Pular navegação

BPO financeiro: o que é e como ele pode ajudar sua empresa

O BPO financeiro ajuda você na hora de administrar as contas da sua empresa. Entenda os benefícios desse serviço.

Na imagem aparece ao centro, sobre fundo preto, diversas bolinhas alinhadas em quatro fileiras e algumas são pintadas com tons de roxo e amarelo, outras têm o símbolo de reais dentro e, à direita, uma mão feminina está mexendo em uma delas

Montar e administrar um negócio exige de você muitas habilidades. Algumas mais simples e, outras, mais complexas. A boa notícia é que existem muitas soluções que podem te auxiliar em todo o processo de gerir uma empresa e uma delas é o BPO financeiro.

Entenda, abaixo, o que é o BPO e como utilizar esse recurso.

 O que significa a sigla BPO? 

O serviço de BPO é mais uma sigla que vem do inglês: significa Business Process Outsourcing. Em português, isso se traduz como “terceirização de processos de negócios” – e diferentes partes da empresa podem usar o serviço de BPO, como o RH, o jurídico ou o financeiro. 

 O que significa BPO financeiro? 

Agora que você já sabe o que é um BPO, pode imaginar que um BPO financeiro é um serviço que vai te ajudar a gerenciar as contas do seu negócio. Ao contratar um BPO financeiro, a administração da empresa consegue ganhar agilidade e controle de atividades de caixa e de contabilidade

Normalmente, além de ajudar na gerência, bons serviços de BPO financeiro também ajudam empreendedores com gráficos e relatórios didáticos que decifram a vida financeira para quem não entende muito do tema, destacando pontos de atenção. 

É uma ótima estratégia para empresas com equipes reduzidas, que precisam de apoio na gestão financeira, mas não têm experiência nem movimentação que justifique a contratação de um profissional especializado para essa tarefa.

Qual é a diferença entre BPO financeiro, assessoria financeira e consultoria financeira?

A principal diferença entre elas está no nível de envolvimento que terão com a empresa. Enquanto a assessoria financeira fica mais no nível técnico, a consultoria financeira fica no nível estratégico e o BPO financeiro já atua na tomada de decisões.

Abaixo, você poderá ler mais sobre cada um deles, entendendo seus papéis e como podem ajudar no seu negócio.

Assessoria financeira

Desempenha tarefas de auxílio técnico, normalmente agindo no escopo de um projeto específico – da implementação à conclusão. Costuma oferecer soluções, mas não tem responsabilidade na tomada de decisão. 

Consultoria financeira

Capaz de atuar no nível estratégico, a consultoria financeira tem o papel de aconselhar na solução de problemas ou decisões a serem tomadas. É como se fosse uma bússola que aponta o horizonte para quem tem um negócio, mas sem o poder de decidir de fato. 

BPO financeiro

Neste modelo, o BPO financeiro controla a tomada de decisões, tendo um impacto mais direto tanto na estrutura financeira quanto na cultura da empresa. 

https://www.youtube.com/watch?v=P1sNuhyd6-Y&list=PLTPJoMFW9onvM3pw0bdrxMp79WhWjGKZ0&index=3

Então o que um BPO financeiro faz, exatamente? 

O serviço de um BPO financeiro pode e deve ser adaptado para seus objetivos e vai depender muito da necessidade de cada empresa. O tamanho da empresa, as necessidades, o modelo de negócios, tudo isso influencia na forma como um BPO financeiro pode atuar. 

De maneira geral, porém, esse tipo de serviço terceirizado pode atuar em tarefas como: 

  • conciliar entradas e saídas do negócio;
  • gerenciar pagamentos de fornecedores;
  • lançar de contas a pagar em plataformas de gestão;
  • agendar pagamentos e transações;
  • executar a folha de pagamento da empresa;
  • emitir notas fiscais;
  • elaborar o fluxo de caixa;
  • fazer gestão de indicadores financeiros;
  • cuidar da análise de crédito;
  • fazer gestão de documentos, entre outros. 

Por que contratar um BPO financeiro? 

Contratar um BPO financeiro é uma ótima saída para profissionalizar a gestão da sua empresa — ainda mais quando quem está à frente do negócio não tem experiência em rotinas administrativas. Além de tomadas de decisões serem mais assertivas, a contratação de um BPO financeiro também ajuda na redução de erros, aumentando o desempenho do setor e diminuindo os custos de operação. 

A contratação de um BPO financeiro também permite que empreendedores foquem em outros pontos importantes da empresa, como vendas, marketing ou cuidar das próprias operações. Além disso, faz a otimização dos processos financeiros da empresa, facilitando o dia a dia e o fluxo de caixa

O BPO financeiro também permite a especialização da empresa sem que isso pese demais na folha de pagamento, com suporte para diferentes questões. Um serviço parceiro desses também pode ajudar seu negócio a ter tecnologia moderna e atualizada, uma vez que costumam acompanhar as principais tendências da atualidade. 

 Quais são as principais vantagens do BPO financeiro?  

Existem inúmeras vantagens ao se contratar um BPO financeiro. Algumas delas estão listadas abaixo: 

  • permite que empreendedores foquem nas operações;
  • torna a gestão financeira mais especializada e eficiente; 
  • traz maior segurança financeira, reduzindo risco de falhas; 
  • reduz custos financeiros; 
  • BPO pode fazer planejamento estratégico financeiro, algo raro em pequenas empresas. 

Como escolher um bom BPO financeiro? 

É preciso prestar bastante atenção na hora de escolher um bom BPO financeiro — afinal de contas, esse serviço é uma parceria que vai influenciar bastante no dia a dia da sua empresa. Observe quem tem capacidade de conhecer a fundo seu negócio e delimite bem os papéis e as responsabilidades das duas partes. 

Outro ponto importante é entender quais são as demandas que sua empresa tem de um serviço como esse, a fim de buscar um BPO financeiro que possa responder de maneira adequada, na rotina que funciona para sua empresa. 

Além disso, ao contratar um BPO financeiro, é recomendável que você adote algumas boas práticas: 

  • organizar as contas internas antes do BPO assumir a gestão; 
  • adotar plataformas de gestão financeira; 
  • estabelecer a segurança dos dados da empresa em um ambiente único e integrado; 
  • criar um processo de comunicação claro em todas as trocas de informações, com rituais específicos para diferentes temas; 
  • criar processos de validação do fluxo financeiro em diferentes níveis, usando uma conta de pessoa jurídica.

Qual é o preço de um BPO financeiro? 

Contratar um BPO financeiro é uma boa saída para pequenas empresas, que pode não ter recursos para contratar pessoas capacitadas para fazer a gestão administrativa. Assim, pode fazer sentido que esse serviço tenha um custo menor do que a contratação de um profissional especializado. 

É claro que, como cada negócio é diferente, vários pontos podem influenciar o custo total de contratação de um BPO financeiro. Entre esses fatores, estão: 

  • o regime tributário da empresa; 
  • o volume de transações financeiras; 
  • o tamanho da empresa; 
  • as atividades que serão terceirizadas; 
  • o nível de especialização do BPO financeiro. 

Porém, é importante que você saiba que a maioria dos BPOs financeiros costuma variar entre R$ 500 a R$ 5 mil mensais, embora esses preços possam variar com o tempo, localização e também com as especificidades da sua empresa. 

 Exemplos de empresas de BPO financeiro 

São muitas as empresas hoje no mercado brasileiro que atuam como BPO financeiro, inclusive, é um serviço que profissionais especializados em gestão financeira costumam oferecer como freelancer, obedecendo a diferentes planos. Dependendo de onde você estiver, pode fazer sentido procurar por profissionais que estejam na sua região. 

Alguns escritórios de assessoria e consultoria financeira também passaram a oferecer esse tipo de serviço. 
Outra dica para encontrar um bom BPO financeiro é conversar com outros empreendedores e entender como eles lidam com gestão financeira.

Leia mais:

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossaPolítica de Privacidade.Ao continuar a navegar, você concorda com essa Política.