longo deste ano, somando os resultados que ele apresenta em cada mês.

Por exemplo: o CDI 2019 foi de 5,96%, mas, considerando somente até o mês de agosto, isso é, os primeiros oito meses do ano, ele foi de 4,18%. 

O CDI 2020 ainda é pequeno quando comparado ao do ano passado, afinal, temos, até o momento, somente a taxa fechada do mês de janeiro. De qualquer forma, é importante ficar de olho no quanto ele varia – ele tem impacto direto sobre seu dinheiro.

Além de acompanhar o CDI 2020, é importante entender também o que é 100% do CDI, CDI mensal e as demais variações desse indicador.

CDI 2020

O CDI 2020 é a soma das taxas mensais. Veja na tabela abaixo as variações mês a mês:

Mês/2020CDI Mensal
Janeiro0,37%
Fevereiro0,29%
Março0,33%
Abril0,28%
Maio0,25%
Junho
Julho
Agosto
Setembro
Outubro
Novembro
Dezembro
ACUMULADO DO ANO1,53%

Fonte: Banco Central

O que é CDI e taxa CDI?

CDI

CDI é a sigla para Certificado de Depósito Interbancário – o nome dos empréstimos que os bancos fazem entre si para fechar o caixa do dia no positivo. 

Sim, um empréstimo que um banco pede a outra instituição. Isso acontece devido a uma determinação do Banco Central de que todo banco deve fechar o dia com saldo positivo – em outras palavras, com mais dinheiro entrando do que saindo de seu caixa.

Entretanto, nem sempre isso acontece — o número de saques em um dia pode ter sido maior que o de depósitos, por exemplo. Nesse caso, o banco precisa fazer um empréstimo para cobrir a diferença e deixar o caixa do dia positivo. Por isso, eles pegam dinheiro emprestado dos próprios bancos.

Veja mais sobre o que é CDI aqui.

Taxa CDI

Como todo empréstimo, os bancos também pagam juros – que, neste caso, são definidos pela Taxa CDI. Como esses empréstimos acontecem diariamente, eles são de curtíssimo prazo — pagamento em um dia — e têm taxas prefixadas. 

A taxa CDI, portanto, é uma taxa diária, a média dos juros cobrados por esses empréstimos interbancários. A taxa CDI usada para indicar a rentabilidade de investimentos é determinada a partir da conversão do CDI diário em uma taxa anual, calculada com base nos 252 dias úteis que um ano normalmente tem.

Ou seja: a taxa CDI é calculada diariamente, mas a taxa que é considerada quando se fala de investimentos é a anual.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

4.33

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post