Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Segurança Digital O que é 5G? Entenda a te...

O que é 5G? Entenda a tecnologia

Sucessor da tecnologia 4G, o 5G deve chegar ao Brasil ainda em 2021. Veja como ele pode mudar o setor de telecomunicações.



Dos dinossauros da internet discada aos smartphones cada vez mais velozes, a evolução da tecnologia é tão rápida quanto um meteoro. Depois do 3G e do 4G, a evolução natural nos leva agora ao famoso 5G.  

A nova tecnologia tem sido assunto nos últimos meses, e deve oferecer mais velocidade de conexão à internet no celular. Isso possibilita desde ligar muitos aparelhos à internet ao mesmo tempo até a condução de carros autônomos, que dispensam motoristas.

A rede já é realidade em alguns países, como Alemanha, China, Estados Unidos e Japão. No Brasil, a implementação ainda está em sua fase inicial.

Mas você sabe o que é a tecnologia 5G? Quanto tempo vai levar para os brasileiros terem acesso à ela? É melhor que o 4G? Abaixo, saiba mais detalhes sobre o assunto.

Primeiro, o que são os Gs nessa tecnologia? 

Se você pensou que deve ser a letra para uma palavra difícil, dessa vez não acertou. Na verdade, o G do 3G, 4G e 5G quer dizer “geração”. Como o avanço dos primatas ao longo da História, cada evolução no desempenho ou na capacidade da rede é chamada de “nova geração”. 

Com o 3G, por exemplo, era possível enviar mensagens usando a internet pelo celular. O 4G permitiu baixar serviços de streaming e assistir vídeo de qualquer lugar que tivesse sinal. 

Já com o 5G, será possível ter mais velocidade de internet e conectar muitos objetos à rede ao mesmo tempo. Espere aí…objetos? Isso mesmo: relógios, drones, coleiras de animais de estimação, e até carros que andam sozinhos, sem motorista. Bem-vindo à era da Internet das Coisas (IoT).

Como o 5G funciona?

As redes 5G funcionam por meio de ondas de rádio – assim como as gerações anteriores. Porém, a quinta geração da banda larga móvel é significantemente maior.

Enquanto a média da velocidade do 4G no Brasil é de 19,8 Mbps (megabits por segundo), o 5G pode chegar a até 10 Gbps (gigabits por segundo). Ou seja, 100 vezes mais rápido do que o  4G.

As antenas da rede 5G serão acopladas às que já existem. As antenas de 4G, por sua vez, devem ser adaptadas para funcionar em paralelo à nova infraestrutura de conexões enquanto os dois sistemas coexistirem. 

Será preciso instalar dez vezes mais antenas, em postes ou em prédios altos, para replicar o sinal de 5G, segundo a Secretaria de Telecomunicações. Quando instaladas, elas serão capazes de cobrir distâncias de até 250 metros de raio, e exigirá uma renovação da rede de fibra óptica.

O que muda com o 5G?

As melhorias de conexão, velocidade e tempo de resposta devem facilitar o uso de tecnologias em carros autônomos, telemedicina, linha de produção automatizada em indústrias…são muitas as possibilidades que se desdobram com a rede 5G. 

Os chamados carros autônomos já existem, mas o tempo de resposta da rede 4G ainda não é rápido o suficiente para evitar acidentes em situações extremas, e nem suporta tantos dispositivos conectados ao mesmo tempo.

As teleconferências contarão com uma conexão melhor, a experiência de jogos on-line também deve ser aprimorada, e as transmissões de vídeo ao vivo devem travar menos.

Quanto vai custar o 5G? O que influencia no meu plano?

As operadoras geralmente não oferecem acesso exclusivo a um tipo de tecnologia de rede, mas cobram pela franquia de dados utilizada.

As empresas de telefonia móvel, porém, ainda não definiram se haverá reajustes nos preços de pacotes de dados, pois ainda vai levar alguns meses até que a tecnologia esteja disponível.

O acesso ao 5G deve ser restrito no início por dois motivos: uma cobertura menor, primeiramente centrada nas capitais; e a compatibilidade de poucos celulares, que atualmente são os mais caros do mercado.

O que é o leilão do 5G? 

No Brasil, o 5G está na fase que antecede o leilão de frequências, o primeiro passo para a implantação da tecnologia no país. 

As regras do edital (com exigências, metas e contrapartidas daqueles que comprarem as faixas) foram aprovadas pela Anatel e ainda passarão pelo Tribunal de Contas da União (TCU). A expectativa do governo federal é de que o leilão aconteça ainda no primeiro semestre de 2021.

O que são as faixas do 5G?

As faixas do 5G são as frequências em que a rede opera. E é isso que será leiloado pelo governo brasileiro, permitindo que as operadoras passem a oferecer a conexão mais rápida aos seus clientes.

Ao comprar uma faixa, a empresa terá direito de fazer a exploração econômica, e deverá cumprir com as obrigações estipuladas pela  Anatel.

Veja as principais faixas para o 5G:

  • 3,5 GHz:  permitirá conexões rápidas em longo alcance;
  • 26 GHz: permitirá tempo mínimo de resposta, e exige a instalação de mais antenas por ter um alcance de sinal limitado.

Quais são as vantagens do 5G?

Entre os benefícios da tecnologia 5G estão:

  • Mais dispositivos conectados: em outras palavras, mais aparelhos com internet funcionando;
  • Aumento da velocidade de conexão: facilitando a transferência de arquivos, a comunicação em tempo real, e o consumo de vídeos, áudios e jogos eletrônicos em tempo real (streaming), por exemplo;
  • Maior capacidade de banda larga: diante da grande quantidade de informações que são publicadas diariamente na internet (em texto, áudio ou em vídeo), o aumento se torna muito importante. Além disso, arquivos pesados poderão ser baixados de forma mais rápida.

Quando a tecnologia 5G vai estar disponível no Brasil?

Segundo o Ministério das Comunicações, o 5G deve estar disponível em todas as capitais brasileiras até julho de 2022.

As operadoras de telecomunicação terão que cumprir as seguintes exigências:

  • Em municípios com mais de 500 mil habitantes, o 5G deverá ser implementado até julho de 2025;
  • Para municípios com mais de 200 mil habitantes, o prazo é julho de 2026;
  • Já os municípios que tiverem população acima de 100 mil pessoas deverão ter o território atendido pela rede até julho de 2027.

Sendo assim, a previsão é que 100% dos municípios com menos de 30 mil habitantes contem com a tecnologia 5G até dezembro de 2029.

“Vou precisar trocar de celular para ter acesso ao 5G?”

É possível que isso aconteça. Nem todos os modelos de smartphone disponíveis no Brasil atualmente são compatíveis com a nova tecnologia. Porém, os fabricantes devem se movimentar para trazer aparelhos adequados ao Brasil. 

Ah, vale mencionar que os celulares atuais vão continuar funcionando em redes inferiores (como 4G e 3G). Então você poderá continuar usando seu celular normalmente enquanto a rede 4G for oferecida.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4.94

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post