Autenticação

de 2 fatores

Saiba como aplicar essa camada de segurança para acessar contas e perfis na internet de forma mais segura.

3 de fevereiro de 2021

Cibercriminosos estão sempre tentando quebrar barreiras de segurança.Mas existem algumas medidas simples que podem ajudar a proteger contas e perfis. 

Uma delas é a chamada autenticação
em dois fatores

O que é autenticação em dois fatores?

Basicamente, é um mecanismo que, além de pedir a senha, conta com uma segunda camada de controle de acesso.

Outros nomes para ela são verificação em duas etapas e 2FA (two-factor authentication.

Ou seja, a autenticação de dois fatores é uma camada de proteção adicional à senha.

Com ela, o usuário só consegue entrar na sua conta após dar duas “provas” de que é ele mesmo.

Essa segunda etapa de pode ser de alguns tipos:

Aplicativo: apps que geram códigos únicos e temporários no celular.Característica física: biometria, comando de voz, leitura facial etc.GPS: a localização também pode ser uma 2FA.SMS ou ligação: algumas empresas enviam um código por SMS ou ligam.Pen drive especial: um dispositivo que gera códigos únicos.

📱

👩🏽

🌎

✉️

💻

Importante: a senha continua sendo a primeira linha de defesa – e, por isso, é essencial que ela seja forte.

Como ativar a autenticação em dois fatores?

Praticamente todas as redes sociais e apps permitem ativar a 2FA, mas o processo varia para cada um.

De modo geral, o usuário deve acessar a seção de configurações e buscar pelo item privacidade e/ou segurança – se o serviço permitir, é aí que estará a opção de ativá-lo.

Veja o passo a passo para alguns dos apps mais populares:

Além disso a opção de autenticação em dois fatores foi lançada para a plataforma de serviços do governo federal.Para ativá-la, é preciso baixar o app Meu Gov.br, disponível para Android e iOS.Depois disso, o usuário deve fazer login no portal e entrar em Meu Cadastro > Segurança > Habilitar verificação em duas etapas.

Quer mais dicas de segurança digital?