Pular navegação

10 presentes do Nubank que impactaram os clientes

Os presentes do Nubank são uma forma de encantar os clientes que entram em contato com o nosso time de atendimento. Relembre os mais marcantes dos últimos 10 anos.

O Nubank nasceu, em 2013, com a missão de lutar contra a complexidade do sistema financeiro e transformar a relação das pessoas com o próprio dinheiro. Desde o começo, nossos clientes estão no centro de tudo o que fazemos. Inclusive, um dos nossos valores é “queremos que nossos clientes nos amem fanaticamente”. 

Por isso, nosso time de atendimento (também chamados de Xpeers) está disponível 24h por dia, sete dias por semana, com uma abordagem humanizada e as ferramentas necessárias para encantar nossos clientes a cada interação. 

Sempre que um atendimento marcante acontece, nossos clientes recebem presentes e surpresas enviadas pelos Xpeers, como uma forma de agradecer e celebrar essa conexão única. Os presentes são chamados de WoW (e vem da expressão "uau"). 

Ao longo desses 10 anos de Nubank, já entregamos mais de 72 mil WoWs, dentro e fora do Brasil. Esse é o nosso jeito de surpreender os clientes quando eles menos esperam. Neste texto, vamos relembrar alguns dos presentes que causaram mais impacto. 

1. Luci e os 85 cachorrinhos

Tudo começou com uma ligação. Luci precisava de ajuda com o estorno de um pedido. O produto que ela tentou comprar era um aparelho elétrico para evitar pulgas nos 85 cachorrinhos. Sim, ela era tutora de 85 cachorros. A história chamou a atenção de Hana, nossa xpeer. 

"Eu sou uma pessoa que ama animais. Quando ela contou que estava sozinha, com os cãezinhos dela e sem o produto, eu pensei que não podia desligar sem ajudá-la". E foi assim que Hana fez: ela orientou com um passo a passo e Luci rapidamente resolveu tudo pelo app. Mas, além da ajuda, entre elas nasceu uma conexão real.

Semanas depois, Hana viajou pessoalmente até o Rio de Janeiro para entregar um WoW nas mãos de Luci. Além dela, os cachorrinhos também foram presenteados. "Às vezes o caso da gente é tão pequeno, numa empresa com tantos assuntos, que jamais a gente imagina que vai despertar esse interesse", conclui Luci.

Assista ao vídeo da entrega desse WoW: 

https://www.youtube.com/watch?v=-gMAs4crV2k

2. 600 km e um notebook

Marcos Vinícius, um adolescente super fã do Nubank, viajou 600 km de Araçatuba, no interior de São Paulo, até a capital, só para conhecer o nosso escritório. Na ocasião, ele fez a viagem por conta própria acompanhado da mãe, a dona Mércia.

Durante a visita, o jovem também teve a oportunidade de se encontrar com David Vélez, um dos nossos fundadores. Para retribuir o carinho, o time de WoW fez o caminho contrário  até Araçatuba, na casa do Marcos, para presenteá-lo com um notebook, uma ferramenta que, naquele momento, o ajudaria nos estudos. 

3. Opapa e Omama

Em 2022, Nicolas entrou em contato com a gente para reportar uma situação super delicada. Ele foi assaltado e, além de perder o cartão e o celular, levaram também uma corrente que carregava um par de alianças dos bisavós dele. 

Os objetos eram uma herança de família e tinham um valor afetivo enorme. Enquanto conversava com a xpeer Mayara M. para explicar o que aconteceu, Nicolas se abriu e relatou um pouco da dor de perder um item insubstituível. Sensibilizada pela experiência, Mayara decidiu surpreender Nicolas com um WoW.

Alguns meses depois, Nicolas recebeu um presente: era uma carta, escrita à mão, e um par de pingentes gravados com as palavras Opapa e Omama, o jeito carinhoso como Nicolas se referia aos bisavós.

4. Um Pikachu para um fã de Pokémon

Às vezes, alguns presentes viralizam na internet. Esse foi o caso da história do cliente Igor, que foi surpreendido com um Pikachu de pelúcia vestindo uma capa roxa. 

A história do Igor começou quando ele nos enviou uma mensagem solicitando o desbloqueio do cartão. No texto, ele escreveu "desbloqueie meu cartão e se for possível desbloqueie Pokémon GO no Brasil". Na época, o jogo de realidade aumentada ainda não estava disponível por aqui.

Por isso, além de ajudá-lo com o desbloqueio do cartão, nossa equipe decidiu enviar também uma pelúcia do Pikachu com uma roupa roxa de um outro pokémon, o Sableye. O presente foi acompanhado de uma carta à mão cheia de referências ao anime, escrita pelo xpeer Thiago B. 

5. Todo Carnaval tem seu fim

Depois de perder o cartão roxinho duas vezes, sendo uma delas no Carnaval, o cliente Gelson entrou em contato para pedir ajuda. No segundo pedido, ele bateu um papo bem humorado com o xpeer Guilherme. Semanas depois, ele recebeu um WoW e entre os mimos, havia uma plaquinha com a frase "todo carnaval tem seu fim". 

6. Conexão animal

Caio é voluntário em uma ONG de proteção animal na cidade de Penápolis, em São Paulo. Ele entrou em contato com a gente pois precisava de ajuda para desbloquear o dinheiro da ONG que ficou preso em uma carteira digital. 

Durante o papo com a xpeer Débora, ele contou suas experiências de trabalho voluntário, descreveu como o cuidado com os animais eram parte importante de sua vida e desabafou sobre a saudade que sentia da gatinha que ele havia perdido.

Depois de encerrar a chamada, Débora não teve dúvidas: ela precisava surpreendê-lo. O presente escolhido foi um mural de fotografias em formato de coração, além de uma cartinha com a foto da gata do Caio. 

"A Débora me mandou o WoW num momento em que eu estava super fragilizado por ter perdido a minha gatinha. Quando eu vi a foto dela num bilhete que ela escreveu, pensei 'como um banco consegue fazer isso?'. Foi algo que nem sei explicar", diz Caio.

7. Doces sonhos

Kléber é confeiteiro, empreendedor e, assim como o Nu, gosta de encantar seus clientes. Em 2019, ele veio conhecer nossa sede só para pular na piscina de bolinhas. 

Após a reforma do escritório, em 2022, o time de atendimento decidiu convidá-lo para uma nova visita, mas desta vez com uma surpresa: além do tour completo, ele também ganhou a batedeira profissional que sempre quis ter. 

"Na hora eu me lembrei da minha mãe. Ela sempre quis ter uma dessa e eu também. Agora o Nu me ajudou a realizar esse sonho. Foi um momento WOW mesmo", afirma Kléber.  

8. Olha o Chevette roxo passando na sua rua

Em 2021, Jefferson decidiu demonstrar seu afeto pelo Nu pintando o próprio carro de roxo. Um tempo depois, o Chevette roxo de Jefferson viralizou nas redes sociais – e é claro que nossa equipe preparou uma surpresa para ele. O passeio especial no escritório resultou em uma caixa cheia de presentes para ele e para o carro. 

Saiba mais sobre o Chevette roxo aqui.

https://www.youtube.com/watch?v=In_3fPqfzr4

9. Vida de influencer

A Ana é de Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro. Durante o atendimento, ela contou ao xpeer Reginaldo que tinha o sonho de se tornar influenciadora digital. Depois de resolver o problema, Reginaldo decidiu surpreendê-la. 

Convidamos a Ana para uma viagem a São Paulo, no escritório do Nu, onde ela viveu uma experiência ao lado do nosso time de criação. Ela passou um dia conosco e ganhou presentes para expandir sua carreira nas redes sociais.

Confira o vídeo de Ana no nosso Tik Tok:

https://www.tiktok.com/@nubank/video/7158873515595287813?lang=pt-BR

10. Viagem de mãe e filho

Durante um atendimento para resolver um problema no pagamento de uma fatura, a cliente Dayse e a xpeer Mércia se aproximaram e descobriram uma paixão em comum: a música. Dayse ama ópera e tem um filho musicista, enquanto que Mércia estava concluindo a faculdade para também seguir uma carreira musical. 

O papo entre as duas foi longe, e Dayse compartilhou histórias pessoais sobre sua trajetória como mãe solo e o relacionamento com o filho. "Eu percebi que ela e o filho não tinham muito tempo para estarem juntos", diz Mércia. E foi assim que surgiu a ideia de levar os dois para uma viagem de família em um resort. "Eu queria uma coisa bem minha e dele e foi assim que aconteceu. Pra mim não foi só uma viagem, foi de coração. Um sonho que eu não imaginava", conclui Dayse.  

Leia mais:

Mimos Nubank: o que são os presentes enviados para clientes?

Os quatro pilares durante um Atendimento do Nubank

Atendimento Nubank: quem está por trás da conta?