Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Sem categoria Por que uma ação cai? ...

Por que uma ação cai? E por que ela sobe?

Uma explicação simples para quem quer entender o que faz uma ação subir ou cair.

As ações de empresas representam 80% dos ativos negociados na bolsa de valores brasileira, a B3. Isso significa que, nos períodos de pregão, quando a bolsa está aberta para negociações, é a compra e venda de ações que mais acontece. É durante os pregões que uma ação sobe ou desce – mas por que? O que faz com que uma ação ganhe ou perca valor?

De forma resumida: o motivo é a oferta e a demanda – o número de pessoas querendo comprar ou vender. Este número, por sua vez, é influenciado por diversos fatores políticos e econômicos. 

Quer entender melhor?

Abaixo, uma explicação sobre como funcionam as negociações na bolsa de valores e o que faz uma ação ficar com o preço mais baixo ou mais alto.

O que é uma ação?

De forma simplificada, uma ação é uma pequena parte de uma empresa: quando alguma companhia deseja levantar dinheiro, ela pode abrir seu capital, emitindo ações – fazendo de quem compra as ações, sócio da companhia. Aqui explicamos melhor

Durante o pregão, as ações podem ser compradas ou vendidas nas mais diversas quantidades,. A lógica é a seguinte: 

  • Quem compra uma ação pelo preço X e o preço dela, em algum momento, fica mais alto, está ganhando em vantagem – afinal, pagou menos do que ela está valendo; se vender a ação aquele momento de alta, a pessoa ganha dinheiro. 
  • Da mesma maneira, quem compra uma ação por determinado preço e vê ele cair, teoricamente perde valor pois, se quiser vender a ação naquele momento de baixa, receberá menos do que desembolsou.

A estratégia de compra e venda se baseia, portanto, nas variações de preço das ações.

Por que o preço das ações varia?

Porque ele é definido de acordo com as ofertas de compra e venda dos investidores: quanto mais pessoas se interessam em comprar uma ação, maior será seu preço e, logo, sua valorização. No caso contrário, quando muita gente quer vender, o preço cai e uma ação se desvaloriza. É a lei da oferta e demanda.

E por que o interesse nas ações varia tanto?

Por sua vez, o interesse na compra ou venda de ações está ligado ao negócio da empresa, seu setor sua situação financeira e, no geral, a situação econômica do país e do mundo. O cenário econômico, político, a situação de setores específicos da economia e até mesmo de outros países podem afetar o desempenho de uma ação.

Um exemplo: durante uma crise do mercado imobiliário, quando as pessoas já não têm tanto interesse em adquirir imóveis, as ações de construtoras podem cair.  

Além das ações, o Índice

O desempenho das açòes mais negociadas na bolsa brasileira formam o Índice Bovespa, o Ibovespa. Quando se diz que a bolsa de valores, no geral, caiu ou subiu determinados %, é do Ibovespa que estamos falando. Por isso, o desempenho individual das ações vai impactar no desempenho da bolsa em geral. 

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

4.54

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post