Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Empreender Gestão do Negócio 4 dicas para você monta...

4 dicas para você montar um modelo de orçamento

Ter um formato que pode ser editado a cada nova proposta pode trazer mais agilidade para o negócio e melhorar seu processo de venda.

Enviar orçamentos faz parte do dia a dia de muitas empresas e profissionais autônomos: o cliente entra em contato, pergunta qual o valor de um serviço ou produto, recebe a proposta e, se gostar, fecha o acordo. Por isso, ter um bom modelo de orçamento pode trazer mais agilidade para o negócio e melhorar seu processo de venda. 

Mas o que é um modelo de orçamento?

Basicamente, um modelo de orçamento é um documento que pode ser usado todas as vezes que uma proposta precisa ser enviada a um cliente. Em vez de começar do zero, por exemplo, basta editar os detalhes do orçamento e pronto: ele já pode ser enviado.

Dessa forma, você leva menos tempo para elaborar cada proposta, o cliente recebe o orçamento mais rápido e o processo de venda ganha mais agilidade. 

Quais informações um modelo de orçamento deve conter?

As informações contidas no modelo de orçamento vão variar de acordo com a atividade da empresa ou do trabalhador autônomo. Mas, de forma geral, é importante informar o que o cliente precisa saber para contratar seu serviço ou comprar seus produtos, como:

  • Descrição do serviço ou dos produtos: insira todos os detalhes que o cliente precisa saber sobre o serviço ou produto que está sendo oferecido, como escopo do trabalho ou quantidade de itens. Quem trabalha com fotografia de casamento, por exemplo, pode informar quantas horas de cobertura, a quantidade final de fotos entregues, o formato da entrega, entre outras informações.
  • Valores: se for um serviço, informe o valor total ou, caso se aplique, dividido entre mão-de-obra e materiais; se for produto, é importante mostrar o valor unitário e a soma total. 
  • Condições de pagamento: à vista ou a prazo, em quantas vezes, quais as formas de pagamento – cartão de crédito ou débito, transferência, boleto – e descontos, se houver.
  • Prazo de validade do orçamento: de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, este prazo deve ser de no mínimo 10 dias, mas você pode extendê-lo por mais tempo.
  • Informações do cliente: para mostrar que a proposta é exclusiva, inclua os dados do cliente na proposta, como nome, email e telefone.
  • Contatos: informe seu telefone, email e outros canais de contato.
  • Outras informações: inclua outros detalhes sobre a proposta que precisam ser levados em consideração pelo cliente, como prazo de entrega dos produtos ou custos extras que não estão inclusos no valor passado. 

Lembrando que estes são apenas alguns exemplos de informações que um modelo de orçamento pode conter. Não tem problema se você julgar necessário incluir outros detalhes, desde que eles ajudem na tomada de decisão do cliente.

Abaixo, confira 4 dicas para montar um modelo de orçamento para seu negócio.

4 dicas para montar um modelo de orçamento

Como o orçamento vai ser analisado pelo cliente para decidir fechar ou não o negócio, é importante tomar alguns cuidados na hora de montar um modelo:

Coloque todas as informações necessárias – todas mesmo

Ao montar um modelo de orçamento, melhor pecar pelo excesso de informações do que pela falta delas. Afinal, elas são essenciais para a tomada de decisão do cliente.

Um bom exercício para isso pode ser se colocar no lugar do cliente e se perguntar: “que informações eu gostaria de receber se estivesse orçando um serviço ou produto como este?”. Outra opção pode ser perguntar diretamente para algumas pessoas e ouvir o que elas dizem.

Ao montar um orçamento, também é importante mostrar o que não está incluso no pacote. Se você é um pintor e as tintas não estão inclusas no preço, por exemplo, informe isso na proposta – o cliente precisa saber que terá esse custo extra.

Lembre-se: melhor ser transparente e perder um cliente por isso do que ter problemas quando o trabalho já estiver sendo feito.

Dê atenção ao visual do seu orçamento

Independentemente do setor em que você atua, é importante ter atenção à aparência do seu modelo de orçamento. 

Esse pode parecer um detalhe pequeno, mas a parte visual de um negócio tem um impacto direto em seus resultados. Uma pesquisa realizada pelo Sebrae, por exemplo, mostrou que uma simples melhora nos aspectos visuais de uma loja pode aumentar suas vendas de 12% a 40%.

Além de deixar o orçamento mais bonito e organizado, uma boa aparência também pode passar mais credibilidade para o cliente e mostrar um cuidado com todos os aspectos do negócio.

Hoje em dia, é possível encontrar programas e sites na internet que disponibilizam modelos de orçamento prontos – basta editá-los para deixar com a cara do seu negócio.

Apresente seu trabalho

O orçamento pode ser um bom espaço para você apresentar novamente seu serviço ou produto para seus clientes.

Pode ser uma página, um parágrafo ou até uma caixa de texto contando um pouco mais sobre você, seu trabalho, sua empresa, seus valores ou outras informações que reforcem os pontos fortes do que você faz.

Isso pode ajudar o cliente a valorizar seu trabalho e entender por que vale a pena investir o valor que você está pedindo.  

Tome cuidado com os detalhes

Fique atento aos detalhes sempre que enviar uma nova proposta. Confira se as informações estão corretas, se o nome do cliente está escrito certo e se os valores estão batendo, por exemplo.

Depois de investir seu tempo montando um modelo de orçamento completo, tudo o que você não quer é enviar um com informações erradas.

Este texto faz parte da missão do Nubank de lutar contra a complexidade do sistema financeiro para empoderar as pessoas – físicas e jurídicas. Com a conta PJ, queremos ajudar donos de pequenos negócios, empreendedores e autônomos a focarem no que realmente importa. Saiba mais.

5

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post