Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Simulador de aposentador...

Simulador de aposentadoria do INSS: saiba quando você vai se aposentar

Calcular quando você poderá se aposentar pelo INSS é difícil - por isso, é possível fazer a simulação pela internet. Saiba como.

Uma dúvida comum a muitas pessoas, independentemente de suas idades, é quando será possível se aposentar pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) – ou seja, a aposentadoria paga pelo governo federal. Isso porque existe um tempo mínimo de contribuição e uma idade mínima a serem cumpridos e outras regras que influenciam nesta data. A boa notícia é que existe um simulador de aposentadoria do INSS que faz este cálculo.

Através do site Meu INSS, é simples calcular quantos anos faltam para se aposentar – seja pela aposentadoria por idade ou por tempo de contribuição. 

Como funciona o simulador de aposentadoria?

No total, são sete cálculos diferentes feitos pelo simulador, para aqueles que estão no INSS desde antes de novembro de 2019, quando começaram a valer as novas regras da previdência:

  • Aposentadoria por idade;
  • Aposentadoria por contribuição;
  • Aposentadoria por idade (nas regras de transição);
  • Aposentadoria por tempo de contribuição – Pontos;
  • Aposentadoria por tempo de contribuição – Idade;
  • Aposentadoria por tempo de contribuição – Pedágio 50%;
  • Aposentadoria por tempo de contribuição – Pedágio 100%;

Pode parecer confuso, mas fique tranquilo: aqui você entende o que cada um significa e quais as diferenças que têm entre si.

O simulador mostra de maneira simples, considerando cada um desses cálculos, quanto falta para que a pessoa tenha direito a receber a aposentadoria do INSS, considerando seja o tempo de contribuição, idade ou pontos, onde aplicarem.

Abaixo, mostramos como fazer o cálculo para seu perfil usando o simulador de aposentadoria do INSS.

Simulador de aposentadoria do INSS – como usar?

Por enquanto, o simulador funciona somente para quem já estava cadastrado no INSS até as novas regras da aposentadoria começarem a valer, em novembro de 2019.

Simulador do INNS 

  1. No site ou aplicativo Meu INSS, disponível para dispositivos Android e iOS, o primeiro passo é fazer o login usando o seu CPF, aquele cadastrado na base de dados do INSS.
  2. Quem ainda não tiver acessado o portal deverá cadastrar uma senha na opção “Cadastrar Senha” – tudo pelo próprio site, respondendo a algumas perguntas e depois escolhendo sua senha.
  3. Depois de feito o login, na tela inicial do Meu INSS, basta selecionar a opção Simular Aposentadoria.

Rapidamente, a partir das informações que o banco de dados do governo têm sobre você e seus empregos, são apresentados os resultados de cada cálculo – e quanto falta para se aposentar em cada um deles.

Por exemplo, uma mulher de 25 anos que contribui para o INSS há exatos cinco anos, os resultados serão esses:

Como é possível ver, ela ainda não tem direito à aposentadoria e, para aposentar-se pela modalidade por idade, seguindo as regras antigas, faltam “34 anos, 9 meses e 26 dias”. Para as demais modalidades, o tempo restante é diferente.

Clicando em cada uma das categorias, o site mostra mais detalhes sobre como elas funcionam e as regras que se aplicam a cada uma. Por exemplo, no caso da aposentadoria por idade seguindo as regras anteriores:

Além disso, é possível mudar, na barra que traz as informações do contribuinte, as informações utilizadas no cálculo do simulador de aposentadoria – e calcular a de outras pessoas, por exemplo. 

Por enquanto, o simulador de aposentadoria ainda não é válido para quem se filiou ao INSS depois de 13 de novembro de 2019, quando começaram a valer as novas regras da previdência. 

Como saber quanto vou receber de aposentadoria? 

Em breve, ainda sem uma data definida, o simulador também vai apontar quanto o contribuinte deve receber de aposentadoria com base nas informações disponibilizadas – por enquanto,essa informação ainda não é fornecida.

Aqui, entretanto, você aprende a calcular o quanto deve receber de aposentadoria no futuro. 

Tempo de contribuição

No dia 1 de julho de 2020, o governo federal publicou um decreto que muda a forma como é computado o tempo de contribuição para aposentadorias no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Como era antes

Antes da Reforma da Previdência eram considerados todos os dias trabalhados. Por exemplo, se o segurado atuou em uma empresa do dia 5 de maio ao dia 3 de junho, trabalhou 30 dias. Ou seja, um mês de contribuição.

Como fica agora

De acordo com a nova lei, agora passam a serem considerados os meses completos, independentemente a quantidade de dias trabalhados, de fato. No caso acima, o tempo de contribuição seria de dois meses – maio e junho.

Para que essa nova contagem seja válida, a remuneração do trabalhador precisa igual ou superior ao salário mínimo (R$1.045, em 2020).

Veja mais informações em: Aposentadoria: veja o que muda na contagem do tempo de contribuição

Leia também: 

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

3.17

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post