Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Auxílio emergencial can...

Auxílio emergencial cancelado: veja em que situações isso acontece

Quem recebeu o benefício e conseguiu emprego com carteira assinada após a liberação, por exemplo, pode ter o auxílio cancelado.

Ter o auxílio emergencial de R$600 liberado pelo governo não significa que você terá direito e irá receber, de fato, todas as parcelas do benefício. Mas, calma – entenda o porquê.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, beneficiários cadastrados e autorizados a receber o auxílio passam por análise nos sistemas do governo a cada nova parcela.

Se houver, por algum motivo, alteração nas informações cadastradas inicialmente que interfiram nos critérios de aprovação – como emprego com carteira assinada, por exemplo – os pagamentos deixam de ser feitos.

Em setembro, o auxílio emergencial foi prorrogado com um novo valor: até dezembro, serão pagas novas parcelas de R$300. Veja as regras desses novos pagamentos.

Em que situações o auxílio pode ser cancelado?

De acordo com os requisitos estabelecidos pelo governo federal para receber o auxílio de R$600, podem ter o benefício cancelado:

  • Quem foi contratado com carteira assinada após a liberação do auxílio – já que para receber o valor a pessoa não deve possuir vínculo formal de emprego;
  • Cidadãos que recebem o seguro-desemprego, benefícios previdenciários ou repasses assistenciais do governo (com exceção do Bolsa Família);
  • Militares ou requerentes de classe média (que não poderiam ter acesso ao auxílio).

Segundo a regra em vigor hoje, o benefício é pago em três parcelas de R$ 600 (ou R$1.200). O governo anunciou que a duração do benefício deve ser ampliada, mas as parcelas deverão ter valor mais baixo.

A análise dos beneficiários é feita pelo governo federal, em uma parceria com o Ministério da Cidadania e a Dataprev (Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência).

Caso você tenha o auxílio emergencial cancelado, pode recorrer a decisão pelo site e aplicativo da Caixa ou pelo telefone 121.

Leia mais sobre o auxílio emergencial:

Governo divulga calendário de novos lotes do auxílio emergencial

Calendário da terceira parcela do auxílio emergencial: veja as datas

Prazo final para pedir auxílio emergencial é no dia 2 de julho

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

4.26

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post