Pular navegação

Celular Seguro: conheça o app do Governo Federal para bloquear aparelhos em caso de roubo ou furto

O app foi lançado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, e promete barrar o acesso de criminosos ao conteúdo dos celulares roubados.

Quem tem o celular roubado ou furtado costuma enfrentar muitos transtornos. Para diminuir as complicações para quem enfrenta essa situação, o Governo Federal lançou o “Celular Seguro”, um aplicativo que bloqueia os aparelhos depois de roubos ou furtos. 

De acordo com o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), as vítimas poderão impedir em poucos cliques que os criminosos tenham acesso à linha telefônica e aplicativos bancários. 

Para ter acesso à ferramenta, basta se cadastrar pelo site oficial ou baixar o app em um smartphone. O registro do usuário é feito com o mesmo cadastro utilizado para a conta gov.br.

Abaixo, saiba mais sobre o app Celular Seguro do Governo Federal e como utilizar.  

O que é o Celular Seguro?

O Celular Seguro é um serviço criado pelo MJSP em parceria com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para bloqueio de celulares roubados ou furtados. 

Com o sistema,as vítimas podem impedir que os criminosos acessem o conteúdo dos aparelhos, usem a linha telefônica ou entrem em aplicativos bancários, por exemplo. 

Quem pode usar o app Celular Seguro?

Todos os cidadãos que tiverem uma conta gov.br cadastrada em seu nome. Essa é uma identificação digital utilizada para acessar serviços do governo e da Receita Federal, como Conecte SUS, ENEM, Fies, Carteira de Trabalho Digital, Imposto de Renda, eSocial, Desenrola, entre outros.

Com login e senha, os usuários podem entrar no sistema e cadastrar seus celulares. O Celular Seguro está disponível tanto na internet, pelo site do serviço, quanto pelo aplicativo para Android e iOS.  

Vale lembrar que o serviço é totalmente gratuito e o cadastro no aplicativo é voluntário, feito somente pelo site oficial ou app do Celular Seguro. Ou seja, o sistema não enviará nenhum alerta pedindo para você se inscrever. Caso receba uma mensagem desse tipo, tome cuidado porque pode ser um golpe. 

Clique aqui e saiba como criar uma conta gov.br.

Como cadastrar um telefone no Celular Seguro?

Na página inicial do Celular Seguro, você vai encontrar três ícones para ações no sistema: pessoas de confiança, registrar telefone e registrar ocorrência.

Na primeira opção, o usuário consegue cadastrar as pessoas que, em caso de perda, roubo ou furto do celular, poderão criar ocorrências em nome daquele usuário.

Segundo informações do MJSP, o cadastro de “pessoas de confiança” é opcional. Quem for registrado como contato de emergência não terá acesso aos dados do celular, mas poderá comunicar o crime no site ou aplicativo Celular Seguro para fazer o bloqueio do aparelho e de aplicativos. Para usar este serviço, é preciso ter uma conta de nível Bronze

Já o segundo ícone é para o registro dos aparelhos que estarão conectados diretamente ao CPF do titular da conta gov.br. 

Como bloquear um aparelho em caso de roubo ou furto?

Basta entrar no site ou app do Celular Seguro e usar a terceira opção: registrar ocorrência.  Quem estiver conectado ao serviço, seja o titular da conta ou a pessoa de confiança cadastrada, poderá comunicar o problema de maneira simplificada. Uma vez bloqueado, não será possível desbloquear. 

Se você for cliente do Nubank e tiver o seu celular roubado, você também pode registrar o ocorrido pelo canal Me Roubaram, para te ajudarmos a proteger seus dados e seu dinheiro. 

Leia também: 

Como proteger o celular: conheça 3 ferramentas que podem te ajudar

Como criar uma senha forte: dicas para proteger sua vida online

Além do Phishing: conheça os golpes de vishing e smishing

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.