Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início O Nubank Histórias de Clientes “Tatuar um coração...

“Tatuar um coração roxo é uma forma de agradecer ao Nubank por ter mudado minha vida”

Com algumas dívidas e sem crédito no mercado, Mara Oliveira encontrou no Nubank uma oportunidade de se organizar financeiramente e voltar a realizar sonhos. Conheça a história da cliente que tatuou um coração roxo em homenagem ao Nu.



ilustração de um coração roxo com uma agulha de tatuagem em tons de roxo também

Moradora de Natal, no Rio Grande do Norte, Mara Oliveira, 33 anos, tinha uma história de altos e baixos – principalmente na sua vida financeira. Inadimplente no mercado e com o nome negativado, ela não conseguia ter acesso a crédito.

Um cartão sem taxas e sem burocracia foram as características que chamaram a atenção dela logo de cara. E, em 2015, tentou pela primeira vez ter o seu roxinho. Mas, pelo histórico de crédito, não obteve sucesso naquele momento. 

Ganhe controle sobre suas finanças: assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo.

Em 2017, quando lançamos a conta do Nubank, ela decidiu ter a sua. “Fazia poucas movimentações mas, pra mim, era o primeiro passo. Eu acreditava que conseguiria um cartão de crédito”, diz. “Assim que lançou a portabilidade de salário, fui lá e fiz. Queria que o Nu soubesse que podia confiar em mim”.

Todo mundo merece uma chance

Mara trabalhava no setor de atendimento ao cliente de uma empresa de tecnologia, e diz que sempre foi fã do Nubank. Mesmo recebendo uma negativa lá atrás, ela não desistiu.

Até que, depois de um tempo como cliente da conta do Nubank, ao solicitar um roxinho pela segunda vez, ela foi aprovada, e recebeu um limite de R$50. 

“Muita gente reclama, mas vocês não imaginam a minha felicidade”, comemora. “Eu tinha a função para construir limite e entendi como uma oportunidade de mostrar ao Nubank e ao mercado que eu podia arcar com meus compromissos financeiros. Mesmo com o valor em mãos, não comprava no débito, depositava na conta para ter o valor liberado como limite para usar no crédito.”

E foi assim, pagando as faturas em dia, que Mara conseguiu um aumento de limite significante e pôde ter acesso à função de crédito do roxinho.

Tudo certo, mas nem tudo resolvido

O cartão de crédito ajudou Mara a resolver algumas pendências, mas as dívidas ainda tiravam seu sono.

“Os juros do que eu devia eram muito altos e eu estava prestes a falar com agiota para tentar dar um jeito na situação”, conta. “Fiquei várias noites sem dormir e quase vendi alguns itens da minha casa para conseguir dinheiro.”

Mas uma manhã comum acabou se tornando a cereja do bolo da sua relação de amor com o Nubank.

“Recebi uma mensagem no app, me avisando que eu tinha um valor de empréstimo pessoal liberado. Ao checar, a quantia era um pouco acima do que eu precisava para quitar as dívidas”, lembra. “Parece loucura essa história, mas é verdade.”

Segundo ela, o amor pelo Nubank só cresce. Afinal, foi a única instituição financeira que confiou nela. 

“O melhor é que as parcelas do empréstimo cabem no meu bolso e se quiser ainda posso antecipar para ter desconto”.

Prova de amor… na pele

Um tempo atrás a gente contou a história do Jefferson e de seu chevette roxo. Mara achou incrível e, como já queria homenagear o Nubank de alguma forma, se sentiu encorajada. A homenagem? Uma tatuagem de um coração roxo em seu braço.

Isso mesmo. Agora, é possível ver o sorriso estampado em seu rosto e o coração roxinho gravado em seu braço pelas ruas do Rio Grande do Norte – e em qualquer lugar por onde a Mara passar. 

Foto: Arquivo Pessoal

“O Nubank mudou a minha vida, me tirou do fundo do poço”, afirma. “Eu não sonhava mais, porque precisava de dinheiro para realizar e não tinha. Agora eu tenho crédito e sonhos.”

Alguns dias depois da nossa conversa com a Mara, ela se inscreveu no processo seletivo do Nubank. E no mês passado (junho de 2022) ela entrou para o time de Nubankers. Que trajetória, não é?!

Leia mais:

Limite pré-aprovado no cartão de crédito: o que significa?

6 dúvidas sobre o cartão com função para construir limite no Nubank

3.37

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post