Complete abaixo para pedir sua NuConta e seu cartão de crédito

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Negócio Freelancer: entenda como...

Freelancer: entenda como atua esse tipo de profissional

"Não posso, tenho que terminar um freela", disse todo freelancer pelo menos uma vez na vida. Tire suas dúvidas sobre o termo que define os profissionais trabalhando por conta própria.

Seja por falta de oportunidade no mercado de trabalho, por precisar de um dinheiro extra para ajudar nas despesas do mês ou mesmo por optar por um modelo de trabalho mais independente, muita gente atua hoje como freelancer – ou freela, como é popularmente conhecido. Mas… você sabe o que é freelancer? Ou só ouve falar?

Se só ouviu falar, tudo bem. A gente explica como é e o que fazem esses profissionais, que trabalham por conta própria.

O que é freelancer?

O termo em inglês – também usado na versão abreviada freela – ganhou força nos últimos tempos. Freelancer é aquele profissional que realiza um tipo de trabalho sem ter, necessariamente, vínculo formal com alguma empresa.

De acordo com dados do Portal do Empreendedor, em 2018 o, número de microempreendedores individuais (MEIs) cresceu mais de 50%. Com isso, cresceu também a atuação em projetos independentes também cresceu.

Segundo uma pesquisa realizada pela Workana, plataforma de trabalho freelance que atua em toda a América Latina, a modalidade cresceu 80% em 2018. Dos mais de um milhão de profissionais cadastrados, 50% são do Brasil.

Freelancer faz o quê?

Existem vários tipos de profissionais, de diversas áreas, que optam por esse modelo de trabalho. Uma das maiores plataformas de busca do mundo é o freelancer.com, que tem mais de 200 mil usuários brasileiros. 

Em pesquisa divulgada por eles no segundo trimestre de 2018, as atividades relacionadas ao mercado de tecnologia se destacam, especialmente as de programadores de linguagens específicas. Essas são as 10 áreas com mais demanda:

1. ASP – 54.8%

2. React.js (biblioteca JavaScript) – 25.4%

3. XML – 23.8%

4. Análise estatística – 23.3%

5. Escrita acadêmica – 23.1%

6. Adobe InDesign – 21.4%

7. Engenharia Mecânica – 18.3%

8. Estatística – 18%

9. Laravel – 17.4%

10. Algoritmo – 15.1%

Como contratar um freelancer?

Com a Consolidação das Leis Trabalhistas, foi regulamentada a atividade de quem tem contrato de trabalho intermitente ou seja, do freelancer.

Quem busca contratar um freelancer deve ficar atento a alguns pontos:

  • O profissional deve ter sua Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS);
  • O acordo/contrato deve ser um documento por escrito, e não apenas uma conversa informal. Dessa forma, ambos os lados evitam falha na comunicação e problemas futuros;
  • Nesse contrato, é essencial deixar claro o valor que o profissional irá receber pelo serviço prestado e como ele será contatado (telefone, e-mail etc);
  • Quem contrata deve fazê-lo com, pelo menos, 3 dias de antecedência, para que aquele que vai prestar o serviço verifique a sua disponibilidade e possa se programar.

Como um freelancer recebe o pagamento? 

O pagamento só é feito após o serviço realizado. E deve considerar os seguintes pontos:

  • A quantia deve ser paga por um recibo com o valor da remuneração;
  • Devem ser incluídos na remuneração os valores de férias proporcionais, 13o salário e repouso semanal remunerado.

Freelancer é PJ?

Não necessariamente. Há contratos de pessoa física para profissionais autônomos, mas a maior parte das empresas prefere contratar freelancers com CNPJ (saiba tudo sobre isso e como fazer o registro aqui).

O Nubank tem uma Conta PJ feita para quem não aguenta mais burocracia. Veja aqui como ela funciona.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

Digite seu nome

Quero receber a newsletter