Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro O que é o Mercado Futur...

O que é o Mercado Futuro? Como ele funciona?

Investir em ativos como commodities, moedas, juros e índices da bolsa em uma data futura - essa é a premissa desse mercado. Entenda.

Quando falamos de investimentos, uma característica importante é o tempo – o prazo daquele investimento, a data de vencimento do contrato, sua liquidação, etc. Nesse sentido, quando falamos de investimentos no mercado futuro, o que isso significa? O que é o mercado futuro? Como ele funciona?

O que é Mercado futuro?

Antes de tudo, é importante dizer que o Mercado Futuro é um tipo de derivativo – contratos que dependem de outros ativos e são influenciados por sua variação. 

Isso dito: o Mercado Futuro é um ambiente de negociações como a Bolsa de Valores onde são comprados e vendidos ativos os mais diversos ativos: commodities, moedas, juros e Índices da Bolsa, por exemplo. A diferença é que esses ativos são de contratos futuros.

Contratos futuros

Os contratos futuros, por sua vez, como o próprio nome sugere, são aqueles em que o investidor, ao entrar na negociação, se compromete a comprar ou vender certo ativo em uma data futura com um preço pré-determinado. 

Ou seja: os contratos futuros estão vinculados aos ativos que são negociados na bolsa de valores – como o dólar, que no mercado futuro é negociado como dólar futuro.

Esse ativo pode valorizar ou desvalorizar, mas o preço determinado se mantém – no momento de vencimento do contrato, portanto, os investidores podem tanto ganhar dinheiro com a valorização ou arcar com a desvalorização; é assim que os investidores lucram ou perdem dinheiro.

Como funciona o mercado futuro?

Entender como funciona o mercado futuro fica mais fácil com exemplos de negociações.

Supondo que um investidor compre contratos futuros de dólar, cada um com valor de US$ 20 mil. Se até o final de seu contrato, o cotação do dólar sofrer uma valorização de R$ 0,01, os contratos futuros adquiridos por esse investidor pagarão a diferença R$ 0,01 para cada dólar especificado em contrato. Ou seja: o investidor estará lucrando sobre isso.

É importante dizer que o mercado futuro conta com o que se chama de ajuste diário. Basicamente, isso significa que os ativos futuros do investidor vão sofrer, todos os dias, ajustes em seu valor – desde o dia em que o contrato foi comprado até o seu vencimento. Esses ajustes seguem, em boa parte, o desempenho dos ativos no mercado à vista, aquele já conhecido.

Alavancagem

No mercado futuro, é possível também trabalhar com o que se chama de alavancagem: basicamente, movimentar valores maiores do que aqueles que têm em conta. Um investidor que possui R$ 10 mil para operar no mercado futuro pode operar com R$ 20 mil, por exemplo. 

A única condição para isso é ter o que se chama de margem de garantia, um valor equivalente a 13% do total investido. A ideia é que esse valor possa cobrir eventuais prejuízos do investimento. Invesimentos em renda fixa podem ser usados como essa garantia.

Vantagens do mercado futuro

Duas das principais características do mercado futuro, para quem investe nele, são também as suas principais vantagens – alavancagem e liquidez. Mas, claro, existem outras:

Diversificação

São muitos os ativos negociados no mercado futuro. Por isso, ele possibilita que o investidor tenha uma carteira diversificada, minimizando seus riscos e aumentando as chances de lucro.

Alavancagem

A possibilidade de movimentar mais dinheiro do que se tem em conta, o chamado operar alavancado, é uma das vantagens do mercado futuro.

Liquidez

O investidor tem a possivbilidade de encerrar sua posição no contrato futuro – em outras palavras, solicitar o resgate do dinheiro investido – a qualquer momento, mesmo antes do vencimento do contrato. 

Desvantagens do mercado futuro

Como em qualquer outro investimento, o mercado futuro possui as suas desvantagens. As principais são:

Alta movimentação financeira

Devido aos ajustes diários que são realizados no valor de cada ativo, o mercado futuro exige alta movimentação financeira do lado do investidor. Além disso, os investimentos mínimos no mercado futuro são de valor alto.

Risco

Apesar de não ser propriamente uma desvantagem, o mercado futuro não é recomendado para investidores com pouca experiência em negociação de ativos variávies ou na bolsa de vaalores, por exemplo. Isso porque o risco desse mercado é muito mais alto. 

Garantias

A necessidade de operar com depósito de garantias pode ser vista por alguns investidores como uma desvantagem.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

5

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post