Pular navegação

Quem não sacar o auxílio perde o dinheiro? Entenda essa regra

Quem recebe o auxílio tem até 90 dias para usar o valor, ou ele retornará ao governo. O prazo é maior para beneficiários do Bolsa Família.

ilustração do número 600 composto por diferentes elementos, incluindo uma boia substituindo o zero do meio e um círculo com a palavra Auxílio o zero da direita. Duas mãos tocam os números nas extremidades.

O auxílio emergencial, criado para ajudar quem teve a renda impactada pela pandemia do Covid-19, já vem sendo pago desde abril em diferentes calendários. Em meio a tantas informações que foram mudando desde então, um detalhe pode ter passado batido por muita gente: o prazo para usar o valor.

Quem receber o auxílio tem no máximo 90 dias para sacar, transferir ou utilizar o saldo depositado na Poupança Social Digital da Caixa. Se, ao fim deste prazo, o valor não tiver sido movimentado, ele será devolvido aos cofres do governo federal.

A exceção são os beneficiários do Bolsa Família.

Beneficiários do Bolsa Família: qual é o prazo?

Pessoas que recebiam o Bolsa Família antes da pandemia e tiveram o benefício transformado no auxílio emergencial costumavam se encaixar na mesma regra, mas ela mudou: agora, o saque continuará disponível até o fim do período de calamidade pública.

Segundo o Ministério da Cidadania, a intenção é proteger pessoas que fazem parte da parcela mais vulnerável da população. "Muitas famílias vivem em locais com dificuldade de acesso aos canais de saque, alguns deles a horas de barco", disse a secretária de Renda de Cidadania, Fabiana Rodopoulos.

A extensão do prazo foi oficializada na Portaria nº 444, publicada no Diário Oficial da União no dia 24 de julho.

Como usar o auxílio emergencial?

A única forma de receber o auxílio emergencial é na Poupança Social Digital, criada automaticamente pela Caixa para todos os beneficiários. Cada parcela depositada passa por dois calendários: um de uso digital e outro de saques e transferências.

Ou seja: existe um período em que o dinheiro só pode ser movimentado na poupança digital, através do aplicativo Caixa Tem. Somente em um segundo momento o usuário fica livre para sacá-lo em espécie ou transferi-lo para contas de outras instituições.

Durante o período de Uso Digital, é possível usar o auxílio emergencial de três formas:

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossaPolítica de Privacidade.Ao continuar a navegar, você concorda com essa Política.