Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Paguei o boleto errado, ...

Paguei o boleto errado, e agora?

Pagou o boleto errado? Sofreu um golpe com boleto? Veja o que fazer.



Os boletos são uma forma de pagamento usada por 75%, segundo a Febraban (Federação Brasileira de Bancos). Todos os anos, cerca de 3,6 bilhões de boletos bancários são gerados – e, com um volume tão grande, pode acontecer casos de pagamento do boleto errado ou até de boletos fraudulentos. Mas o que fazer nesses casos?

“Paguei o boleto errado. O que fazer?”

Embora seja raro, pode acontecer de uma pessoa pagar o boleto errado sem querer. Existem três possibilidades neste caso:

  • Se o  pagamento já tiver sido concluído;
  • Se o pagamento ainda estiver em análise;
  • Se o pagamento estiver agendado;

Em todas, o ideal é entrar em contato com a instituição financeira que emitiu o boleto e também com o banco em que você fez o pagamento.

No caso de o pagamento ainda estar  em análise, as chances de cancelamento são mais altas; por isso a importância de entrar em contato tanto com o emissor do boleto quanto com seu banco ou instituição.

Se o pagamento estiver agendado, geralmente é possível cancelar direto pelo seu aplicativo de internet banking, mas caso tenha algum problema em solicitar o cancelamento, o ideal é entrar em contato com seu banco para verificar as regras de cancelamento dessa transação.

“Paguei o boleto duas vezes”

Quando ocorre pagamento de um boleto em duplicidade – ou seja, o pagamento de um mesmo boleto é feito duas vezes – o próprio beneficiário pode reconhecer o erro e o estorno é feito para a conta em que você fez o pagamento. Caso a devolução automática não ocorra e o pagamento tenha sido efetivado com sucesso, é necessário entrar em contato com o beneficiário e solicitar a devolução desse valor duplicado.

“Paguei um boleto fraudulento. O que fazer?”

Em 2017, a Febraban começou a implantar a Nova Plataforma de Cobrança com o objetivo de minimizar as fraudes de boleto – todo o boleto emitido deve ser registrado nesta plataforma. Entretanto, as fraudes ainda podem acontecer.

Hoje, os boletos fraudulentos são, basicamente, boletos que têm seus dados alterados (seja o código de barras ou o código do beneficiário) e, ao invés de o pagamento ser feito para o lojista, acaba sendo para o criminoso que está aplicando o golpe. 

Por não receber o pagamento, a loja que vendeu o produto acaba não entregando o produto, e o consumidor não consegue realizar o estorno de seu pagamento.

O que fazer em caso de boleto fraudulento

1. Entrar em contato com a instituição financeira em que fez o pagamento, 

2. Fazer um registro policial informando o golpe financeiro 

3. Fazer uma reclamação no Procon de seu estado. O consumidor tem o direito de receber estorno do pagamento. 

Como evitar pagar o boleto errado ou fraudulento

Uma dica simples pode evitar o pagamento de um boleto alterado ou do boleto errado – e não é  impossível de ser praticada: analisar as informações.

Os números do código do boleto bancário dizem mais do que pode parecer à primeira vista:

  • os cinco primeiros dígitos correspondem ao banco que emitiu o boleto, e os últimos, corresponder ao seu valor.
  • Por exemplo: um boleto bancário cujo código termina com 20000 tem como valor R$ 200,00. 

Confirme estas duas informações – principalmente, se o valor do código de barras é o mesmo da compra que realizou e se ele está refletido no campo de preço do boleto. 

No caso de um boleto fraudulento, o valor informado no código de barras normalmente é diferente do discriminado nos demais campos do boleto.

Fique atento também às suas informações e às da empresa em que você comprou: CNPJ e razão social da loja e suas informações, como nome e CPF.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

3.44

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post