Complete abaixo para pedir sua NuConta e seu cartão de crédito

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Extrato FGTS: como consu...

Extrato FGTS: como consultar o seu?

Novas mudanças no saque do benefício foram anunciadas no mês de julho. Saiba como consultar o saldo de cada conta que possui no Fundo.

Todo trabalhador registrado no regime CLT, trabalhadores rurais, temporários e domésticos têm direito ao FGTS, o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Cada pessoa pode ter diferentes tipos de contas – as inativas, de empregos anteriores, e as ativas, dos empregos atuais. Mas como consultar o extrato FGTS?

O extrato FGTS é, basicamente, o documento que apresenta o saldo que o trabalhador tem disponível em cada uma de suas contas do Fundo, ativas e inativas. 

Vale lembrar que, em Julho de 2019, foram anunciadas medidas que permitem aos trabalhadores sacar até R$ 500 de cada conta do FGTS, além da nova opção do saque anual – por isso, é importante verificar o extrato FGTS saber qual o saldo disponível em suas contas.

Existem algumas maneiras de consultar o extrato FGTS – e o saldo de cada uma de suas contas:

Formas de consultar o extrato FGTS

Pelo computador, via SMS, app ou pessoalmente: existem muitas formas de checar seu estrato FGTS

Pessoalmente

Para isso, basta ir nas agências da Caixa Econômica Federal.

No site da Caixa Econômica

Basta acessar o portal informando seu PIS/Pasep e cadastrando uma senha – ou, usando a Senha Cidadão;

Via SMS

Receber o extrato FGTs via mensagem de telefone é possível para quem se cadastrou no site da Caixa (acima) e informou o número de telefone.

Via e-mail

Esse passo também é possível após cadastro no site da Caixa Econômica Federal. Por e-mail, também é possível receber informações sobre o depósito mensal na conta do FGTS;

Via aplicativo

Baixe o app FGTS Trabalhador na sua loja de aplicativo para smartphone. Ele é gratuito e exige o PIS/Pasep e senha para acessar o extrato FGTS.

Como ler e entender o extrato FGTS

Calma: não é complicado entender o extrato FGTS.

Não é difícil entender o extrato FGTS de cada conta. Ele lista todos os depósitos feitos no período em que você trabalhou em determinada empregadora – mês a mês – e os Juros e Atualização Monetária acrescentados ao saldo, que aparecem no extrato como JAM

Na prática, os créditos JAM são a soma da correção do saldo na conta pela inflação e o rendimento do Fundo – de 3% ao ano, igual à Taxa Referencial. Eles também são depositados mensalmente e por tempo indeterminado, até você usar o saldo de sua conta – seja ela ativa ou inativa. 

Ou seja: todo o mês, sua empregadora deposita em sua conta do FGTS. Portanto, o extrato vai mostrar quais foram esses depósitos feitos e que, somados aos JAM, totalizarão o seu saldo disponível. 

Por exemplo: se você trabalhou por seis meses em determinada empresa, terá recebido seis depósitos – um de cada mês.

Vale lembrar: o valor depositado do FGTS corresponde a 8% de seu salário bruto; portanto, se seu salário bruto é de R$ 2 mil, seu depósito mensal do FGTS será de R$ 160. O mesmo vale para seu emprego atual. O número de depósitos será correspondente ao número de meses já trabalhados.  

Logo acima do primeiro extrato FGTS que aparecer, você verá o número de contas existentes e o saldo de cada uma. Para saber qual conta corresponde a cada emprego que teve, basta observar a data de admissão e a empresa correspondente, detalhados no cabeçalho do extrato.

Independentemente de onde acessar o seu extrato FGTS, a estrutura e as informações apresentadas serão as mesmas. 

É importante lembrar que:

  • A conta ativa do FGTS é aquela referente ao seu emprego atual, em que, mensalmente, a empresa empregadora faz um depósito – portanto, que tem movimentação.
  • Por outro lado, as contas inativas do FGTS são de seus empregos anteriores, que tiveram o contrato rescindido – e se chamam inativas exatamente por não receberem mais depósitos.
O extrato FGTS mostra o dinheiro que você pode acessar em caso de demissão sem justa causa, por exemplo.

Quando é possível sacar o FGTS?

Veja quais são as situações nas quais o trabalhador pode usar o saldo de seu FGTS:

  • Demissão sem justa causa;
  • Aposentadoria;
  • Compra de casa própria (existe um limite máximo de valor do imóvel);
  • Fechamento da empresa empregadora;
  • Término do contrato de trabalho temporário;
  • Rescisão de contrato por comum acordo entre empregador e trabalhador – nesse caso, é possível sacar somente 80% do saldo da conta vinculada;
  • Falta de atividade remunerada para trabalhador avulso por 90 dias ou mais;
  • Ter idade igual ou superior a 70 anos;
  • Doenças graves (como Aids ou câncer) do trabalhador, esposa(o) ou filho, ou em caso de estágio terminal de qualquer doença.

Isso, claro, além das novas medidas anunciadas sobre o saque do benefício. Vale somente ressaltar que o saque de R$ 500 será liberado a partir de setembro de 2019, seguindo um cronograma específico – que você confere aqui

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.