Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Dinheiro no mundo Onde fica a reserva de o...

Onde fica a reserva de ouro do Brasil?

Em 2021, o país chegou a 129,7 toneladas do metal compondo suas reservas internacionais. Mas… isso fica guardado em algum lugar?



Quem aproveitou o primeiro final de semana de dezembro para maratonar a última parte daquela famosa série do macacão vermelho aprendeu muito sobre a reserva de ouro da Espanha (que, na trama, totaliza 90 toneladas). O que fez muita gente se perguntar: afinal, onde fica a reserva de ouro do Brasil?

Antes de continuar, aqui vai um dado curioso: na realidade, a Espanha terminou o terceiro trimestre de 2021 com uma reserva de ouro de cerca de 281 toneladas – número bem maior do que as 90 toneladas mostradas na série.

Afinal, onde fica a reserva de ouro do Brasil?

Um documento de 2002 do Banco Central afirmava que uma parte das reservas internacionais do Brasil estava guardada nos cofres do Banco Central na forma de barras de ouro (também chamados de lingotes de ouro), protegidas por modernos sistemas de segurança.

Mas o que são reservas internacionais? 

Basicamente, as reservas internacionais de um país funcionam como um “seguro” contra crises econômicas e cambiais. Mas elas não são formadas apenas por ouro.

O Brasil, por exemplo, tinha 93,4% de sua reserva no fim de 2020 composta por títulos conversíveis em dólares e dólares depositados em bancos centrais de outros países, no Fundo Monetário Internacional (FMI) e no Banco de Compensações Internacionais (BIS).

Na época, apenas 1,2% da reserva internacional brasileira era formada por ouro – deixando o país na 42ª posição das maiores reservas do metal, segundo o World Gold Council.

Em 2021, entretanto, o percentual da reserva composto por ouro aumentou um pouco, para 2,1%. Em maio, o Banco Central do Brasil comprou 11,9 toneladas de ouro. Depois, em junho, foram mais 41,8 toneladas. No mês seguinte foram mais 8,5 toneladas, somando 62,3 toneladas compradas neste ano (após quase nove anos sem mexer nas reservas de ouro do país).

Com isso, a reserva de ouro do Brasil chegou a 129,7 toneladas – em agosto, isso era o equivalente a US$ 7,596 bilhões (de dólares) –, e o país passou a ocupar a posição 28 dos países com maiores reservas.

Parece muito se comparado às 90 toneladas da série, né? Mas, em relação aos países com maiores reservas de ouro do mundo, é bem pouco. 

Quais países têm as maiores reservas de ouro do mundo?

De acordo com o World Gold Council, os dez países com maiores reservas de ouro em 2020 eram:

  1. Estados Unidos: 8.133 toneladas
  2. Alemanha: 3.362 toneladas
  3. Itália: 2.451 toneladas
  4. França: 2.436 toneladas
  5. Rússia: 2.298 toneladas
  6. China: 1.948 toneladas
  7. Suíça: 1.040 toneladas
  8. Japão: 765 toneladas 
  9. Índia: 676 toneladas

Já imaginou quanto tempo levaria para transformar tudo isso em pequenas bolinhas de ouro?

Leia também:

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

3.67

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post