Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro 5 mitos sobre como aumen...

5 mitos sobre como aumentar o Score

Consultas frequentes diminuem o score? E colocar CPF na nota? Saiba o que é verdade e o que é lenda.



Para liberar um cartão, empréstimo ou financiamento, muitos estabelecimentos levam em conta o Score – uma pontuação entre 0 e 1000 que indica as chances do consumidor atrasar ou não o pagamento de uma conta. Por isso, muita gente se pergunta como aumentar o Score e ter mais chances de obter um crédito no mercado.

De acordo com o Serasa, responsável por calcular o Score:

  • quanto mais próxima a pontuação estiver de mil, melhor é o perfil financeiro da pessoa. Portanto, maior a probabilidade de ela ter um pedido de crédito aprovado.
  • quanto menor a pontuação, maior a probabilidade de uma conta ser paga em atraso e, portanto, dessa pessoa ter um pedido de crédito negado.

A lógica é simples, mas ainda gera muita confusão. Veja abaixo resposta para as dúvidas mais frequentes e esclareça alguns dos mitos mais comuns sobre o Score:

1. Consultas frequentes ao CPF diminuem a pontuação do Score?

Não. Esse é um dos motivos que mais preocupam o consumidor. Porém, essa informação não procede. Não são apenas instituições financeiras que podem checar o Score. Toda empresa que contrata os serviços de consulta do Serasa pode ter acesso à ele.

2. Ter uma renda alta aumenta o Score?

Também não. Um bom salário não é sinônimo de uma boa pontuação no Serasa Score. O que realmente é levado em conta são os hábitos financeiros da pessoa. Pagar as contas sempre em dia e evitar dívidas são práticas que podem contribuir para o aumento.

3. Paguei minhas dívidas. Isso vai aumentar o meu score?

Quem já teve o nome negativado, pode demorar um tempinho até ganhar a confiança do mercado novamente. Não é possível saber ao certo quando isso irá acontecer. Mas uma informação importante é que as dívidas prescrevem cinco anos após a data de vencimento. Depois desse prazo, o CPF do consumidor não pode continuar restrito. Isso significa que  os débitos com mais de 5 anos não entram no cálculo do Score.

4. Colocar CPF na nota fiscal NÃO aumenta a pontuação

Isso mesmo. Você não leu errado. Muita gente acredita que quanto mais vezes incluir o CPF na nota fiscal das compras realizadas, maiores as chances de aumentar a pontuação. Contudo, isso não é verdade. A inclusão do CPF na nota fiscal não está entre as informações usadas no cálculo do Serasa Score. Ou seja: colocar o CPF na nota na hora da compra, não afeta a pontuação.

5. Ter o nome limpo é sinônimo de crédito aprovado?

Não. Essa é uma pergunta feita constantemente. O que ocorre é que, mesmo com o nome limpo, pode ser que haja um histórico de dívidas.

Como assim? Isso significa que, em algum momento, contas já foram atrasadas e, por isso, o consumidor acabou sendo inserido na lista de inadimplentes do Serasa. Mesmo que todas as dívidas tenham sido pagas, as informações podem indicar que a pessoa ainda não é um “bom” perfil para ter crédito aprovado.

Vale lembrar também que o Score não é a única informação que as instituições levam em conta na hora de oferecer crédito. Às vezes não é possível encontrar dados suficientes a respeito do usuário. Sendo assim, mesmo com Score alto, nem sempre o crédito é aprovado.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

4.22

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post