Pular navegação

Como saber se um ingresso é falso?

Perdeu a venda oficial? Antes de comprar o ingresso de outra pessoa, conheça os cuidados que você precisa tomar para não cair em golpes.

Foi só a pandemia acabar para que shows, espetáculos e festivais ao redor do mundo voltassem com tudo. Sempre que um novo evento é anunciado, milhares de pessoas se organizam em torno da bilheteria oficial ou pela internet para garantir um ingresso antes que ele acabe. Mas, com a alta demanda, nem todo mundo consegue – e é aí que mora o problema.

Sabendo da urgência dos fãs em conseguir uma entrada, criminosos aproveitam a situação para aplicar golpes financeiros, prometendo ingressos que não existem em troca de valores exorbitantes. 

Descubra, a seguir, como saber se um ingresso é falso e como se proteger desse tipo de golpe.

Como funciona o golpe do ingresso falso?

O golpe do ingresso falso acontece quando uma pessoa tenta comprar entradas para um evento fora de uma bilheteria ou site oficial. Geralmente, os fãs buscam por alternativas em grupos nas redes sociais ou em sites de revenda online. 

Nessas plataformas, é fácil encontrar alguém que tem um ingresso sobrando, mas nem sempre a pessoa é mesmo quem ela diz ser. Durante a negociação, os criminosos se misturam entre os fãs e inventam motivos para se desfazer do suposto ingresso, além de oferecê-los por um preço bem mais alto do que o oficial e exigir o pagamento via Pix.

Para conquistar a vítima e deixar tudo com uma cara legítima, os golpistas enviam imagens de ingressos falsos que se assemelham muito aos originais. Depois do pagamento, as vítimas são bloqueadas na hora, mas também pode acontecer de ela só descobrir que caiu em um golpe só na hora que for barrada, na entrada do evento. 

Há ainda os casos em que os ingressos são mesmo verdadeiros, mas foram vendidos para mais de uma pessoa. O problema é que, após a primeira leitura na porta do evento, as demais não serão computadas.

Como saber se um ingresso é falso?

Preste atenção nos detalhes

Antes de fechar negócio, preste atenção nos detalhes do ingresso, como tipografia, cores, simetria das linhas e outros elementos gráficos que compõem o ticket. Alguns possuem até marca d'água e selo holográfico, que ajudam a identificar o ingresso verdadeiro. Note também se há informações duplicadas ou até mesmo a ausência de algum elemento. Caso você encontre algum borrão ou receba uma cópia do ingresso em baixa qualidade, desconfie.

Confirme as informações da empresa que emite o ingresso

É importante ter em mente o nome da empresa responsável pelas vendas de ingressos oficiais mesmo quando você pretende comprá-lo de terceiros. Assim, se alguém te oferecer um ingresso com informações de um fornecedor que não tem nada a ver com o evento, fica mais fácil saber que ele é falso. 

https://www.youtube.com/watch?v=4vw2VLMLn_g

Não confie em qualquer preço

Neste caso, os extremos costumam ser indicativos de golpe. Tanto ingressos muito baratos quanto ingressos extremamente caros podem ser sinais de que há algo errado. Antes de fechar negócio, pesquise bem.

Como se proteger do golpe do ingresso falso?

Compre em uma bilheteria oficial

O jeito mais seguro de comprar ingressos é por meio de uma bilheteria oficial, seja ela online ou física. Uma estratégia para garantir os ingressos de shows mais concorridos é a antecedência: marque o horário de início das vendas oficiais e separe tudo que você vai precisar para comprar os ingressos antes desse momento. 

Nos casos onde é possível comprar mais de um ingresso por CPF, você também pode pedir a um amigo para garantir suas entradas por você e vice-versa.

Compre de pessoas confiáveis

Antes de buscar em grupos e redes sociais, verifique se alguém que você conhece e confia tem um ingresso sobrando. Você pode consultar seus amigos, familiares e até colegas de trabalho.

Desconfie do Pix do remetente

Não teve jeito: você perdeu a venda oficial e só encontrou ingressos por meios alternativos. Neste caso, vale a pena prestar atenção no nome atrelado à chave Pix informada pelo vendedor. Se for um contato diferente do que está conversando com você, isso pode ser um sinal de que há algo de errado. 

Preste atenção em páginas de vendas falsas

Também é comum que hackers criem páginas de venda de ingressos muito semelhantes às bilheterias oficiais para roubar números de cartão de crédito e outros dados da vítima. Antes de fechar o carrinho, confira a URL do site e busque por alterações, como uma letra ou símbolo aleatório ou um domínio diferente do oficial.  

Leia também: Como saber se um site é falso?

Peça a transferência do ingresso por um meio oficial

Muitas empresas disponibilizam os ingressos online em plataformas específicas, onde é possível fazer a transferência do ingresso para outro titular de um jeito seguro, usando o e-mail ou algum app. Essa operação substitui o envio do ingresso via PDF e garante que só você irá receber aquele ticket. 

Leia mais:

Comprovante de Pix falso: como identificar esse golpe

Efeito Beyoncé: como a cantora norte-americana pode afetar a inflação de um país?

Golpes no Instagram: conheça os mais comuns e aprenda a se proteger

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.