Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro O que é PIS?

O que é PIS?

Trabalha em uma empresa privada e é registrado no regime CLT? Então, você possui um número do PIS. Entenda para quê ele serve.

Toda pessoa que trabalha para uma empresa privada e é registrado no regime CLT possui um número PIS, sigla para Programa de Integração Social. Mas o que é, de fato, o PIS? Como ele funciona?

O PIS foi criado em 1970 e é, além de um número, um benefício que é pago aos trabalhadores de empresa privada pelo governo, todo o ano. Ele também é chamado de PIS-PASEP. O PASEP é o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público – que nada mais é do que este mesmo benefício para os funcionários públicos.

Desde sua criação, ele já passou por algumas mudanças: antes, era pago anualmente pelo Fundo de Participação PIS-PASEP em cotas proporcionais ao salário e tempo de serviço; a partir de 1988, a contribuição do PIS passou a ser chamada de Abono Salarial, que equivale a um salário mínimo – e é o que segue em vigência.

Logo, quem já tinha direito ao PIS ou PASEP antes de 1988 tem uma conta no Fundo e pode sacar o saque. Mais abaixo explicamos como fazê-lo. Vale dizer: fazer o saque de suas cotas no Fundo não implica em nenhuma mudança no Abono Salarial.

Abono salarial

O abono salarial é o benefício que alguns trabalhadores têm direito – somente aqueles cujo salário mensal é de até dois salários mínimos. Além disso, é importante que a empresa onde trabalhava no ano-base do PIS tenha informado todos os dados ao governo; caso contrário, os trabalhadores correm o risco de perder o abono

Ele é disponibilizado todo o ano aos trabalhadores que tenham registro no PIS há no mínimo cinco anos e que tenha trabalhado com carteira assinada por pelo menos 30 dias no ano. 

Calendário do PIS-Pasep

Os beneficiários podem sacar o abono salarial do PIS seguindo um calendário da Caixa Econômica Federal; no caso do Pasep, o calendário é elaborado pelo Banco do Brasil e segue o número final de inscrição dos servidores.

Tal como o FGTS, este calendário segue o mês de nascimento dos trabalhadores e também tem uma data limite para ser resgatado. Abaixo você confere o calendário de 2019 do PIS e do Pasep:

Calendário PIS

Nascidos emInício dos pagamentosCrédito em conta (Caixa Econômica Federal)
Agosto15/08/201913/08/2019
Setembro19/09/201917/09/2019
Outubro17/10/201915/10/2019
Novembro14/11/201912/11/2019
Dezembro12/12/201910/12/2019
Janeiro16/01/202014/01/2020
Fevereiro13/02/202011/02/2020
Março19/03/202017/03/2020
Abril19/03/202017/03/2020

Calendário Pasep

Número final da inscriçãoInício dos pagamentos
115/08/2019
219/09/2019
317/10/2019
414/11/2019
516/01/2020
613/02/2020
713/02/2020
819/03/2020
919/03/2020

A data limite para fazer o saque do abono salarial, seja PIS ou Pasep, é 30 de junho de 2020.

Como consultar meu número do PIS-Pasep?

A Carteira de Trabalho e Previdência Social, o holerite de pagamento, o extrato do FGTS e o cartão Cidadão mostram qual é o número do PIS-Pasep do trabalhador. Mas também é possível consultá-lo:

  • Em uma agência da Caixa Econômica Federal, portando um documento com foto – válido para o PIS;
  • Em uma agência do Banco do Brasil, com seu RG e CPF – válido para o Pasep.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

2.75

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post