Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Auxílio Emergencial Qual é o valor do auxí...

Qual é o valor do auxílio emergencial 2021?

O novo auxílio terá quatro parcelas, mas o valor varia de acordo com a formação familiar de cada pessoa. Veja quem recebe quanto.

Em 18 de março de 2021, uma Medida Provisória (MP) determinou as regras do novo auxílio emergencial, que será pago ao longo de 2021 para pessoas que tiveram a renda comprometida devido à pandemia do Covid-19.

O auxílio emergencial 2021 terá quatro parcelas, com valores que variam de R$ 150 a R$ 375. Esses valores dependem de como é formada a família de cada beneficiário.

“Quanto vou receber do auxílio emergencial 2021?”

As parcelas podem ser de R$150, R$ 250 e R$ 375, de acordo com os seguintes critérios:

  • Famílias de uma única pessoa (ou seja, pessoas que moram sozinhas) receberão quatro parcelas de R$ 150;
  • Famílias com mais de uma pessoa e que não são chefiadas por mulheres receberão quatro parcelas de R$ 250;
  • Famílias com mais de uma pessoa chefiadas por mulheres receberão quatro parcelas de R$ 375.

Importante: em 2021, o benefício será limitado a uma única pessoa por família. Ou seja, mesmo que duas pessoas que vivem juntas se encaixem nos critérios do auxílio, somente uma poderá recebê-lo.

Qual é a prioridade para receber o auxílio na mesma família?

A ordem de prioridade caso haja mais de uma pessoa elegível na mesma família é:

  • Mulher provedora de família monoparental;
  • Data de nascimento mais antiga, e, para fins de desempate, do sexo feminino;
  • Ordem alfabética do primeiro nome, se necessário, para fins de desempate.

Quem pode receber o auxílio emergencial 2021?

O auxílio emergencial 2021 só será pago a pessoas que já estavam cadastradas para recebê-lo em 2020 – não é possível fazer um novo cadastro. Mas mesmo dentro deste grupo, não são todos os beneficiários do ano passado que poderão receber as quatro novas parcelas.

Não podem receber o auxílio emergencial em 2021 as pessoas que se encaixarem nesses critérios:

  • Ter algum vínculo empregatício (como carteira assinada);
  • Receber outros benefícios: previdenciário, assistencial, trabalhista ou de programa de transferência de renda federal (as exceções são abono-salarial e Bolsa Família);
  • Ter renda familiar por pessoa (per capita) acima de meio salário-mínimo;
  • Ser membro de uma família com renda mensal total acima de três salários mínimos;
  • Ter recebido, em 2019, rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 (por exemplo, se a soma do seu salário em 2019 foi acima desse valor. Veja aqui o que são rendimentos tributáveis);
  • Quem tinha, até 31 de dezembro de 2019, a posse ou a propriedade de bens ou direitos (como imóveis ou terra) no valor total acima de R$ 300.000,00;
  • Ter recebido, em 2019, rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, com soma maior que R$ 40.000,00;
  • Ter sido incluído, no ano de 2019, como dependente de alguém que declarou o IR nas condições acima;
  • Ser estagiário, residente médico ou residente multiprofissional recebendo bolsa de estudo da Capes, CNPq ou de outras bolsas de estudo concedidas por órgão público municipal, estadual, distrital ou federal;
  • Estar preso em regime fechado ou com CPF vinculado ao auxílio-reclusão;
  • Ser menor de 18 anos (com exceção de mães adolescentes);
  • Ser residente no exterior;
  • Ter indicativo de óbito ou CPF ligado a pensão por morte de qualquer natureza;
  • Ter tido o auxílio emergencial e auxílio emergencial residual cancelados;
  • Não ter movimentou os valores depositados anteriormente na conta poupança social da caixa.

Ou seja: se alguma dessas situações se aplicar, a pessoa não pode receber o auxílio em 2021.

Veja o calendário completo de pagamentos do auxílio emergencial 2021

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post