Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Dicionário Financeiro O que é dívida pública? ...

O que é dívida pública? Qual seu papel na economia?

O termo aparece no noticiário econômico, mas nem todo mundo entende como funciona, quais suas regras e para que ela serve.



A dívida pública brasileira é um daqueles assuntos complexos que vire e mexe ganham o noticiário, mas poucas pessoas realmente entendem o que é e qual seu papel na economia do país. 

Em setembro de 2020, por exemplo, a Dívida Pública Federal subiu 2,59%, passando de R$ 4,412 trilhões para R$ 4,527 trilhões.

Mas o que é dívida pública? Por que ela existe? De onde vem esse dinheiro? Entenda essas e outras questões abaixo.

O que é dívida pública?

Basicamente, dívida pública é a dívida que o governo brasileiro contrai para financiar as despesas que não consegue pagar com a arrecadação de tributos nem com outras fontes de receita. 

Como assim?

Todos os anos, o Governo Federal faz um orçamento para o ano seguinte, por meio da Lei Orçamentária Anual (LOA), no qual estima as receitas que devem entrar nos cofres públicos – por meio do recolhimento de tributos e de outras fontes – e as despesas destinadas para cada setor – como saúde, educação e segurança.

Mas, caso o governo não consiga arrecadar verba suficiente para custear todas as despesas previstas e acabe gastando mais do que recebeu – gerando déficit orçamentário –, ele precisa captar recursos para financiar esses gastos extras – resultando na dívida pública.

Em outras palavras, dívida pública nada mais é que a dívida contraída pelo próprio governo federal para custear o déficit no orçamento.

Mas não seria mais fácil o governo não gastar mais do que recebe?

Segundo o Tesouro Nacional, responsável pela dívida pública, para evitar o endividamento o governo teria de: 

  1. Reduzir os gastos públicos, cortando investimentos ou gastos com serviços básicos, como saúde, educação e segurança;
  2. Cobrar mais impostos.

Como essas alternativas poderiam impactar a sociedade, a dívida pública surge como uma outra forma de manter as contas em dia.

Como o governo capta os recursos da dívida pública?

Basicamente, a captação de recursos pelo governo acontece por meio da emissão de títulos públicos ou pela assinatura de contratos

Títulos públicos

De acordo com o Tesouro Nacional, a forma mais comum do governo financiar sua dívida é por meio da emissão de títulos públicos: instrumentos financeiros de renda fixa vendidos a instituições e pessoas físicas, que recebem em troca o valor do título acrescido de juros. 

De forma geral, a emissão desses títulos é feita por meio de um leilão em que várias instituições participam, como bancos, fundos de investimento, seguradoras e planos de previdência privados. 

Pessoas físicas também podem comprar títulos públicos por meio do Tesouro Direto. Veja como isso funciona.

A dívida pública que o governo contrai por meio da emissão de títulos públicos é chamada de dívida mobiliária

Contratos

Outra forma do governo captar recursos é por meio de contratos firmados com organizações multilaterais, como o Banco Mundial e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID); com agências governamentais, como o Japan Bank For International Cooperation e o KfW; e com bancos privados.

Neste caso, a dívida é chamada de contratual.

Dívida Pública Federal Interna e Externa

Além disso, a dívida pública federal pode ser classificada como interna ou externa dependendo da moeda usada nas transações.

Quando os pagamentos e recebimentos são realizados em real, a dívida é chamada de interna. Por outro lado, quando essas transações acontecem em moeda estrangeira – geralmente o dólar americano –, a dívida é classificada como externa. 

Atualmente, mais de 92% da dívida pública é interna. 

Qual o custo da dívida pública federal?

Quando o governo capta recursos para cobrir o déficit do orçamento, ele se compromete a pagar esses valores acrescidos de juros aos seus credores – instituições e pessoas físicas que  compram títulos públicos. Esses juros são o custo da dívida pública

O custo é alto quando:

  • O país tem uma dívida muito grande, o que se traduz em uma grande quantidade de juros a serem pagos; ou 
  • Quando as taxas de juros são muito altas. 

E como o governo paga a dívida pública?

De acordo com o Tesouro Nacional, a maior parte da dívida pública que vence é paga com uma nova dívida – processo chamado de refinanciamento ou rolagem da dívida.

Em outras palavras, o governo vende títulos públicos e usa o dinheiro para pagar os títulos que estão vencendo, trocando uma dívida velha por uma nova. 

De forma geral, é o orçamento anual do governo que define de onde vão sair os recursos para pagar a dívida pública – se por meio de refinanciamento ou por meio de outras fontes, como juros recebidos de empréstimos concedidos pelo governo e arrecadação de tributos.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4.12

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post